Audi lança dois novos modelos

Apesar de as vendas de veículos novos continuarem em baixa no Brasil, as montadoras seguem otimistas em 2017. Por isso, têm apostado pesado nos lançamentos. A Audi é prova disso. Em um único dia, apresentou duas novidades: o A3 Sedan Ambition e o Q3 1.4 F

Acima, o A3 Sedan Ambition, que ganhou dispositivos tecnológicos que facilitam a vida do motoristaAcima, o A3 Sedan Ambition, que ganhou dispositivos tecnológicos que facilitam a vida do motorista - Foto: Divulgação

Aversão 2017 do A3 Sedan Ambition da Audi vem com o motor 2.0 TFSI de 220 cavalos de potência e chega com design renovado em itens como os faróis bi-xenônio e as rodas de cinco raios. O carro, porém, mantém elementos de sucesso como o teto solar panorâmico e os espelhos retrovisores rebatíveis. E, no interior, ganhou ares tecnológicos com luzes internas de LED, duas entradas USB e o primeiro painel de instrumentos digitais dos compactos brasileiros. É o Audi Virtual Cockpit, uma tela de 12,3 polegadas que dá ao motorista a opção de trocar os tradicionais velocímetros e conta-giros por gráficos de alta resolução e efeitos gráficos. O sistema multimídia também foi redesenhado, com base em smartphones, e pode girar alguns dos aplicativos instalados no celular dos passageiros. A tecnologia também ajuda o motorista a conduzir o veículo, regulando as respostas do pedal do acelerador, a assistência da direção e o câmbio S tronic de seis velocidades. O assistente do freio de estacionamento ainda permite que o carro fique parado sem que o freio seja pressionado, até que o motorista ative novamente o acelerador, além de evitar o recuo do carro em subidas. E o motor 2.0 TFSI de 220 cv atinge uma velocidade máxima de 250 km/h, levando 6,9 segundos para sair do 0 km/h para os 100 km/h. O A3 Sedan Ambition custa R$ 156.190.

Veja também

Equipe de Guedes quer novo programa social dentro do teto de gastos
Economia

Equipe de Guedes quer novo programa social dentro do teto de gastos

Guedes diz que auxílio emergencial pode voltar se vacinação fracassar, mas exigirá sacrifícios
Extensão do auxílio

Guedes diz que auxílio emergencial pode voltar se vacinação fracassar, mas exigirá sacrifícios