900 mil recebem ajuda para sacar auxílio emergencial pelo Caixa Tem

O telefone de informações sobre o auxílio emergencial é o 111

Aplicativo Caixa Auxílio EmergencialAplicativo Caixa Auxílio Emergencial - Foto: Isabelle Barbosa / Folha de Pernambuco

Cerca de 2 milhões de pessoas sacaram neste sábado (2) o auxílio emergencial em 902 agências da Caixa Econômica Federal que abriram excepcionalmente no fim de semana para atender beneficiários do programa. Do total de atendidos até o início da tarde, cerca de 900 mil contaram com a ajuda de funcionários do banco para gerar o código no aplicativo Caixa Tem, procedimento necessário para a retirar o dinheiro, depositado em contas sociais digitais, nos caixas automáticos.

Leia também:
Cabo sinaliza avenida para evitar aglomerações em saques do auxílio emergencial
Caixa poderá abrir nos finais de semana e terá apoio para organizar filas

Os demais saques foram realizados por clientes do banco que já tinham conseguido transferir o dinheiro para suas respectivas contas e, portanto, não precisaram gerar o código de saque. A ajuda pessoal para a população pouco familiarizada a utilizar aplicativos bancários permitiu que o número de saques pelo Caixa Tem neste sábado tenha sido cerca de seis vezes maior do que na última terça-feira, dia considerado crítico quanto ao tamanho das filas nas portas das agências, segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. "Não é que não houve fila hoje, mas a fila andou mais rápido", comentou.

A Caixa passou a gerar o código na agência após constatar que um dos motivos que estava impedindo a retirada do dinheiro era a dificuldade de parte da população em utilizar o aplicativo. Cerca de 50 milhões de desempregados, microempreendedores e trabalhadores informais estão habilitados a receber o auxílio emergencial liberado para distribuir renda durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus.

Os beneficiários elegíveis ao auxílio que nasceram em novembro e dezembro poderão sacar nas agências da Caixa a parcela de R$ 600 (ou de R$ 1.200, para mães chefes de família) a partir de terça-feira (5). As agências serão abertas às 8h nesta segunda, segundo Guimarães. O resgate presencial começou na segunda (27) e segue calendário, conforme o mês de nascimento do trabalhador.

Para realizar o saque do auxílio emergencial, o beneficiário precisa atualizar o aplicativo Caixa Tem, fazer o login e selecionar a opção "Saque sem cartão".
O aplicativo gera um código autorizador para saque, com validade de duas horas.
Se o trabalhador não conseguir obter o código ou ele perder a validade, poderá pedir ajuda de um funcionário da agência, desde que o auxílio tenha sido aprovado.
Quem tem direito ao benefício e nasceu em meses anteriores continua podendo fazer o resgate.

A liberação para saque presencial não torna a ida às agências da caixa obrigatória. Pelo contrário, a recomendação é para que os beneficiários tentem transferir o dinheiro para outras contas pessoais ou de parentes ou, ainda, façam pagamentos utilizando suas contas digitais da Caixa por meio do aplicativo Caixa Tem. A procura pelas agências tem gerado aglomerações, aumentando o risco de contágio pelo novo coronavírus.

Para evitar viagens perdidas às agências da Caixa, a orientação é que o beneficiário verifique, antes de sair de casa, o calendário de pagamentos, bem como se tem direito de receber o auxílio. O telefone de informações sobre o auxílio emergencial é o 111.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Procenge abre inscrições para curso online de formação de consultores
Tecnologia

Procenge abre inscrições para curso online de formação de consultores

Volkswagen perde metade do lucro em 2020 pela covid-19
Economia

Volkswagen perde metade do lucro em 2020 pela covid-19