Algumas habilidades podem ser o diferencial em uma seleção de emprego
Algumas habilidades podem ser o diferencial em uma seleção de empregoFoto: Divulgação

Com a alta competitividade do mercado de trabalho atual, é imprescindível que a atualização técnica do colaborador de uma empresa seja constante, uma vez que isso o favorece e o mantém em disputa para vagas de mais altas importâncias dentro de sua carreira.

Mas, fica a pergunta: o que priorizar ao estudar pensando no cenário atual brasileiro, em que novas ferramentas e métodos surgem quase que diariamente, fornecendo novas possibilidades profissionais? Um dos maiores benefícios da Udemy é justamente apresentar os temas mais em alta, com uma preocupação de manter seu catálogo sempre atualizado.

Pensando nisso, a plataforma de cursos online apresenta abaixo alguns tópicos que se mantiveram em destaque ao longo deste ano, com base nos cursos mais procurados e melhor avaliados:

Hiper-memória e Hiper-aprendizagem

O curso de hiper-aprendizagem tem, como função principal, a ideia de desenvolver a capacidade mental do aluno. O foco é de apresentar formas de estudar, ler, analisar, planejar, prever e memorizar diferentes conteúdos, passando por temas como a mnemônica e Mapa Mental.

Microsoft Excel

É um dos mais conhecidos e mais procurados cursos em toda a plataforma. Atualmente, é essencial que as pessoas - sejam profissionais ou acadêmicos - saibam como montar planilhas e desenvolver as diversas utilidades que o programa oferece, como, por exemplo, as funções aritméticas.

Programação – C e C++

Ainda que essa seja uma vertente de um nicho mais específico, os cursos de programação C e C++ estão crescendo no mercado constantemente. Com esses cursos, é possível aprender como utilizar diferentes tipos de variáveis (Int, Float, Char, Boolean); usar conectivos lógicos (AND, OR, NOT); definir constantes e vetores, entre outros.

Design Gráfico

Com o rápido aumento da tecnologia e a necessidade cada vez maior da utilização de recursos visuais, é essencial que o profissional tenha conhecimento prático em design gráfico e saiba como desenvolver essas áreas, nem que de forma básica. Cursos como esses oferecem aulas de Photoshop, InDesign, Illustrator, Lightroom, além de outros programas fundamentais na montagem de um novo design.

Fotografia

Ainda no mercado de imagens, antes de saber como editar, colorir e arrumar uma imagem, é importante saber como tirá-la. Seja fotografia de paisagem, de pessoas, fotojornalismo, fotografia de marketing, o profissional atual deve saber como o seu mercado de atuação funciona em relação às imagens e aos produtos visuais existentes dentro daquele contexto.

Fast MBA

Uma das maneiras de entrar no mercado atualmente é com a criação da sua própria empresa. Para isso, é necessário que o criador do negócio pense como um verdadeiro empreendedor e CEO. Cursos como este ensinam todos os passos para que um iniciante se torne em um grande executivo.

HTML

Existem diversas maneiras de se montar uma página na internet, mas há uma no mercado que cresce cada vez mais, já que tem um conceito programático e científico maior, além de possibilitar a criação com seu próprio estilo: criar sites do início através do HTML.

Produtividade

Por conta da velocidade atual da troca de informações, o ser humano acaba por se perder dentro das tarefas do dia a dia facilmente. Procrastinar se tornou algo comum entre os profissionais, fato que preocupa o crescimento individual e de negócios. Esse curso ajuda a desenvolver maneiras de focar e de planejar sua agenda para que consiga, dentro de 24 horas, realizar as tarefas do trabalho e ter sua vida social.

Desenvolvimento Web

Criar sites do início, participando de todas as etapas. É o desenvolvimento de construção para testes de softwares para a web, com o intuito de colocar uma empresa ou um negócio em destaque no mundo online. A ideia, em geral, é de unir eficiência e aparência na internet e alavancar o nome da companhia.

Soft Skills: Inteligência Emocional

As soft skills estão em alta no mercado. Essas, por sua vez, tratam o lado mais subjetivo e psicológico do negócio, como gestão de conflitos, produtividade pessoal, entre outros. Com esses fatores mentais estáveis no cotidiano, fica mais fácil de se desenvolver e crescer na carreira.

