Amazon Music é lançado oficialmente no Brasil

Serviço de streaming de músicas concorrente do Spotify e do Deezer já chegou ao Brasil

Amazon Music já está disponível para o BrasilAmazon Music já está disponível para o Brasil - Foto: Amazon/Divulgação

A Amazon anunciou, nesta quinta-feira (12), o lançamento do Amazon Music no Brasil. O serviço de streaming para músicas estará dentro do catálogo do Amazon Prime, custando R$ 9,90 por mês no plano anual.

Os clientes podem acessar o Amazon Music Unlimited, o serviço premium de streaming com acesso ilimitado a mais de 50 milhões de músicas, incluindo as últimas novidades de artistas brasileiros e internacionais, como Pabllo Vittar, Post Malone, Ivete Sangalo, Billie Eilish, Gustavo Mioto, e muito mais; além de playlists e estações desenvolvidas especialmente para os fãs de música no Brasil.

Além disso, a Amazon anunciou na última terça-feira o Amazon Prime no país, que já oferece a seus membros o Prime Music: uma seleção de mais de dois milhões de músicas sem custo adicional à assinatura do Amazon Prime.

Os consumidores podem ter mais informações sobre o Amazon Music e começar o teste gratuito de três meses do Amazon Music Unlimited em amazon.com.br/music ou clicando aqui.

Leia também:
Amazon Prime chega ao Brasil com frete grátis, filmes e música por R$ 9,90
Ações de varejistas despencam na Bolsa com lançamento do Amazon Prime
Apple TV+ chega ao Brasil por R$ 9,90 em novembro

“O lançamento de hoje representa um grande passo para o Amazon Music, já que o Brasil é um dos destinos musicais mais importantes no mundo”, afirma o gerente geral do Amazon Music para a América Latina, Federico Pedersen. “Nosso time local vem trabalhando fortemente para oferecer uma seleção de playlists e estações que representam a variedade única da música brasileira e mal podemos esperar para que novos assinantes comecem a ouvi-las hoje”, completou. 

Veja também

Petrobras lucra R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre
Balanço

Petrobras lucra R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre

Prova de vida do INSS volta a valer a partir de junho nas agências
Previdência

Prova de vida do INSS volta a valer a partir de junho nas agências