Arrecadação tem em novembro a primeira queda real em 2018

Dados divulgados pela Receita nesta sexta-feira (21) mostram que a arrecadação de novembro foi de R$ 119,4 bilhões

Arrecadação federalArrecadação federal - Foto: Pixabay

A arrecadação federal teve em novembro a primeira queda real (descontada a inflação) do ano quando se compara o resultado do mês com o período equivalente de 2017. O saldo ficou negativo em 0,27%.

Os dados divulgados pela Receita nesta sexta-feira (21) mostram que a arrecadação de novembro foi de R$ 119,4 bilhões. De acordo com o fisco, o resultado negativo foi impactado por um recolhimento atípico que ampliou os ganhos no ano passado.

Naquele período, o governo arrecadou R$ 5,8 bilhões com um programa de regularização tributária. A mesma fonte de recursos contribuiu com apenas R$ 895 milhões no mês passado.

Leia também:
Arrecadação sobe 4,12% acima da inflação em outubro, diz Receita


Segundo o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita, Claudemir Malaquias, a arrecadação no mês passado teria registrado uma alta real de 3,85% se a arrecadação atípica fosse desconsiderada.

Ele citou como dado positivo a elevação de 33,8% nas receitas com IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), o que sinaliza uma melhora no desempenho das empresas. Indicadores da economia também ficaram positivos. "Todos os indicadores macroeconômicos estão sinalizando a recuperação da economia, refletindo diretamente na arrecadação", disse. No acumulado dos 11 primeiros meses do ano, o aumento das receitas foi de 5,39% acima da inflação.

Veja também

INSS inicia pagamento de segunda parcela do 13º salário a aposentados
Economia

INSS inicia pagamento de segunda parcela do 13º salário a aposentados

Confiança do consumidor atinge maior índice desde novembro de 2020
Economia

Confiança do consumidor atinge maior índice desde novembro de 2020