promoção

Companhias aéreas entram na Black Friday e oferecem passagens a partir de R$ 99 no Brasil

Agências de viagem também estão com pacotes promocionais para a data, incluindo pacotes de menos de R$ 1.000 na América do Sul e de cerca de R$ 1.500 para os EUA

ViagensViagens - Foto: Tony Winston/Ministério da Saúde

As companhias aéreas deram início à temporada de descontos da Black Friday. As promoções valem até domingo (28), e os bilhetes custam a partir de R$ 99 para voos domésticos. Agências de viagem também estão com pacotes promocionais para a data, incluindo pacotes de menos de R$ 1.000 na América do Sul e de cerca de R$ 1.500 para os EUA, incluindo transporte e hospedagem.

A Latam oferece passagens em voos domésticos por pouco mais de R$ 100. Um voo de São Paulo para Florianópolis sai por R$ 125,42, incluindo taxas. O trecho Rio-Vitória sai por R$ 115,96. A Gol oferece bilhetes a partir de R$ 99 no Brasil, mas é preciso buscar no site. E a Azul oferece 15% de desconto nas passagens, com o código AZUL15.
 

Voos internacionais podem ser encontrados a partir de R$ 1.092 ida e volta no site da Latam. No da Gol, há voos como de Brasília para Montevidéu a pouco mais de R$.1600.

A plataforma de viagens terá promoções especiais no site, no aplicativo e nas redes sociais até o fim de novembro. Um pacote para cinco diárias em quarto duplo ou triplo em Miami (EUA) sai por R$ 1.499, com transporte aéreo.

Para Lima e Cusco, no Peru, com seis diárias e passagens de avião de ida e volta inclusas, o pacote sai por R$ 999. Já a ida para Morro de São Paulo e Salvador, na Bahia, com cinco diárias, fica por R$ 499.

Tem pacotes de viagem em promoção, como diária por pessoa no Hotel HTL City Baires, em Buenos Aires, com 50% de desconto, para os dias 5 a 19 de dezembro. Para criança de até 2 anos, a estadia é gratuita.

Tem promoções com até 50% de desconto, que vão de pacotes para destinos nacionais e internacionais, além de passagens aéreas, até reservas de diárias de hospedagem para diversas localidades.

Veja também

Bolsonaro não garante reajuste para policiais, mas diz que aumento para outros servidores só em 2023ORÇAMENTO

Bolsonaro não garante reajuste para policiais, mas diz que aumento para outros servidores só em 2023

'Vamos salvar três categorias ou vai todo mundo sofrer?', diz Bolsonaro sobre reajuste para servidorECONOMIA

'Vamos salvar três categorias ou vai todo mundo sofrer?', diz Bolsonaro sobre reajuste para servidor