Atenção para os documentos perdidos durante o Carnaval

Para evitar fraudes, é importante registrar o Boletim de Ocorrência (B.O.) para manter a proteção em caso de utilização dos documentos sem autorização do consumidor

DocumentosDocumentos - Foto: Arquivo Folha

Após o termino do período do Carnaval, os foliões precisam ficar atentos aos documentos furtados, roubados ou perdidos durante a festa. Para evitar fraudes, é importante registrar o Boletim de Ocorrência (B.O.) para manter a proteção em caso de utilização dos documentos sem autorização do consumidor.

De acordo com o educador financeiro do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), José Vignoli, existem riscos desconfortáveis para os consumidores com o furto e roubo de documentos, como Carteira de Identidade (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e cartões de créditos. “Existem pessoas interessadas em furtar para aplicar golpes, como conseguir dinheiro, fazer compras, abrir crediário e utilizar o cartão de imediato”, disse o educador.

Para quem passou pela situação, o órgão orienta utilizar o programa “SPC Alerta de Documentos” para manter seus documentos em segurança. “O consumidor deve comparecer a algum ponto de atendimento do SPC com o B.O. para fazer o registro. A partir disso, é registrado o roubo do documento no sistema e toda tentativa de compra será bloqueada”, explicou Vignoli. Assim, o risco de fraude é reduzido, já que estabelecimentos comerciais são avisados.

Leia também:
Carnaval do Recife recebe 1,6 milhão de foliões
Violência cai no Carnaval do Recife

De forma preventiva, o SPC também disponibiliza o programa “SPC Avisa” para informações de uso de documentos. “O consumidor pode se cadastrar em algum ponto de atendimento e contratar o serviço. Assim, toda movimentação feita através do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), a pessoa é avisada”, disse o educador. Para quem deseja realizar a consulta do Posto de Atendimento do SPC Brasil mais próximo da residência, deve acessar a página do órgão.

Achados e perdidos
Segundo a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, no Carnaval da cidade foram 283 objetos recuperados até então, incluindo documentações. Nas próximas duas semanas, esses itens estarão localizados na sede da secretaria, no sétimo andar do prédio da Prefeitura do Recife. Depois desse período, os objetos estarão na Central dos Correios.

Veja também

Famosa pelos pratos marrons, Duralex pede recuperação judicial
economia

Famosa pelos pratos marrons, Duralex pede recuperação judicial

Conex discute o futuro sob a ótica da liderança, finanças e empreendedorismo
Evento

Conex discute o futuro sob a ótica da liderança e finanças