Argentina apresenta proposta protecionista ao Mercosul

A reunião ocorreu por videoconferência e estiveram presentes os representantes técnicos de cada país

Bandeira da ArgentinaBandeira da Argentina - Foto: El Caminante/Pixabay

A Argentina apresentou nesta quinta-feira (7) sua proposta para um novo formato do Mercosul nesses tempos de pandemia. A reunião ocorreu por videoconferência e estiveram presentes os representantes técnicos de cada país.

"A ideia é que o bloco avance em conjunto nas negociações regionais, tendo em conta a defesa de seu tecido produtivo e o cuidado com o emprego nacional", disse o documento emitido ao final pela chancelaria argentina.

O secretário argentino para o Mercosul, Jorge Neme, disse que o Mercosul deve estar conectado com o mundo, "mas também protegendo setores mais sensíveis, o trabalho e a criação de valor agregado na região".

Leia também:
Brasil quer rever regra do Mercosul para negociar sem Argentina
Argentina suspende participação no Mercosul devido à crise do coronavírus


Ele reforçou as sinalizações feitas pelo governo de Alberto Fernández de que a Argentina tinha a intenção de adotar posição mais protecionista.

"Não podemos abrir-nos de forma frívola, e assim expor a estrutura de produção à competição externa", disse Neme, justificando que isso seria necessário devido ao "panorama de incertezas a nível internacional".

Os representantes argentinos também afirmam que continuarão trabalhando nos acordos com a União Europeia, mas que os acordos com Coreia do Sul, Singapura, Canadá e Líbano deveriam esperar. "O objetivo é proteger os setores vulneráveis da nossa economia".

Uma nova teleconferência deve acontecer no próximo dia 12 de maio.

Veja também

Grupo farmacêutico Roche anuncia fechamento de fábrica no Brasil
Medicamentos

Grupo farmacêutico Roche anuncia fechamento de fábrica no Brasil

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
Loteria

Apostador de Fortaleza acerta os seis números da Mega-Sena