Aviação

Aeroporto do Recife passa por obras de revitalização

Inicialmente prevista para ser realizada em 2020, esta primeira etapa da melhoria do aeroporto foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus

Aeroporto Internacional do RecifeAeroporto Internacional do Recife - Foto: Divulgação/ Infraero

O Aeroporto Internacional do Recife Guararapes - Gilberto Freyre recebe, esta semana, melhorias em sua estrutura com obras de revitalização pela Aena Brasil. 

Os trabalhos realizados pela concessionária espanhola inclui a renovação completa dos banheiros, melhorias no sistema de climatização, sinalização, pintura, iluminação, acessibilidade, além de outros itens. 

As obras tiveram início nessa quinta (25) e seguem até o dia 23 de maio e fazem parte do contrato da Aena com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
 

Inicialmente prevista para ser realizada em 2020, essa primeira etapa da melhoria do aeroporto foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus.

Além do terminal do Recife, outros cinco também serão reformados, todos administrados pela Aena Brasil: Aeroporto Internacional de Maceió - Zumbi dos Palmares; Aeroporto Internacional de João Pessoa - Presidente Castro Pinto; Aeroporto Internacional de Aracaju - Santa Maria; Aeroporto de Campina Grande - Presidente João Suassuna e Aeroporto de Juazeiro do Norte - Orlando Bezerra de Menezes.

Apesar de a empresa estar trabalhando para que as obras não atrapalhem a experiência do passageiro no aeroporto, alguns serviços e estruturas terão de ser adaptadas até a conclusão do trabalho. O grupo informa que todos os terminais contam com sinalização e esquema de segurança operacional a fim de que não haja incidentes. 

“As obras visam a dar mais conforto e melhorar a qualidade de atendimento ao passageiro. Pedimos desculpas pelos transtornos iniciais, mas, ao final do processo, poderemos oferecer um terminal melhor para os nossos usuários”, explica Diego Moretti, diretor do Aeroporto Internacional do Recife. 

Desde o início da pandemia, a Aena Brasil teve de adaptar suas operações para adotar normas e protocolos sanitários necessários à segurança de todos que utilizam seus terminais. 

A empresa segue regras estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o combate à disseminação da Covid-19. 

Em todos os terminais administrados pela companhia, tem sido feito o trabalho de conscientização por meio de avisos sonoros a respeito das medidas de proteção, além de contar com a atuação de seus colaboradores para ajudar nessas orientações. Somado a isso, há sinalização reforçada alertando sobre as formas de prevenção à doença. 

Veja também

Supermercados arrecadam doação para distribuir cartões de R$ 100 em compras
Doações

Supermercados arrecadam doação para distribuir cartões de R$ 100 em compras

Setores afetados pela pandemia fazem lobby por socorro com impacto de R$ 250 bi
Coronavirus

Setores afetados pela pandemia fazem lobby por socorro com impacto de R$ 250 bi