Bitcoins voltam a crescer na pandemia

Na corretora Ripio, o volume de negociações subiu 135% no Brasil e o número de usuários ativos avançou 50% nos últimos sete dias

BitcoinsBitcoins - Foto: AFP

As negociações com bitcoin, que registraram alta após o início da pandemia do novo coronavírus, tiveram novo impulso com o "halving", que aconteceu na segunda (11). No evento, que ocorre a cada quatro anos aproximadamente, a remuneração para mineradores de bitcoins cai pela metade, e a redução da oferta de novas criptomoedas gera expectativa de valorização.

Leia também:
Bolsonaro veta auxílio para taxistas, mas libera para mães adolescentes
Divergências entre governos prejudica combate à pandemia, diz OMS


Na corretora Ripio, o volume de negociações subiu 135% no Brasil e o número de usuários ativos avançou 50% nos últimos sete dias, ante a média das semanas anteriores. No Mercado Bitcoin, o volume de operações semanais saltou de 243 mil no período de 28 de abril a 4 de maio para 375 mil na semana anterior ao halving.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Dólar cai para R$ 5,02 e Bolsa recua 0,9%
Mercado Financeiro

Dólar cai para R$ 5,02 e Bolsa recua 0,9%

Bolsonaro agora diz que caixa-preta do BNDES nunca existiu
BNDES

Bolsonaro agora diz que caixa-preta do BNDES nunca existiu