Sobre a Udemy:

Com a missão de melhorar vidas através da aprendizagem, a Udemy é o destino para aprendizado online que ajuda estudantes, empresas e governos a adquirir as habilidades necessárias para competir na economia atual. Mais de 40 milhões de estudantes estão dominando novas habilidades por meio de 50.000 instrutores especializados, ensinando mais de 130.000 cursos online em assuntos que vão desde Javascript e Ciência de Dados até Photoshop e Python. A Udemy é uma empresa privada e está sediada em San Francisco, Califórnia, com escritórios em Denver, Brasil, Índia, Irlanda e Turquia.

Além disso, a Udemy está presente em português nos seguintes canais:

Facebook: @UdemyBrasil
Twitter: @Udemy_Brasil

José Humberto Cavalcanti - presidente da Escola do Legislativo da Alepe
José Humberto Cavalcanti - presidente da Escola do Legislativo da AlepeFoto: Divulgação

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) fecha parceria com a Universidade Católica (Unicap), nesta quarta-feira (13), para promoção de estágios de vivência no ambiente legislativo a alunos do curso de Direito. A assinatura do termo de cooperação técnica acontece às 14 horas no Plenário da Alepe. Entre outros pontos, o documento especifica que as duas partes envolvidas irão se dividir no acompanhamento pedagógico e na capacitação dos estudantes.
  
O estágio terá duração de 20 horas para cada grupo. Ao longo do primeiro ano de atividades, cerca de 330 universitários serão beneficiados com a iniciativa. Os estudantes acompanharão de perto as atividades desenvolvidas na Casa Joaquim Nabuco, em especial nas comissões parlamentares e reuniões plenárias.

A ação será direcionada aos alunos do primeiro período do curso de Direito e funcionará como uma extensão da disciplina Teoria Política e do Estado, ministrada pelo professor Manoel Moraes.

“As visitas à Assembleia Legislativa já faziam parte da dinâmica dos meus alunos há cerca de dois anos. Com este projeto, poderemos ampliar essa experiência prática”, informou o professor.

Segundo Moraes, o estágio permitirá aos estudantes conhecer a estrutura da Assembleia, acompanhar audiências públicas das comissões, entrevistar deputados e desenvolver uma série de outras atividades. “Ao propiciar esta vivência, estaremos atuando diretamente na defesa do estado democrático de direito”, destacou Moraes.

O superintendente da Escola do Legislativo, José Humberto Cavalcanti, informou que “esta é uma experiência inédita de integração entre a universidade e o Poder Legislativo”. “É muito importante que haja essa transferência de conhecimento do processo legislativo de forma mais profunda”, acrescentou.

Cemitério Morada da Paz
Cemitério Morada da PazFoto: Divulgação

O Panorama de Treinamento no Brasil, divulgado neste ano, mostra que em 2018 empresas brasileiras investiram R$ 2,21 milhões em capacitações de colaboradores. O estudo revela que 49% dessas formações foram dedicadas à atividade-fim das empresas. Outros 23% focaram no comercial e 28% no administrativo. Um exemplo local que tem focado na capacitação dos colaboradores dentro da sua área de atuação é o Grupo Vila, que reúne marcas do segmento funerário.

Dentro da visão de atuação, o Grupo realiza capacitação sobre luto para que seus representantes saibam lidar com os clientes, que em sua maioria são pessoas enlutadas. “Antes, cargos como cerimonialistas e agentes funerários eram o foco do treinamento, mas sentimos a necessidade de ampliar o público e capacitar também para as lideranças, para que, assim, o conhecimento seja multiplicado e os funcionários do Grupo se sintam profissionais do luto”, conta Mariana Simonetti, psicóloga do Luto do Grupo Vila.

A abrangência da capacitação está em conformidade com uma das principais missões do Grupo, como conta o diretor Ibsen Vila. “O futuro da nossa atuação é buscar entender esse cliente enlutado e começamos com uma mudança de pensamento quando notamos que todos na empresa somos profissionais do luto, seja qual cargo for. Existe um terreno muito grande a crescer e estamos nessa missão, que está só começando", destaca.

Para o gerente de Recursos Humanos, Eudes Rocha, que foi um dos participantes da capacitação, o momento é um marco para a empresa. “O programa de capacitação em Psicologia do Luto pode ser considerado um divisor de águas na história da nossa empresa. O que nós já fazíamos muito bem, agora podemos fazer em um nível total de excelência. O programa possibilitou a todos os colaboradores entender o que é o processo de luto e, assim, compreender melhor a visão e os sentimentos do enlutado. Isso é fundamental para podermos servir melhor aos nossos clientes”, diz.

