Emprego

Agências do Trabalho retomam serviço de intermediação de mão de obra

De acordo com a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq), das 29 agências, 22 vão oferecer 555 vagas de intermediação

Agência do TrabalhoAgência do Trabalho - Foto: Seteq/Divulgação

O serviço de intermediação de mão de obra vai voltar a ser oferecido pelas Agências do Trabalho de Pernambuco a partir de hoje. Para evitar aglomeração e risco de contaminação pelo coronavírus, o atendimento deverá ser agendado antecipadamente pela internet, através do site www.seteq.pe. gov.br ou no Portal Cidadão. Esse serviço inclui cadastramento do trabalhador ou alteração de dados, como endereço, escolaridade e pretensões, além de emissão de carta de encaminhamento (caso haja uma vaga de emprego que se encaixa com o perfil da pessoa).

De acordo com a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq), das 29 agências, 22 vão oferecer 555 vagas de intermediação e outras 540 são específicas para o profissional que precisa dar entrada no Seguro Desemprego, serviço social que vem sendo oferecido pelas agências desde o início da pandemia. 

A unidade localizada na Rua da Aurora, no Centro do Recife, também oferecerá 50 vagas de intermediação de mão de obra para o público em geral e 10 vagas para o jovem aprendiz.

Segundo o secretário da Seteq, Alberes Lopes, ainda não é possível oferecer vagas de emprego como antes, para não haver risco de aglomeração e contaminação pelo novo coronavírus, mas todos os consensos e protocolos estão sendo construídos para em breve as vagas voltarem a ser anunciadas como antes.

O secretário-executivo do Trabalho e Qualificação, Álvaro Jordão, informou que sempre que a pasta estadual é procurada para cadastrar vagas de emprego, essas mesmas oportunidades estão sendo levadas aos trabalhadores. Por isso, de acordo com ele, é importante que as pessoas façam o agendamento antecipado.

Veja também

BC mantém Selic a 2% ao ano mesmo com pressão inflacionária
economia

BC mantém Selic a 2% ao ano mesmo com pressão inflacionária

Desemprego vai aumentar em 2021 com maior busca por vagas, diz secretário de Guedes
trabalho

Desemprego vai aumentar em 2021 com maior busca por vagas, diz secretário de Guedes