Apple consegue vitória judicial contra Samsung por patentes

Juízes condenaram empresa a pagar 119,6 milhões por usar sistemas patentados pela Apple

Priscilla, a rainha do deserto Priscilla, a rainha do deserto  - Foto: Internet / Reprodução

Um tribunal de Apelações americana deu, nesta sexta-feira (7), uma inesperada vitória ao condenar à sua rival sul-coreana Samsung a pagar 120 milhões de dólares em uma disputa por quebra de patentes.

A decisão judicial é um novo capítulo da disputa tecnológica travada pelos dois gigantes mundiais dos smartphones. O conflito entre as empresas se originou nos outros continentes antes de se concentrar nos tribunais americanos.

A decisão do tribunal federal de Apelações de Washington acontece quatro dias antes de uma audiência da Suprema Corte dos Estados Unidos sobre a questão das patentes envolvendo Apple e Samsung.

Por oito votos a três, os juízes condenaram nesta sexta-feira a Samsung a pagar 119,6 milhões de dólares por ter usado o sistema patentado pela Apple de desbloqueio de tela touch deslizando o dedo sobre ela, assim como a função do corretor automático.

Essa decisão anula outra anterior favorável à Samsung e restabelece uma decisão tomada em primeira instância por um tribunal da Califórnia.

A decisão de primeira instância do tribunal californiano representa uma meia vitória para a Apple, pois a empresa também foi condenada a pagar um valor simbólico de 158.400 dólares por ter quebrado uma patente da Samsung sobre fotos digitais.

Ambas as empresas apresentaram queixas cruzadas contra a outra.

Veja também

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo
economia

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo

Agências do INSS não abrem nesta quarta-feira (28)
inss

Agências do INSS não abrem nesta quarta-feira (28)