De acordo com a supervisora do Cemitério e Crematório Morada da Paz, em Paulista, Paulyana Beltrão, a ideia de se tornar um profissional do luto foi muito bem aceita por todos os colaboradores da unidade. “Eles perceberam que o fato de se especializarem na área do luto é primordial para desenvolverem suas atividades na empresa e na vida pessoal”, ressalta ela. “Entender o processo do luto e seu significado ajudou cada colaborador a ser um facilitador para a família enlutada durante o processo. Hoje o olhar de todos os profissionais do luto do Morada da Paz é de profundo respeito, pois conhecemos as reações que o enlutado pode apresentar durante o processo. Entendemos que quando validamos o luto de alguém estamos ajudando o enlutado a se sentir acolhido e amparado”, frisa a supervisora.

Teclado de computador
Teclado de computadorFoto: Reprodução

A Alura, plataforma para os experts em tecnologia como programadores, designers e outros profissionais, realizou um levantamento que apontou os cursos mais procurados pelos profissionais do setor. Entre os mais buscados, a pesquisa constatou que 3 do top 5 são relacionados às tecnologias de construção das páginas web, o que chamamos de Front-end: HTML, CSS e JavaScript. Angular JS. Ainda figuram neste segmento os cursos de jQuery, que também estão relacionados com as páginas web.

Na lista, aparecem ainda 3 linguagens que são utilizadas comumente para desenvolver a parte de trás dos web sites, o chamado back-end: Java da Oracle, o C# da Microsoft e o PHP. De acordo com Paulo Silveira, são três linguagens extremamente populares e que possuem muitas vagas de emprego. “Todas as grandes empresas de tecnologia costumam contar com esse tipo de profissional”, afirma o CEO da Alura.Para Silveira, esses temas de cursos refletem a realidade do mercado de vagas em TI atualmente no Brasil.

Outros dois cursos, de Linux e MySQL, mostram que a busca por conhecimento de infraestrutura continua em alta. O primeiro é um sistema operacional e o segundo é um dos bancos de dados mais populares do mundo, comumente usado, por exemplo, com o Wordpress. “Logo abaixo dos top 10 temos os cursos de mobile, como Android, iOS, Cordova e Ionic.

Silveira ainda diz que existe uma grande busca pelo curso de lógica de programação. “É um dos primeiro passos para alguém entrar no mundo do desenvolvimento de software. É preciso aprender raciocinar e traduzir esse pensamento em procedimentos e algoritmos, para que você possa comandar o computador e programá-lo, independente da linguagem de programação”, completa.



Confira a lista dos cursos mais buscados:

HTML5 e CSS3 I: Suas primeiras páginas da Web

JavaScript: Programando na linguagem da web

Java I: Primeiros passos

Lógica de Programação

jQuery I: Introdução à biblioteca campeã de JavaScript

C# I: Fundamentos da linguagem

MySQL I: Iniciando suas consultas

Linux I: Conhecendo e utilizando o terminal

AngularJS: crie webapps poderosas

PHP e MySQL I: Fundamentos para criar um sistema na Web


A missão da Alura é atingir os profissionais de TI, que atualmente já são mais de 1,7 milhão no país, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). “O especialista de TI é todo profissional que respira tecnologia, seja ele programador, marketing digital, responsável por redes, banco de dados, entre outros. A Alura tem como principal propósito ajudar estas pessoas a se desenvolverem profissionalmente e, em especial, resolver suas dúvidas e problemas técnicos. Para isso, oferecemos cursos de alta qualidade em um ambiente diferenciado do já manjado ensino à distância”, finaliza Silveira.

Sobre a Alura

A Alura é a principal instituição de ensino de tecnologia do país, oferecendo mais de 250 cursos em todas as áreas tecnológicas, como programação de sistemas, front-end, desenvolvimento mobile, infraestrutura e design, além de outros voltados a empreendedorismo, como marketing digital, startups e business. Ao todo, são mais de 1.600 aulas e quase 8 mil exercícios disponíveis aos seus alunos. Um curso costuma ter 2 horas de vídeo aulas com 20 exercícios no total. A mediana do tempo de conclusão de um curso é de 2 semanas, ou 20 horas de estudo corrido.






Carteira de Trabalho
Carteira de TrabalhoFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A Secretaria do Emprego, Trabalho e Qualificação divulgou o quadro de vagas das Agências Estaduais do Trabalho para a próxima quarta-feira, 13 de novembro de 2019. Há oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais. Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq. Telefone da Agência da Boa Vista: 3183.7065.

