Governo

Arrecadação federal cresce 18,5% em março e chega a R$ 138 bilhões, recorde para o mês

Os dados registraram crescimento em um mês em que foi intensificado o fechamento de atividades devido ao recrudescimento da Covid-19

O crescimento no acumulado do ano é de 5,64%, para R$ 446 bilhõesO crescimento no acumulado do ano é de 5,64%, para R$ 446 bilhões - Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

A Receita Federal registrou uma arrecadação de R$ 138 bilhões em março, um crescimento real de 18,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado. O resultado é um recorde para o mês em toda a série histórica iniciada em 2000 (já considerando números atualizados pela inflação).

Os dados registraram crescimento em um mês em que foi intensificado o fechamento de atividades devido ao recrudescimento da Covid-19. O Ministério da Economia esperava um impacto das novas medidas na atividade a partir de meados de março.

De acordo com a Receita, o resultado foi impulsionado pelo melhor desempenho de indicadores macroeconômicos no mês e pelo recolhimento com o valor de importações. Também ajudou os números uma arrecadação atípica de R$ 4 bilhões sobre o lucro de empresas.

O crescimento no acumulado do ano é de 5,64%, para R$ 446 bilhões. Em breve técnicos da Receita detalharão os números.

Veja também

Governo vai gastar R$ 25 milhões com nova estatal NAV Brasil
Brasil

Governo vai gastar R$ 25 milhões com nova estatal NAV Brasil

Do Fusca à Amarok: brasileiros adaptam carros como solução para viajar
VEÍCULOS

Do Fusca à Amarok: brasileiros adaptam carros como solução para viajar