Fenearte

Ações de apoio a artesãos são implementadas devido ao adiamento da Fenearte

A expectativa é de que a feira ocorra quando a situação sanitária permitir a realização de um evento de grande porte

FenearteFenearte - Foto: Jan Ribeiro / Prefeitura de Olinda

A 21ª edição da Fenearte, maior feira de artesanato da América Latina, que seria realizada entre os dias 1º e 12 de julho deste ano, não irá acontecer na data prevista devido à pandemia do novo coronavírus. A expectativa é de que ocorra quando a situação sanitária permitir a realização de um evento de grande porte. Atuando como um importante elemento estruturador da cadeia produtiva do artesanato, a Fenearte reúne, em média, um público de 5.000 expositores e mais de 300 mil visitantes. 

O Governo de Pernambuco, por meio da AD Diper (Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco), está realizando campanhas para auxiliar os artesãos, como o Abrace o Artesão Pernambucano, Artesanato Solidário e Vale Artesanato. “É importante auxiliar o artesão, potencializando suas vendas nesse momento de pandemia. Também estamos fazendo um trabalho de preparação dele para essa realidade do momento, mais digital, dando orientações de como vender e expor sua arte na internet”, comenta a diretora de Promoção da Economia Criativa da AD Diper, Márcia Souto. 

O Abrace o Artesão transformou as redes sociais do Centro de Artesanato de Pernambuco numa vitrine que possibilita diretamente a divulgação e negociação entre artesão e cliente. Já o Artesanato Solidário é uma ação de compra pelo Governo do Estado do estoque dos artesãos que estão com produtos disponíveis nas lojas físicas do Centro de Artesanato de Pernambuco e dependem financeiramente dessa comercialização. Assim, mais de 1.000 artesãos estão sendo contemplados. Todos os produtos adquiridos serão doados posteriormente, através de um chamamento público, para instituições filantrópicas sem fins lucrativos.

O Vale Artesanato funciona como um voucher de presente digital e pode ser adquirido na plataforma do Centro de Artesanato de Pernambuco, podendo ser trocado posteriormente em uma das unidades físicas do Centro, em Recife, Olinda ou Bezerros. Com data a ser confirmada, o Governo de Pernambuco também vem formatando um novo evento online voltado à comercialização do artesanato pernambucano.

 

Veja também

Guedes anuncia debandada e saída de dois secretários especiais da Economia
brasil

Guedes anuncia debandada e saída de dois secretários especiais da Economia

Bolsonaro assina projeto de lei para estimular navegação de cabotagem no Brasil
governo

Bolsonaro assina projeto de lei para estimular navegação de cabotagem no Brasil