13º do Bolsa Família será pago este ano e custará 2,5 bilhões, anuncia novo ministro

Segundo ele, a decisão está tomada e os valores serão repassados no fim do ano, ao custo de cerca de 2,5 bilhões

Alberto Beltrame passa o cargo para Osmar TerraAlberto Beltrame passa o cargo para Osmar Terra - Foto: José Cruz/Agência Brasil

novo ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou em entrevista logo após a cerimônia de posse que irá conversar com as áreas técnicas do governo para definir de onde virão os recursos para o pagamento do 13º do Bolsa Família, promessa de campanha. Segundo ele, a decisão está tomada e os valores serão repassados no fim do ano, ao custo de cerca de 2,5 bilhões. A nova pasta assumida por Terra engloba os antigos ministérios do Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura.

Leia também:
Ministro Osmar Terra promete 'democratizar' Lei Rouanet
Posse de ministro de Minas e Energia impulsiona Eletrobras e puxa alta da Bolsa
Bolsonaro assina decreto que fixa salário mínimo em R$ 998 em 2019


"A fusão do ministério não vai tirar a força que cada ministério tem, a estrutura básica estamos mantendo. Vejo tanto esporte quanto a cultura como instrumento poderoso para trazer a juventude, principalmente em áreas violentas, os mais pobres, para o desenvolvimento", disse o ministro.

Ao ser anunciado por Jair Bolsonaro, Terra reconheceu em entrevista à Folha de S.Paulo não entender nada de Cultura: "Só toco berimbau", disse, na ocasião.

Veja também

Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro
Economia

Monitor do PIB aponta alta de 1,1% na atividade econômica em novembro

Problemas na vacinação e alta de casos exigem novas políticas de auxílio, dizem economistas
Pandemia

Problemas na vacinação e alta de casos exigem novas políticas de auxílio, dizem economistas