BC mantém previsão para crescimento da economia em 2,4% em 2019

Segundo o Banco Central, previsão para crescimento da economia está em linha com a perspectiva de continuidade da retomada gradual da atividade econômica ao longo dos próximos trimestres

EconomiaEconomia - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Banco Central (BC) manteve a projeção para o crescimento da economia em 2019. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, ficou em 2,4%, de acordo com o Relatório Trimestral de Inflação divulgado nesta quinta-feira (2) pelo BC.

Segundo o BC, essa projeção está em linha com a perspectiva de continuidade da retomada gradual da atividade econômica ao longo dos próximos trimestres. “Conforme destacado no Relatório de Inflação de setembro, essa projeção é condicionada ao cenário de continuidade das reformas e ajustes necessários na economia brasileira, notadamente de natureza fiscal”, destacou a instituição.

As previsões para agropecuária e indústria em 2019 foram mantidas, respectivamente, em 2% e 2,9%. Houve ligeira alta na projeção para o crescimento do setor de comércio e serviços (de 2% para 2,1%).

Leia também
Dólar segue em baixa, após atuação do Banco Central
Banco Central voltará a leiloar dólares das reservas nesta quarta


A estimativa para o crescimento do consumo das famílias é 2,5% e para a Formação Bruto de Capital Fixo (investimentos), 4,4%, similares às projeções anteriores. A projeção para o consumo do governo foi alterada de 0,5% para 0,6%. A estimativa para o crescimento das exportações foi revista de 6% para 5,7%, diante de perspectiva de desaceleração da economia global, enquanto a projeção para as importações passou de 5,9% para 6,1%.

Para 2018, a projeção de crescimento do PIB foi ajustada de 1,3% para 1,4%. Segundo o BC, esse ajuste na projeção repercute os resultados do PIB no terceiro trimestre do ano, da revisão da série histórica do PIB e de estatísticas setoriais disponíveis para o quarto trimestre.

Veja também

Oposição quer que ministro explique falta de auxílio para fila do Bolsa Família
Auxílio Emergencial

Oposição quer que ministro explique falta de auxílio para fila do Bolsa Família

Bolsa sobe 0,59% com noticiário positivo para a atividade econômica
Mercado Financeiro

Bolsa sobe 0,59% com noticiário positivo para a atividade econômica