Agências da Caixa no Recife registram menos aglomerações para saque da 2ª parcela do auxílio

Profissionais da Prefeitura do Recife orientam os clientes nas filas para que o distanciamento seja respeitado

Movimentação nas agências da Caixa, no RecifeMovimentação nas agências da Caixa, no Recife - Foto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

Nesta segunda-feira (2), a Caixa Econômica Federal (CEF) liberou as transferências e os saques em dinheiro da segunda parcela do Auxílio Emergencial para beneficiários nascidos em março. No Recife, há algumas agências com movimentação tranquila e outras com filas. Em todo o pais, 2,7 milhões de pessoas terão o auxílio depositado em poupanças sociais digitais.

Na agência localizada no bairro da Boa Vista, Centro da Capital, a quantidade de pessoas no local era baixa. Um grupo de profissionais da Prefeitura do Recife orienta os clientes que chegam em busca de informação, além de distribuir álcool para higienização das mãos.

Leia também:
Caixa libera saque da 2ª parcela do auxílio para nascidos em março
26 milhões de pessoas ainda podem receber 2ª parcela do auxílio emergencial
Em parceria com Porto Digital, PCR está montando plano de convivência com a pandemia

Já na Caixa do bairro da Encruzilhada, na Zona Norte, a movimentação está maior nesta manhã. Apesar do grande número de pessoas, todos estão respeitando a fila e mantendo uma distância de segurança recomendada pelas autoridades sanitárias para evitar o contágio da Covid-19. A maioria dos clientes estava usando máscaras. Na entrada da agência um homem usando roupas especiais fazia a higienização do local.

Cristina da Silva, 48 anos, chegou à agência da Encruzilhada por volta das 10h. Ela contou que levou cerca de 15 minutos para ser atendida. "Comparado ao pagamento da primeira parcela agora está bem melhor, mais organizado. Da outra vez tive que chegar dormir no banco. Cheguei às 17h de um dia para ser atendida às 10h do dia seguinte", compara. Ela disse que o dinheiro vai ajudar a manter as despesas da casa durante a epidemia.

Segundo a Caixa, mais de 50 bancos participam da operação de pagamento do auxílio emergencial. O banco informou ainda que todas as pessoas que chegarem às agências durante o horário de funcionamento, das 8h às 14h, serão atendidas. Elas vão receber senhas e, mesmo com as unidades fechando às 14h, o atendimento continua até o último cliente.

Veja também

Mercedes mostra foto do seu novo sedã elétrico; confira
FMOTORS

Mercedes mostra foto do seu novo sedã elétrico; confira

Banco Central avança nas discussões para a criação da moeda digital brasileira
REAL DIGITAL

Banco Central avança nas discussões para a criação da moeda digital brasileira