auxílio emergencial

Atualização de dados levou a problemas no Caixa Tem

Vice-presidente do banco diz que aplicativo se normalizará esta tarde

Aplicativo do Caixa TemAplicativo do Caixa Tem - Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O acúmulo na atualização da base de dados típico do início de cada mês provocou instabilidade no aplicativo Caixa Tem, que permite a movimentação das contas poupança digitais criadas para receber o auxílio emergencial e os saques especiais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo o vice-presidente de tecnologia da Caixa Econômica Federal, Cláudio Salituro, as atualizações foram encerradas e o aplicativo se normalizará nesta tarde.

Salituro explicou que, como ocorre em todos os bancos, o aplicativo atualiza as bases de dados todas as noites, consumindo dados no sistema da instituição financeira. Com o processamento de folhas de pagamentos do serviço público federal de alguns estados e municípios e de empresas privadas, o tempo de atualização aumenta no último dia útil de cada mês e no primeiro dia do mês seguinte. Dessa forma, o processo, que deveria ocorrer apenas à noite, estende-se até o início da tarde do dia seguinte.

Além da atualização das folhas de pagamento, o banco atualiza as bases de dados das contas poupança digitais, provocando congestionamento no Caixa Tem. A fila de espera no aplicativo, normalmente de um minuto, estendeu-se para uma hora desde quarta-feira (1º).

Leia também

• Banco do Brasil pretende emprestar R$ 3,7 bi para micro e pequenas empresas

• MPF receberá lista de fraudadores do auxílio emergencial, diz TCU

• Prazo para pedir o auxílio emergencial termina nesta quinta

• Caixa inclui custos de cartório no financiamento da casa própria



“Nesse fim de mês, tivemos uma [atualização] mensal muito grande por causa do processamento das folhas de pagamento de governo, do setor privado e de todas as bases de dados que precisam ser atualizadas a cada mês. Quando esse fenômeno acontece no meio de uma semana, não temos o que a gente chama de reação do fim de semana para o processamento. Então existe um consumo excessivo de dados e de equipamentos”, explicou Salituro.

Há dois dias, clientes da Caixa têm relatado lentidão nos sistemas do banco. Na terça-feira (31), o site da instituição enfrentou instabilidade. O banco alegou ações de melhorias no sistema para dar conta do aumento no número de acessos simultâneos para justificar os problemas no serviço.

Na última quarta (1º), as dificuldades repetiram-se, com clientes relatando intermitência no site, no Caixa Tem e no processamento de folhas de pagamento. O banco novamente informou que mudanças no sistema estavam provocando a lentidão.

Veja também

Governo de Pernambuco abre seleção com 30 vagas e salários de até R$ 4,5 mil
Blog dos Concursos

Governo de Pernambuco abre seleção com 30 vagas e salários de até R$ 4,5 mil

Covid-19: pesquisa revela que 47,5% das pessoas temem viajar de avião
Aviação

Covid-19: pesquisa revela que 47,5% das pessoas temem viajar de avião