Varejo

4ª edição do Varejo Vivo debate a criatividade e inovação no setor

Evento acontece nos dias 17,18 e 19 de novembro e acontecerá de forma online e presencial

Edição do ano passado aconteceu de forma presencial. Organizadores esperam 5 mil pessoas neste ano, com formato híbridoEdição do ano passado aconteceu de forma presencial. Organizadores esperam 5 mil pessoas neste ano, com formato híbrido - Foto: Divulgação/Assessoria

Empresários, empreendedores e profissionais liberais do setor de varejo estarão reunidos para debater sobre as principais tendências do setor na quarta edição do Varejo Vivo. O evento acontece nos dias 17,18 e 19 de novembro no formato híbrido e com expectativa de reunir mais de 5 mil pessoas, online e presencialmente. Além de palestras gratuitas com importantes empresários do segmento, os participantes também poderão se inscrever em cursos pagos que são oferecidos pela produção do evento.

A primeira palestra irá acontecer no dia 18 e terá como convidado o contador e consultor Marcio Balduchi. Ele irá explicar a interferência tributária nos preços do produto, ajudando o participante a escolher de forma mais assertiva a descrição do produto para que não haja aumento de custo na sua tributação. No dia 19 está prevista a palestra sobre soluções para o pequeno e médio varejo, ministrada pelo Superintendente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Pedro Ermírio e por Romarcia Lima, analista do Sebrae. Os convidados irão tentar esclarecer as dúvidas sobre os créditos bancários para empreendedores.

Fechando o evento, os empresários Alexandro Queiroz e Edvaldo Guilherme do Avistão e Arcomix, respectivamente, irão apresentar os cases de sucesso para os seus empreendimentos. A criatividade e inovação, principalmente no período de pandemia do Covid-19, também serão abordadas durante a palestra.

Quem quiser, também terá a oportunidade de participar de cursos voltados a determinados segmentos. São oferecidas qualificações para a área de panificação, açougue – com profissional vindo de Chapecó/SC, e vinhos, que abordará tendências para o varejo. Os participantes podem escolher se querem participar de forma online ou presencial e o preço varia de acordo com o curso e modalidade.

A opção por expandir o evento para o meio digital foi feita devida à pandemia do Covid-19, mas a possibilidade de alcançar mais pessoas também foi fundamental na decisão. “Procuramos observar as oportunidades para aumentar o nosso público. Estamos aguardando que cinco mil pessoas participem do evento, mas a capacidade oferecida pela internet é ilimitada. Então se a gente realizasse o evento apenas de forma presencial, não iríamos ter tantos participantes quanto esperamos”, destacou Paula Valéria, organizadora do Varejo Vivo.

Para participar do evento, o interessado deve acessar o site do Varejo Vivo (www.varejovivo.com) e realizar a inscrição. Apenas para a palestra sobre os cases de sucesso que não é obrigatória a inscrição, porém, quem realizá-la poderá enviar perguntas e participar de sorteios. 

Veja também

Beneficiário do Bolsa Família pode contestar auxílio até 30 de novembro
bolsa família

Beneficiário do Bolsa Família pode contestar auxílio até 30 de novembro

Ações do Carrefour caem mais de 5% após assassinato de homem negro
Beto Freitas

Ações do Carrefour caem mais de 5%