Alta estação deve gerar R$ 2,3 bilhões em Pernambuco

Pelos cálculos da Setur, cerca de 1,7 milhão de turistas devem circular pelo Estado na atual temporada, que vai de dezembro a fevereiro

Praia de Maracaípe, PernambucoPraia de Maracaípe, Pernambuco - Foto: Priscilla Aguiar/Portal FolhaPE

Reflexo da retomada da economia brasileira, o setor de turismo tem indicado tendência de constante crescimento. Em Pernambuco, os números da taxa de ocupação da rede hoteleira nesta alta temporada, entre dezembro e fevereiro, indicam alta de 2,5% se comparado ao mesmo período do ano passado, quando fechou com um saldo de 78% de ocupação nos principais destinos turísticos do estado, Recife e Ipojuca (Porto de Galinhas). Segundo projeções da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Setur), na temporada atual devem circular pelo Estado cerca de 1,7 milhão de turistas, responsáveis pela injeção de R$ 2,3 bilhões na economia pernambucana.

Na avaliação da Setur, entre os fatores que contribuíram para o bom desempenho do Estado estão o aumento no número de voos internacionais, as conexões com importantes capitais do País e a consolidação de mercados estrangeiros emissores de turistas, no último ano. Investimentos apontados como fundamentais para Pernambuco chegar a uma expectativa positiva nesta temporada 2017/2018. “No mercado internacional, a malha aérea cresceu substancialmente. Saímos de quatro ligações internacionais em 2015 para as 15 atuais. Em 2018, Pernambuco contará ainda com ligações para Córdoba (Gol e Azul), Rosário (Azul) e Fort Lauderdale (Azul). Agora, a intenção é consolidar e aumentar a malha aérea com novos voos internacionais e nacionais”, explica o secretário da Setur, Felipe Carreras.

Ainda de acordo com ele, também serão concluídas obras importantes de estruturação turística. “Todas as ações desenvolvidas são refletidas no incremento do fluxo turístico e consequentemente em injeção na economia do Estado. As nossas ações são fundamentais para que os visitantes continuem sendo bem recebidos e sintam-se motivados a passar mais tempo em Pernambuco, usufruindo dos hotéis, conhecendo os equipamentos turísticos e apreciando as belezas, a cultura e gastronomia do Estado”, pontua Carreras.

Leia também:
Receita do turismo deve crescer neste carnaval após 3 anos em queda, diz CNC
Movimento nos aeroportos deverá crescer no Carnaval


Carnaval
Os aeroportos da Infraero devem ter um aumento de 4,7% no carnaval deste ano. Entre os dias 8 e 19/2, são esperados 2,6 milhões de passageiros, entre embarques e desembarques, nos terminais com voos comerciais regulares. Em 2017 foi registrado um fluxo de 2,5 milhões de viajantes no período, que ocorreu entre 23 de fevereiro e 6 de março.

Veja também

BNDES antecipa voto em assembleia da JBS para pressionar por ação contra irmãos Batista
Economia

BNDES antecipa voto em assembleia da JBS para pressionar por ação contra irmãos Batista

Estado com poucos cadastros sociais teve menos auxílio
Auxílio Emergencial

Estado com poucos cadastros sociais teve menos auxílio