ANP diz que está atenta a cobranças abusivas de combustíveis

Agência pode penalizar postos que praticarem aumentos injustificados

abastecimentoabastecimento - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou, por meio de nota, que está “atenta” para possíveis cobranças abusivas por combustíveis no Brasil. A cotação internacional do petróleo sofreu uma alta depois de ataques a uma refinaria na Arábia Saudita, na semana passada.

Segundo a nota da ANP, os preços no Brasil são “livres, por lei, em todas as etapas da cadeia: produção, distribuição e revenda. Diante de denúncias de preços abusivos, a ANP faz ações de campo para confirmar essas suspeitas. Quando constata a prática de preços abusivos, a agência atua em conjunto com os Procons para penalizar os infratores”.

Leia também:
Preço de petróleo é com a Petrobras, diz Guedes
Bolsonaro diz que Petrobras não deve elevar o preço do combustível


Na última segunda-feira (16), a Petrobras divulgou nota informando que também está monitorando a cotação internacional do petróleo, mas que, até aquele momento, não havia previsão de reajustar o preço dos combustíveis.

Veja também

BB formaliza parceria com suíço UBS para banco de investimentos

BB formaliza parceria com suíço UBS para banco de investimentos

Experience Club expande operação para o Nordeste
Lideranças

Experience Club expande operação para o Nordeste