trabalho

Alemanha vai facilitar imigração para atrair trabalhadores qualificados

País enfrenta escassez de mão de obra. Jovens especialistas nas áreas de tecnologia da informação e transição energética são os profissionais mais buscados

Bandeira da AlemanhaBandeira da Alemanha - Foto: Pexels

Com escassez de mão de obra, a Alemanha vai atenuar as regras de imigração de pessoas que não sejam cidadãos de nenhum país da União Europeia (UE). O objetivo é que a entrada de estrangeiros no mercado de trabalho alemão seja facilitada.

Devido ao envelhecimento da população, a maior economia da Europa enfrenta dificuldades para preencher postos diversos setores, como saúde, hotelaria, tecnologia e meio ambiente. No ano passado, aproximadamente dois milhões de vagas abertas não foram preenchidas.

Por isso, na última sexta-feira, uma reforma da lei de imigração foi adotada, implementando um sistema semelhante ao modelo canadense, baseado em pontos. A nova legislação teve apoio de deputados dos três partidos da coalizão governamental, os social-democratas, os verdes e os liberais. A oposição — os conservadores (CDU e CSU) e a extrema direita (AfD) — votaram contra.
 

O conhecimento do idioma, a experiência profissional, a idade e o relacionamento com o país passam a ser os principais critérios para aprovação do direito de viver na Alemanha e trabalhar lá. Também será menos burocrático para o imigrante obter a autorização de levar junto a sua família.

Em comunicado à imprensa, o vice-chanceler alemão e ministro da Economia, Robert Habeck, declarou que a escassez de mão de obra é um problema urgente e que a chegada de trabalhadores qualificados é importante para a economia local:

"As empresas estão esperando ansiosamente por eles", disse.

Habeck também disse que o país irá priorizar a entrada de jovens especialistas em tecnologia da informação ou em transição energética.

Veja também

Nubank apresenta falha no aplicativo, e usuários reclamam; banco diz passar por "oscilação"
FORA DO AR

Nubank apresenta falha no aplicativo, e usuários reclamam

Logística reversa ganha destaque na Multimodal Nordeste
CONTEÚDO DE MARCA

Logística reversa ganha destaque na Multimodal Nordeste

Newsletter