Atividade do comércio recua 0,2% em abril

Apesar do recuo dos juros e da inflação, o movimento dos consumidores no varejo ainda se mostra enfraquecido

Comércio varejistaComércio varejista - Foto: Agência Brasil/Arquivo

O movimento dos consumidores nas lojas de todo o país caiu 0,2% em abril, já descontados os ajustes sazonais. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o recuo da atividade varejista também foi de 0,2%. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, divulgado nesta segunda-feira (8).

Apesar do recuo dos juros e da inflação, o movimento dos consumidores no varejo ainda se mostra enfraquecido, sobretudo pelo quadro ainda desfavorável do nível de emprego do país, segundo os economistas da Serasa Experian.

Dos seis setores do comércio varejista pesquisados, três tiveram elevação no movimento em abril: veículos, motos e peças (alta de 2,6%); tecidos, vestuário, calçados e acessórios (2%) e material de construção (0,9%). No entanto, a retração no período foi puxada pelos segmentos supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (queda de 0,6%); móveis, eletroeletrônicos e informática (-1,2%) e combustíveis e lubrificantes (-3,7%).

No acumulado do quadrimestre, de janeiro a abril, o resultado de 2017 foi 2,2% menor que no mesmo período do ano passado. Todos os segmentos varejistas recuaram nestes primeiros quatro meses do ano: supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas registraram queda de 3,7%; móveis, eletroeletrônicos e informática (-12,5%); combustíveis e lubrificantes (-3,6%); veículos, motos e peças (-10,4%); tecidos, vestuário, calçados e acessórios (-11,5%) e material de construção (-13,7%). No acumulado de 12 meses, a retração geral na atividade do comércio é de 4,5%.

Veja também

Netflix dispara na bolsa após superar os 200 milhões de assinantes
Mercado

Netflix dispara na bolsa após superar os 200 milhões de assinantes

Privacidade e WhatsApp: em que a última atualização interfere?
Tecnologia e games

Privacidade e WhatsApp: em que a última atualização interfere?