Assembleia de credores da Oi é remarcada para 6 de novembro

Segunda convocação acontecerá no dia 27 de novembro. Oi entrou em recuperação judicial em junho do ano passado

OiOi - Foto: Reprodução/Internet

O juiz Fernando Vianna, da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, aceitou o pedido de adiamento da assembleia geral de Credores do Grupo Oi, marcada para a segunda-feira (23), no Rio de Janeiro. A assembleia foi remarcada para o dia 6 de novembro, em primeira convocação, e dia 27 de novembro, em segunda convocação.

O pedido de adiamento foi feito por diversos credores, como a BNP Paribas Fortis SA/NV, o HSBC, o Banco do Brasil S/A, o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal, entre outros. As empresas alegaram ser prematura a realização da assembleia e que ainda pretendem evoluir nas negociações para construção de alternativas viáveis.

Na decisão, o juiz Fernando Vianna considerou relevante o pedido dos credores que, segundo ele, "são os que mais peticionam nos autos, participam do processo de recuperação e detêm parte expressiva do crédito junto ao Grupo Oi". O juiz destacou ainda que levou em consideração o fato de que os credores detentores de créditos menores não sofrerão prejuízo com o adiamento. A Oi entrou em recuperação judicial em junho do ano passado.

Leia também
Oi aguarda decisão judicial para reunir-se com credores

Veja também

Procon multa banco em mais de R$ 7 milhões por empréstimos não solicitados
Economia

Procon multa banco em mais de R$ 7 milhões por empréstimos não solicitados

Apostador leva sozinho R$ 3,9 bilhões, o quarto maior prêmio de loteria nos EUA
LOTERIA

Apostador leva sozinho R$ 3,9 bilhões em loteria nos EUA