Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil

Na comparação com agosto de 2018, houve queda de 0,73% (sem ajuste para o período)

Mercado FinanceiroMercado Financeiro - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou expansão de 0,07% em agosto em relação a julho deste ano, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (14), em Brasília, pelo Banco Central (BC).

Na comparação com agosto de 2018, houve queda de 0,73% (sem ajuste para o período). Em 12 meses encerrados em agosto, o indicador cresceu 0,87%. No ano, houve crescimento de 0,66%.

Leia também:
Acordo Mercosul-UE pode impactar economia brasileira em US$ 79 bilhões
Vendas dos supermercados fazem comércio crescer 0,1% em agosto
TCU aprova megaleilão do pré-sal, e Ministério da Economia comemora

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

O indicador foi criado pelo BC para fazer um acompanhamento mensal da atividade econômica. Mas o indicador oficial, com metodologia diferente do IBC-Br, é o Produto Interno Bruto (PIB), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgado trimestralmente.

Veja também

INSS oferece serviço expresso para entrega de documentação
INSS

INSS oferece serviço expresso para entrega de documentação

Petrobras inicia venda de dois campos de petróleo de águas profundas
Economia

Petrobras inicia venda de dois campos de petróleo de águas profundas