Economia

BCE minimiza decisão da Justiça alemã sobre programa europeu anticrise

Banco Central Europeu não está "desanimado" com a decisão do Tribunal Constitucional alemão

Casos de coronavírus na Europa vêm caindoCasos de coronavírus na Europa vêm caindo - Foto: JORGE GUERRERO / AFP

O Banco Central Europeu não está "desanimado" com a decisão do Tribunal Constitucional alemão, que pediu à instituição que justifique seu extenso programa anticrise - declarou a presidente da instituição, Christine Lagarde, nesta quinta-feira (7).

Leia também:
Coronavírus deixa mais de 150 mil mortos na Europa
Europa prevê queda de 7,4% do PIB neste ano e recuperação incompleta em 2021
Rússia é quinto país mais afetado da Europa pelo coronavírus


Segundo ela, o BCE "continuará, sem se sentir desanimado", a "fazer todo o necessário para cumprir nosso mandato" de estabilidade de preços na área do euro.

Lagarde afirmou ainda que o Banco é "uma instituição europeia, responsável perante o Parlamento Europeu e sob a jurisdição do Tribunal de Justiça da UE".

Veja também

Bolsonaro lamenta perda do poder de compra dos servidores e promete recuperação 'especial' para PRF
poder de compra

Bolsonaro lamenta perda do poder de compra dos servidores e promete recuperação 'especial' para PRF

Entidades denunciam à SEC, órgão regulador americano, riscos de R$ 18 bilhões na Eletrobras
Prejuízo

Entidades denunciam à SEC, órgão regulador americano, riscos de R$ 18 bilhões na Eletrobras