Confira o quadro de vagas:


Mercado de Trabalho
Mercado de TrabalhoFoto: Pixabay

O Cesar, sediado em Recife, está com mais de 100 vagas abertas em tecnologia. Os candidatos, contudo, não precisam morar na capital pernambucana, pois o trabalho envolve jornada flexível e homeoffice, além de outros benefícios.

A empresa busca desenvolvedores de sistemas em todos os níveis para os cargos como engenharia de testes, de software e UX designer. Os candidatos devem possuir graduação superior em Ciência da Computação, Engenharia da computação, Sistemas de Informação e áreas afins.

Entre os principais benefícios oferecidos pelo CESAR destacam-se seguro de vida, modalidades esportivas in company, incentivo a idiomas, plano de saúde, odontológico, vale alimentação e auxílio creche. O salário é compatível com o mercado e varia de acordo com o nível e o cargo a ser ocupado.

“O CESAR, há mais de 20 anos, usa design e tecnologia para transformar as vidas de pessoas e organizações. Resolvemos problemas complexos e desafiadores, em um ambiente de trabalho descontraído, descentralizado e repleto de benefícios para nossos colaboradores”, afirma Andrea Queiroz, gerente de Gente e Gestão.

Os profissionais terão acesso fácil a cursos inovadores e em linha com as novas demandas do mercado de tecnologia, por meio da CESAR School, instituição de ensino administrada pelo CESAR. “As oportunidades de aprendizado dentro da empresa e também na nossa escola de inovação são imensas para quem busca crescimento e desenvolvimento profissional de forma contínua”, complementa Andrea.

As inscrições poderão ser feitas por este link: https://vagas.cesar.org.br/

Na contramão do mercado

Dados da OCDE apontam que o Brasil é um dos países que menos forma profissionais na área de tecnologia, engenharia e matemática. Apenas 17% das matrículas nas universidades brasileiras são em cursos do segmento – o que coloca o país atrás até de outras economias em desenvolvimento, como China (40%) e Índia (35%).

Na contramão, somos um dos países que mais consomem tecnologia. Dois em cada três brasileiros têm acesso à Internet, mais do que a média mundial. Além disso, gastamos mais tempo na internet até do que os americanos (9,1 horas contra 6,3 horas, respectivamente).

O mercado de TI, que corresponde a 7% do PIB, demandará 420 mil novos empregos entre 2018 e 2024, segundo relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). A falta de profissionais formados na área, contudo, dificulta o preenchimento das vagas. Em um país com mais de 13 milhões de desempregados, sobram postos em TI em aberto.

Carteira de trabalho
Carteira de trabalhoFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A Secretaria do Emprego, Trabalho e Qualificação divulgou o quadro de vagas das Agências Estaduais do Trabalho para a próxima terça-feira, 12 de novembro de 2019. Há oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais. Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq. Telefone da Agência da Boa Vista: 3183.7065.

Confira o quadro de vagas:

Fábrica da Gerdau na BR-232, no Recife
Fábrica da Gerdau na BR-232, no RecifeFoto: Reprodução/Internet

São Paulo, 11 de novembro de 2019 - Estão abertas, até 22 de novembro, as inscrições para o G.Start, programa de estágios da Gerdau. A empresa dispõe de 140 vagas em unidades de 9 estados do Brasil (Pernambuco, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás). As inscrições podem ser feitas pelo site https://recrutamento.ciadeestagios.com.br/gerdau/.

Podem se candidatar estudantes com formação prevista para dezembro de 2021, em cursos como Direito, Engenharia, Administração, Ciências da Computação, Comunicação, Economia, Geologia, Sistema de Informação, Ciências Contábeis, Psicologia, Recursos Humanos, entre outros. A proposta do programa é formar novos profissionais capazes de solucionar, de forma ágil e simples, os desafios do mercado.
Os selecionados passarão por um Programa de Desenvolvimento: uma trilha de aprendizagem pensada para prepará-los para a entrega de um projeto-desafio desenvolvido com o apoio de um tutor.

“Buscamos estudantes que querem acelerar seu desenvolvimento e têm vontade de pôr a mão na massa para aperfeiçoar os conhecimentos adquiridos na universidade. Empoderamos nossos estagiários com autonomia, abertura para expor ideias e espaço para realização de projetos, de acordo com a área de atuação”, explica Caroline Carpenedo, líder de Pessoas da Gerdau.

