Roberto Kovalick
Roberto KovalickFoto: Reprodução/TV Globo

O jornalista Roberto Kovalick, 54, é o mais novo apresentador do programa "Hora 1", da TV Globo. A notícia foi confirmada pelo diretor-geral de jornalismo da emissora, Ali Kamel.

A estreia na nova bancada vai acontecer na próxima segunda-feira (9), a partir das 4h. O profissional substitui a jornalista Monalisa Perrone, que deixa a Globo para comandar uma atração na CNN Brasil. Até lá, porém, o "Hora 1" será comandado pela jornalista Michelle Barros.

"Roberto Kovalick conquistou o respeito de todos nós com uma carreira sólida e cheia de êxitos aqui e no exterior. Começou em 1987 na Rádio Gaúcha de Porto Alegre e, pouco tempo depois, se tornou repórter da RBS-TV, também de Porto Alegre. Suas reportagens passaram a ser exibidas no Jornal Nacional e em outros jornais da Rede Globo e, em 1990, ele foi convidado para se transferir para a TV Globo do Rio de Janeiro, onde participou de coberturas marcantes como o sequestro do ônibus 174", disse Ali Kamel em comunicado.

Leia também: 
Monalisa Perrone pede demissão da Globo para ancorar telejornal na CNN Brasil
Américo Martins é o primeiro contratado da CNN Brasil
Lançamento da CNN Brasil impactará mercado televisivo

Kovalick também trabalhou na sede da emissora em Brasília para fazer reportagens investigativas e políticas. A carreira dele de correspondente internacional começou em 2005, quando de Nova York começou uma empreitada que duraria dez anos.

Em 2009, foi convidado a inaugurar o escritório da TV Globo em Tóquio, onde ficou por cinco anos e teve, como cobertura mais marcante, o tsunami, que provocou o acidente nuclear de Fukushima, em 2011.

Em 2013, ele encarou o desafio de ir para Londres para fazer reportagens pela região. Lá, também fez mais coberturas importantes, como a crise na Ucrânia com a Rússia.  Desde 2016, está na Globo de São Paulo como repórter especial do "Jornal Nacional" e apresenta esporadicamente o "SP2" e o "Jornal Hoje".

"Como âncora, leva para o Hora Um toda a sua experiência, sua clareza, seu texto impecável e sua grande capacidade de comunicação", disse Kamel em outro trecho da nota.

Ele também fez questão de elogiar Monalisa Perone. "Somos gratos à Monalisa por sua trajetória. Depois de uma carreira nas principais rádios de São Paulo, Monalisa chegou à Globo em 1999 para integrar o time de repórteres locais. Trabalhou em todos os telejornais da Globo e foi repórter do Jornal Nacional até novembro de 2014, quando assumiu a bancada do Hora 1. Agradecemos a colaboração e desejamos sorte nessa nova etapa."

veja também

comentários

comece o dia bem informado: