A exemplo do Tinder, Facebook lança namoro pelo aplicativo no Brasil

O aplicativo será lançado em breve e só será permitido o uso para maiores de 18 anos

Mark Zuckerberg, cofundador e CEO do FacebookMark Zuckerberg, cofundador e CEO do Facebook - Foto: Mandel Ngan/AFP

O Facebook lança nesta terça (30) no Brasil um serviço de paquera, o Facebook Dating, integrado ao aplicativo da rede social. Semelhante ao Tinder e ao Bumble, o produto pretender ligar pessoas que buscam encontros e relacionamentos.

O anúncio, válido a outros 13 países, que não incluem os Estados Unidos, acontece durante a conferência anual de desenvolvedores do Facebook em San José, na Califórnia.

A marca não especifica como, mas diz que trabalha para cruzar o Dating e o Instagram, dando continuidade à intenção da companhia de Mark Zuckerberg, que planeja integrar as diferentes plataformas no próximo ano.

Leia também:
Facebook armazenou 'milhões' de senhas do Instagram sem criptografá-las
Botão do Facebook vai mostrar critérios para escolha de post no feed
Facebook lança ofensiva para combater informações falsas sobre vacinas


Usuários do Facebook deverão ter a função atualizada do app e criar um perfil específico para a modalidade de paquera -não será um aplicativo separado. O "match" (quando as pessoas demonstram interesse mútuo) ocorrerá com cadastrados no Dating. A opção de encontrar amigos da rede social fica no controle do usuário.

"Conectar amigos com amigos [do Facebook] poderia ser bom em razão da confiança, mas vimos que muitas pessoas não querem dar match com pessoas que conhecem, como as que não querem dizer sua orientação a familiares", diz Charmaine Hung, gerente de produto do Facebook Dating.

Uma das apostas para competir com um mercado sólido de apps de namoro, que inclui Match Group (Tinder e OkCupid), Happn, Bumble e Grindr, será uma lista chamada "crush secreto", em que usuários poderão marcar amigos da rede social que despertam interesse. Caso seja recíproco, as duas partes poderão iniciar uma conversa.

As sugestões aparecerão com base nas preferências, interesses e atividades no Facebook, mas o Dating só importará do perfil da rede social o primeiro nome e a idade. Também haverá opção de encontrar possíveis parceiros em eventos e grupos.

O Dating permite enviar uma mensagem sem que a outra pessoa tenha sinalizado interesse, mas a interação fica limitada a uma tentativa. Em breve, segundo o Facebook, será possível bloquear preventivamente as pessoas com as quais o usuário não deseja combinar.


Apenas registrados com mais de 18 anos poderão usar o serviço, embora o controle etário seja um desafio para as redes sociais.Pessoas também poderão compartilhar a localização em tempo real com outros amigos da rede quando forem a um encontro, via Messenger.


Veja também

Guedes defende fala sobre excesso de comida e lamenta 'ironia' da imprensa
Economia

Guedes defende fala sobre excesso de comida e lamenta 'ironia' da imprensa

Senai oferece cursos gratuitos de capacitação profissional
Oportunidade

Senai oferece cursos gratuitos de capacitação profissional