Os estagiários vão conhecer a cultura e o propósito da companhia de “empoderar pessoas que constroem o futuro”, bem como aprenderão sobre o negócio, metodologias ágeis e outras temáticas como, inovação, digital e mindset maker.

Após a inscrição on-line, o processo seletivo é composto pelas seguintes etapas: questionário e game; entrevista por telefone; painel de negócios e entrevista com gestor. A admissão e o início do estágio estão previstos para fevereiro de 2020.

Sobre a Gerdau

Com 118 anos de história, a Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo.

No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio.

Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 10 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material.

Todo ano, são 13 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Centro Universitário Estácio do Recife
Centro Universitário Estácio do RecifeFoto: Divulgação

O Centro Universitário Estácio do Recife acaba de lançar novo curso na unidade da Abdias de Carvalho. A graduação em Odontologia já está com vagas abertas para alunos que queiram iniciar a faculdade no primeiro semestre de 2020. Com o diferencial de ter duração de apenas 4 anos, a Estácio amplia desta forma a oferta de cursos, passando a casa dos 35, e se mantém tradicionalmente como um Centro Universitário com destaque na área de saúde.

“Começamos há 21 anos como pioneiros no curso de fisioterapia aqui no Recife e hoje estamos coroando com odontologia, um curso que irá formar novos dentistas e também, prestar mais um serviço de saúde à comunidade vizinha”, comemora a reitora da unidade, Fernanda Bittencourt, afirmando desta forma, que o curso de odontologia da Estácio do Recife, terá, nos próximos anos uma clínica escola à disposição da população, assim como já são as clínicas de psicologia e saúde integrada (fisioterapia e nutrição), entre outras disponíveis na faculdade. Mais informação sobre o curso de Odontologia, estão disponíveis no site da instituição: www.estacio.com.br

Pesquisa da Revista Nature aponta que fracassos no início da carreira podem contribuir com a realização profissional. Descubra como usar os revezes a seu favor
Pesquisa da Revista Nature aponta que fracassos no início da carreira podem contribuir com a realização profissional. Descubra como usar os revezes a seu favorFoto: Arte FolhaPE

Só de pronunciar a palavra fracasso, inconscientemente, a relacionamos com sentimentos de derrota ou tristeza. Isso acontece porque a cultura ocidental, acentuada pelo capitalismo, ao supervalorizar o sucesso por meio da competição e da concorrência, acaba jogando para baixo do tapete um elemento essencial para o crescimento pessoal e profissional: o erro. Nas redes sociais, por exemplo, defeitos raramente exaltados. A Folha de Pernambuco se aprofundou no tema para ajudar a entender as falhas como parte importante em uma carreira bem sucedida.



Os contratempos fazem parte de qualquer profissão, mas seus efeitos a longo prazo ainda são pouco pesquisados. Artigo recente publicado na Revista Nature tomou por base candidatos às bolsas científicas do National Institutes of Health, nos Estados Unidos. Dos dois grupos pesquisados, um declarou ter sofrido fracassos no início da carreira e o outro não. O estudo revelou que aqueles candidatos que citaram o revés no começo da vida profissional tiveram melhor desempenho, ou seja, o fracasso, se bem administrado, tem um poderoso efeito oposto naqueles que perseveraram. Nos primeiros cinco anos, 13,3% dos artigos publicados pelo primeiro grupo acabaram sendo um artigo de sucesso, mais do que o dobro dos 5% do segundo grupo que conseguiu publicar artigos de grande notoriedade.

Essa vantagem de desempenho parece ir além de um simples mecanismo de triagem científica. Exemplos para reforçar a tese não faltam, inclusive de personalidades conhecidas. JK Rowling e Steve Jobs, por exemplo, já deram depoimentos sobre seus primeiros fracassos e a importância deles para o desenvolvimento profissional. Antes de ser um dos maiores nomes da tecnologia, aos 30 anos, Steve Jobs foi demitido da Apple, da Apple, empresa que ajudou a fundar. “Aconteceu que ser demitido da Apple foi a melhor coisa que já poderia ter acontecido comigo. O peso de ser bem-sucedido foi substituído pela leveza de ser iniciante novamente, menos seguro de tudo. Isso me libertou para entrar em um dos períodos mais criativos da minha vida”, declarou Jobs em uma de suas palestras.

info

Crédito: Arte FolhaPE


Para aprender com os erros e dificuldades, a palavra de ordem é resiliência. A psicóloga Rafaela Sampaio destaca a importância de não desistir diante dos primeiros revezes. “É preciso ter autoconhecimento e ser mais resiliente. Quanto mais você tenta, quanto mais você se expõe e faz, maior a chance de errar, mas também aumenta a possibilidade de acertar e aprender”, lembra. “Qualquer profissão, o executivo, o esportista, o artista, o músico, passa por uma longa caminhada e tem vários momentos desafiadores em que pensa em desistir. Mas para você aprender a andar de bicicleta, você tem que cair várias vezes”, explica.

