Uma Série de Coisas

Fernando Martins

ver colunas anteriores
Andrew Lincoln, intérprete de Rick Grimes, se despede de "The Walking Dead" neste domingo
Andrew Lincoln, intérprete de Rick Grimes, se despede de "The Walking Dead" neste domingoFoto: Divulgação

Dá pra imaginar “Grey’s Anatomy” sem Meredith Grey? E “Supernatural” sem Sam e Dean Winchester? Bom, quem acompanha as duas sabe que os três protagonistas já passaram por poucas e boas, mas continuam firmes e fortes em suas produções. Em suas tramas, eles já escaparam da morte diversas vezes e ainda estão ativos na 15ª e 14ª temporada, respectivamente. No universo dos zumbis também é impossível de imaginar certa história sem o protagonista, mas infelizmente o público se despede, no próximo domingo (4), de Rick Grimes (Andrew Lincoln), em “The Walking Dead”.

Como já dito na coluna, os fãs da série apocalíptica foram pegos de surpresa quando foi divulgada, ao fim do oitavo ano do show, a notícia de que o ator Andrew Lincoln, protagonista da série, iria deixar o programa. Entre outros aspectos, uma história é montada, em sua maioria, de acordo com o contexto social em que um personagem central vive e dos que estão ao seu redor, mas o que sobra quando essa peça do quebra-cabeça é retirada antes do fim da narrativa?

Leia também:
"The Purge" sugere como seria um governo liderado pela opressão e violência
Bate-papo: Gloria Groove indica séries para o Uma Série de Coisas

A situação na série do canal AMC é mais comum do que aparenta. Muitas produções acabam perdendo a peça-chave no qual toda a história é contada e – por motivos diferentes – acabam sendo cancelado pouco tempo depois. Geralmente, tentam “tampar o buraco” transformando algum coadjuvante em personagem principal, outros preferem lidar com a ausência da estrela trabalhando no roteiro, sem destacar um novo mocinho. O fato é que, independente da solução, não há garantia que o ritmo do programa continuar o mesmo. Atenção, a partir de agora haverá spoiler de "The Walking Dead", "The Vampire Diaries", "The O.C", entre outras séries. Considere-se avisado.

Em “The Walking Dead”, vimos Rick acordar do coma em uma cama de hospital e lutar contra mortos-vivos para encontrar sua esposa e filho. Durante os anos, sobreviveu fugindo de monstros e humanos. Fez amigos, perdeu família. Agora, a série seguirá sem o protagonista. Para os produtores, a história dos sobreviventes pode durar muitas temporadas com a ausência de Rick – sua aparição final vai ao ar em 4 de novembro. No Brasil, The Walking Dead é transmitida pelo canal pago Fox –, mas na verdade isso é improvável.

A série “The Vampire Diaries” que o diga. Sucesso entre jovens, o show centraliza o romance de uma jovem humana entre dois irmãos vampiros. Ao final da sexta temporada, a atriz Nina Dobrev, intérprete da protagonista e de outras personagens dentro da série, decidiu deixar a produção. Em entrevistas, Nina afirmou: “Eu não quero ficar marcada apenas por esse personagem”. Poucos anos depois, o fim foi anunciado, contando com a participação de Dobrev no último episódio. Relembre sua última cena antes da saída:



A clássica “The O.C” também teve seu susto: Marissa Cooper (Mischa Barton) morre sem aviso, ao final da terceira temporada. A tentativa de uma substituta não impediu que a série tivesse quedas drásticas de audiência, tendo seu cancelamento na quarta temporada, com menos episódios. Reveja a cena:



Podemos pensar em outras séries que tiveram problemas com a baixa de elenco e em não deixar que isso afetasse os rumos das suas histórias. “C.S.I”, “The Good Wife” e “Criminal Minds” são alguns dos casos. O fato é que o protagonista é uma parte vital no grupo de pessoas responsáveis por manter uma narrativa viva. Seria muito mais louvável trabalhar em um final justo e bem construído do que tentar prolongar o desfecho eminente. Agora só resta aguardar e checar se “The Walking Dead” entra para o grupo dos cancelamentos ou se surpreende com abordagem nova.

É bom lembrar que as coisas não acabaram muito favoráveis ao xerife no último domingo. Rick finalizou a cena preso em concreto enquanto zumbis se aproximavam. Veja o trailer do próximo episódio.



*Fernando começou a assistir a séries de TV e streaming em 2009 e nunca mais parou. Atualmente ele acompanha mais de 200 produções e já assistiu mais de 6 mil episódios. A série mais assistida - a favorita - é 'Grey's Anatomy', à qual ele reassiste com qualquer pessoa que esteja disposta a começar uma maratona. Facebook: Uma série de Coisas. Instagram: @umaseriedecoisas. Twitter: @seriedecoisas_ Blog: Uma Série de Coisas.

*A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: