Arrecadação do governo cai 10,1% e tem pior agosto desde 2009

No acumulado do ano, quando a arrecadação totalizou R$ 816,4 bilhões, a queda é de 7,45%

Moana – Um Mar de Aventuras Moana – Um Mar de Aventuras  - Foto: Divulgação

A retração econômica voltou a derrubar as receitas do governo federal com impostos, que somaram R$ 91,8 bilhões e tiveram queda real (retirado o efeito da inflação) de 10,12% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado, divulgou nesta quinta-feira (29) a Receita Federal.

Foi o pior agosto desde 2009, quando a arrecadação somou R$ 85,1 bilhões. No acumulado do ano, quando a arrecadação totalizou R$ 816,4 bilhões, a queda é de 7,45% na comparação com o mesmo período do ano passado -pior período período entre janeiro e agosto desde 2010. A arrecadação específica de tributos da Receita Federal, que somou R$ 90,1 bilhões em agosto, caiu 10,15% na comparação com agosto de 2015. No acumulado do ano, os R$ 800 bilhões representaram um recuo de 6,91% em relação ao ano passado. Em julho, o Tesouro estimava que a carga tributária associada à arrecadação de tributos da Receita era de 12,7%, depois de chegar ao pico de 14,5% em novembro de 2011.

Veja também

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo
economia

237 mil trabalhadores com salário reduzido têm atraso em benefício do governo

Agências do INSS não abrem nesta quarta-feira (28)
inss

Agências do INSS não abrem nesta quarta-feira (28)