BCE minimiza decisão da Justiça alemã sobre programa europeu anticrise

Banco Central Europeu não está "desanimado" com a decisão do Tribunal Constitucional alemão

Casos de coronavírus na Europa vêm caindoCasos de coronavírus na Europa vêm caindo - Foto: JORGE GUERRERO / AFP

O Banco Central Europeu não está "desanimado" com a decisão do Tribunal Constitucional alemão, que pediu à instituição que justifique seu extenso programa anticrise - declarou a presidente da instituição, Christine Lagarde, nesta quinta-feira (7).

Leia também:
Coronavírus deixa mais de 150 mil mortos na Europa
Europa prevê queda de 7,4% do PIB neste ano e recuperação incompleta em 2021
Rússia é quinto país mais afetado da Europa pelo coronavírus


Segundo ela, o BCE "continuará, sem se sentir desanimado", a "fazer todo o necessário para cumprir nosso mandato" de estabilidade de preços na área do euro.

Lagarde afirmou ainda que o Banco é "uma instituição europeia, responsável perante o Parlamento Europeu e sob a jurisdição do Tribunal de Justiça da UE".

Veja também

Carrefour encerra negociações de fusão com canadense, diz agência
Negócios

Carrefour encerra negociações de fusão com canadense, diz agência

Dólar sobe para R$ 5,30, mas acumula queda na semana
Cotação

Dólar sobe para R$ 5,30, mas acumula queda na semana