Banco Central

BC passa a receber depósitos voluntários de instituições financeiras

A medida serve para gerenciamento da quantidade de moeda em circulação

Banco Central do BrasilBanco Central do Brasil - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Banco Central (BC) começa a receber a partir desta segunda-feira (7) depósitos voluntários de instituições financeiras, mediante remuneração. Os depósitos serão usados para fins de política monetária, funcionando como uma alternativa às operações compromissadas (títulos públicos).

Segundo o BC, os depósitos voluntários servirão para gerenciamento da quantidade de moeda em circulação no sistema financeiro e controle da taxa de juros de curto prazo, sem impactar a dívida pública.

A medida amplia a utilização do instrumento, antes restrita apenas às instituições financeiras que atuam no mercado aberto e de câmbio. Agora, a autarquia também passa a receber depósito voluntário de instituições financeiras titulares de conta Reservas Bancárias (bancos comerciais, caixas econômicas e bancos múltiplos com carteira comercial) ou de Conta de Liquidação.

Atualmente, o BC administra a quantidade de moeda no sistema bancário por meio das operações compromissadas, a venda de títulos públicos com compromisso de recompra. Como esses títulos são emitidos pelo Tesouro Nacional são contabilizados na dívida bruta do país.

Com o mecanismo, as instituições financeiras poderão realizar depósitos de recursos no BC, de forma voluntária, por período predeterminado e recebendo uma taxa de remuneração sobre o montante aplicado. Essa remuneração não é somada à dívida pública.

Veja também

CAE do Senado aprova, em votação simbólica, PL do marco dos seguros; texto vai ao plenário
projeto de lei

CAE do Senado aprova, em votação simbólica, PL do marco dos seguros; texto vai ao plenário

Haddad tem reunião com Padilha, Fávaro e deputados do agro em meio à definição do plano Safra
plano safra

Haddad tem reunião com Padilha, Fávaro e deputados do agro em meio à definição do plano Safra

Newsletter