Cair e levantar é o ofício de qualquer judoca, e mais ainda quando falamos do mais graduado mestre de Judô do norte nordeste, com a rara faixa vermelha e 9º Dam. Tadao Nagai, 84 anos, que apesar do reconhecimento que conquistou, o início de sua trajetória no judô não foi nada fácil. Quando tinha 11 anos, pensou em desistir devido ao alto nível de exigência e disciplina que lhe era imposta pelo seu mestre, o professor Ryuzo Ogawa. 

Antes de cada treino, os alunos precisavam lavar o chão e limpar o banheiro e cuidar da manutenção do espaço onde ele também residia, no bairro da Liberdade, em São Paulo. Por já ter trabalhado na roça e conhecer de perto o trabalho pesado, Nagai conseguia se destacar entre os alunos. E por insistência do pai e do seu mestre, deixou de lado a ideia de abandonar o judô e se tornou um dos mais importantes nomes da modalidade no País. 

Aos 15 anos, foi o mais jovem judoca a conquistar a faixa preta. Ao longo da vida coleciona títulos importantes como o de campeão paulista e três vezes campeão brasileiro, duas como atleta e um como treinador. Além disso, aos 30 anos, classificou-se para a primeira participação do Brasil em Olimpíadas, em 1964, em Tóquio da qual só não participou pois o governo brasileiro cortou parte da delegação por conta dos custos. “Judô não é apenas vencer, é saber levar. Saber cair e levantar. A pessoa perde mais quanto mais perde tem incentivo e vontade de vencer. Perder não é feito, feio é ganhar feio. Mesmo na derrota é preciso ter força de vontade”, diz Nagai.

 Saber cair e levantar. A pessoa perde mais quanto mais perde tem incentivo e vontade de vencer. Perder não é feito, feio é ganhar feio

Saber cair e levantar. A pessoa perde mais quanto mais perde tem incentivo e vontade de vencer. Perder não é feito, feio é ganhar feio", ensina mestre de Judô Tadao Nagai. - Crédito: Ed Machado / Folha de Pernambuco


 

O compositor e cantor Igor de Carvalho hoje trilha uma promissora carreira nacional, com parcerias com artistas como Zélia Duncan e o português Manel Cruz, que participam do seu segundo disco “Cabeça Coração”, lançado em janeiro deste ano em um Teatro de Santa Isabel lotado. Mas para chegar nesse ponto, Igor acumulou tentativas, dificuldades e muitos shows vazios. Ele conta que quando resolveu se aperfeiçoar como cantor e violonista além dos próprios amigos, até em casa encontrou resistência. “Eu comecei a receber muitas críticas, principalmente dos amigos. Lembro da minha mãe e do meu irmão fechando a porta quando eu ensaiava. Para chamar a atenção dos amigos, no começo tive que inventar que uma música minha era de Lenine para só depois do elogio revelar que era minha”, brinca. 

“A gente tomba muito, principalmente nesse mercado da música. Nunca houve um momento estável ou tranquilo para se fazer arte no país. Várias vezes somos passados para trás por produtores, por outros artistas. Muitas vezes tocar para pouquíssimas pessoas e elas se levantares no meio do show”, lembra Igor, que revela como encarou esses desafios. “Acho que a repetição lhe traz o trunfo. É importante persistir pois é aí onde a gente encontra nossas dificuldades, se testa e descobre onde pode melhorar, encontrar nossos dons e facilidades para chegar ao grande público. Mas não adianta só repetir, é preciso prestar atenção e estar consciente da sua arte, da sua profissão, da sua história”, sugere. 

"Acho que a repetição lhe traz o trunfo. É importante persistir pois é aí onde a gente encontra nossas dificuldades, se testa e descobre onde pode melhorar", diz o músico Igor de Carvalho. - Crédito: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

A psicóloga Rafaela Sampaio destaca a importância de não desistir diante dos primeiros revezes

A psicóloga Rafaela Sampaio destaca a importância de não desistir diante dos primeiros revezes - Crédito: Alfeu Tavares / FolhaPE


 













comece o dia bem informado: