Foram encontrados 23 resultados para "Dezembro 2019":

Agendão de concursos e seleções
Agendão de concursos e seleçõesFoto: Lehi Henri / Arte FolhaPE

Pernambuco
Sesau Recife - Secretaria de Saúde do Recife
Vagas: 695 vagas
Remuneração: De R$ 833,60 até R$ 13.585,50
Nível: Médio, técnico e superior
Prazo: Até o dia 13 de janeiro
Valor da inscrição: De R$ 50,00 até R$ 100,00
Inscrições: As inscrições podem ser feitas pelo site www.institutoaocp.org.br
___________________________________________________
Prefeitura de Goiana
Vagas: 41 (procurador, guarda municipal e diversas áreas)
Remuneração: R$ 998,00 a R$ 5.988,00
Prazo: até o dia 29 de dezembro.
Nível: fundamental, médio e superior
Taxa: R$ 65 a R$ 95,00
Inscrições:
Procurador Municipal:
Guarda Municipal:
Outras áreas:
___________________________________________________
Prefeitura de São Bento do Una
Vagas: 165 vagas temporárias de professor, com formação de cadastro reserva
Remuneração:R$ 11,50 por hora/aula
Nível: Médio e superior
Prazo: Até o dia 16 de dezembro
Valor da inscrição: Inscrição gratuita
Inscrições: A inscrição pode ser feita pelo envio dos documentos para o e-mail: [email protected]
___________________________________________________
Prefeitura de Timbaúba
Vagas: 685 vagas
Remuneração: De R$ 998 a R$ 8.800
Nível: Fundamental, médio e superior
Prazo: Até o dia 17 de janeiro
Valor da inscrição:R$ 32 (nível fundamental);R$ 40 (médio);R$ 60 (superior)
Inscrições: As inscrições podem ser feitas pelo pelo site www.institutodarwin.org
__________________________________________________
Prefeitura de Toritama
Vagas: 166 (professor, agente de trânsito, agente comunitário, guarda municipal)
Remuneração: R$ 1030,00 a R$ 2557,74
Nível: médio e superior
Prazo: até 27 de dezembro
Valor da inscrição: R$ 125,00 (médio) e R$ 130,00 (superior)
Inscrições: presenciais, na rua Dorival José Pereira, 1370, Parque das Feiras.
___________________________________________________
Norte/ Nordeste
Prefeitura de Sapé-PB
Vagas: 218 vagas
Remuneração: De R$ 998 até R$ 2.853,47
Nível: Fundamental, médio, técnico e superior
Prazo: Até o dia 19 de janeiro
Valor: R$ 65 (nível fundamental);R$ 85 (médio);R$ 105 (superior)
Inscrições: Inscrições podem ser efetuadas pelo site www.cpcon.uepb.edu.br
___________________________________________________
Tribunal Regional Eleitorial do Pará
Vagas: 02 (técnico judiciário - área administrativa), 01 (analista da área judiciária
Remuneração: R$8.501,45 (técnico) e R$13.365,38 (analista)
Nível: médio e superior
Prazo: até 17 de dezembro
___________________________________________________
Polícia Militar da Bahia
Vagas: 17 (médico e odontólogo)
Remuneração: R$ 7.164,19 a R$ 7.164,19
Nível: superior
Prazo: até 20 de dezembro
Fique atento(a)! Editais autorizados na Câmara de Aracaju e de Teresina.
___________________________________________________
Prefeitura de Gurinhém - PB
Vagas: 119 vagas
Remuneração: De R$ 998 até R$ 5.000,00
Nível: Fundamental, médio e superior
Prazo: Até o dia 18 de dezembro
Valor da inscrição: R$ 65 (ensino fundamental); R$ 85 (níveis médio e técnico); R$ 105 (formação superior)
Inscrições: As inscrições podem ser feitas pelo site www.cpcon.uepb.edu.br/
___________________________________________________
Prefeitura de Aquiraz (CE)
Vagas: 320 (advogado, educador e orientador)
Remuneração: R$ 1.010,00 a R$ 2.256,00
Nível: fundamental, médio e superior
Prazo: até 24 de dezembro
Valor: R$ 62,00 a R$ 88,00
___________________________________________________
Prefeitura São Gonçalo do Amarante-RN
Vagas: 583 vagas
Remuneração: De R$ 998,00 Até R$ 3002,03
Nível: Fundamental, médio, técnico e superior
Prazo: Até o dia 6 de janeiro
Valor da inscrição: De R$ 45,00 até R$ 70,00
Inscrições: As inscrições podem ser realizadas pelo site www.ibfc.org.br
___________________________________________________
Prefeitura de Cristinápolis (SE)
Vagas: 220 (professor, guarda municipal e motorista)
Remuneração: R$ 980,00 a R$ 5.000,00
Nível: fundamental, médio, técnico e superior
Prazo: Até 29 de dezembro
Valor: R$ 50,00 a R$ 100,00
_________________________________________________
Outras regiões
Ministério Público do Trabalho
Com chances na Paraíba, Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal, o concurso MPT (Ministério Público do Trabalho) abriu inscrições.
Vagas: 04 (procurador do trabalho)
Remuneração: R$ 28.947,55
Prazo: até 26 de dezembro
Valor: R$ 220,00
__________________________________________________
Secretaria de Estado de Economia (DF) Vagas: 40 (auditor fiscal)
Remuneração: até R$ 14.970,00
Nível: superior
Prazo: até 19 de dezembro
Valor: R$ 55,00.
__________________________________________________

Prefeitura de Vila Velha-ES
Vagas: 1.423 (saúde, educação, administrativo, além do Instituto de Previdência de Vila Velha)
Remuneração: entre R$ 998 e R$ 4.762,82
Nível: médio e superior
Prazo: até 19 de janeiro
Valor: R$ 30 (nível médio);
R$ 40 (superior)
Inscrições:www.ibade.org.br
__________________________________________________
concursos previstos:
Vários órgãos já solicitaram abertura de concurso ao Governo Federal e aguardam aprovação, entre eles:
- Reciprev
- Polícia Federal
- Polícia Rodoviária Federal
- INSS
- Banco Central
- Banco do Brasil
- Caixa Econômica Federal
- Conselho Nacional do MP
- Defensoria Pública da União
-Marinha do Brasil

meritocracia
meritocraciaFoto: Divulgação

O conceito de meritocracia é muito amplo e interessante, onde a principal ideia é encontrar os resultados estabelecidos por superiores, e, posteriormente ser avaliado e julgado de forma lúcida e lícita. Na Grécia Antiga, o termo meritocracia fazia uma correlação direta entre mérito e poder. Na etimologia, a palavra traz do latim ‘mereo’, o significado do ‘ser digno’, de merecer; assim como apresenta do grego antigo o sufixo ‘krátos’, de força, poder.

A meritocracia pode ser aplicada na vida pessoal ou profissional. Alguns empresários utilizam este conceito dentro das suas organizações e definem algumas diretrizes administrativas direcionadas aos seus funcionários como: promoções de função, bônus salarial, folgas e até mesmo férias. As pessoas que ocupam os cargos de chefia, em tese, podem medir e identificar os méritos de seus funcionários pelo desenvolvimento das suas respectivas capacidades de gerar resultados às empresas através de seus esforços, talentos e o produto final do seu trabalho.



Cada empresa tenta administrar e criar um modelo de gestão para que funcionários se encaixem nas suas exigências. De acordo com conceitos da meritocracia, cada empresa internamente deveria ter uma definição mais objetiva e verticalizada. Porém, uma das preocupações gerenciais é não tornar um ambiente de trabalho saudável em palco de disputas interpessoais desgastantes.

O coach e palestrante corporativo Allan Zeek disse que alguns pontos podem fazer a diferença para uma empresa funcionar dentro da meritocracia. “É sempre importante lembrar que nós somos resultados daquilo que fizemos. Daquilo que demonstramos que fazemos, e, de fato, como as pessoas conseguem nos perceber”, argumentou.

Segundo o coach, não existe fórmula mágica para um funcionário ser reconhecido dentro de uma empresa, mas há características que podem o auxiliar a se integrar às propostas de postura de trabalho exigidas pela compania. “É importante saber diferenciar as pessoas que entregam bons resultados, e avaliá-las de forma positiva, e as pessoas que não entregam resultados e na verdade fingem que estão entregando. Mesmo sendo difícil e complexo e ainda desafiador, o trabalho da meritocracia é essencial para que os funcionários de uma empresa se mantenham motivados e cresçam junto à empresa, sempre somando positivamente”, avaliou Zeek.

Para ele, o ponto de partida é ter um ambiente de trabalho semelhante e justo para todos os funcionários. “É perceber se a empresa entrega as mesmas ferramentas a todos, para que assim, evoluam sempre respeitando as diferenças e a partir disso entregando os melhores resultados”, completa Zeek, ressaltando que, o talento se baseia em mostrar suas habilidades naturais. “Conseguimos alinhar os ‘dons’ com as atividades que fazemos”, alertou.

infográfico

infográfico - Crédito: Divulgação


É preciso dedicar a energia com inteligência. “Quando combinamos o talento com esforço podemos chegar a nossa excelência sobre nossas atividades. O talento sem esforço é potencial desperdiçado”, relata Allan Zeek. É essencial criar boas relações profissionais, além de saber vender e mostrar os resultados com moderação. “A ideia é que, de fato você consiga mostrar resultados de ontem, e os resultado de hoje. Não de uma forma vulgar, mas sim mostrando qual seu valor dentro daquela empresa”, complementa Zeek. Um funcionário proativo e comprometido demonstra responsabilidade e envolvimento corporativo. “É você ter iniciativa e ‘acabativa’”, evidencia o palestrante.



"É você ter iniciativa e 'acabativa'", diz Alan Zeek, coach de carreiras - Crédito: Alfeu Tavares / FolhaPE

Marinha do Brasil
Marinha do BrasilFoto: Reprodução/Internet

O Comando do 3o Distrito Naval (Com3oDN) está com inscrições abertas até domingo (15) para o Processo Seletivo do Serviço Militar Voluntário (SMV) para Praças Temporárias. Estão disponíveis 78 vagas, distribuídas nos cinco estados que pertencem à área de jurisdição do Com3oDN: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Ceará e Alagoas. A taxa de inscrição é de R$ 46.

Todas as vagas destinam-se a brasileiros natos ou naturalizados que possuam nível
fundamental e Curso de Formação Inicial e Continuada (C-FIC), ou médio técnico. O processo seletivo é para ambos os sexos e maiores de 18 anos, visando suprir vagas nas seguintes áreas profissionais: Enfermagem; Higiene Dental; Radiologia Médica; Prótese Dentária; Patologia Clínica; Nutrição e Dietética; Eletrônica; Telecomunicações; Edificações; Estruturas Navais; Motorista de Viaturas Administrativas e Barbeiro.

Os rendimentos brutos para o nível fundamental chegam a R$ 2.320,00 e para o nível médio técnico a R$ 3.388,83, já contando com adicionais militar e de habilitação. O vínculo desses militares com a Marinha tem duração de um ano, podendo ser renovado até oito anos. Neste processo seletivo, o militar temporário, que compõe a Reserva de 2a Classe da Marinha, mais conhecido como RM2, não tem a possibilidade de adquirir estabilidade.

Após as inscrições e a respectiva comprovação do pagamento da taxa, será realizada a Prova Objetiva (PO) com 50 questões, divididas em 25 de Língua Portuguesa e 25 de Conhecimentos Específicos da Carreira Militar Naval. Caso sejam aprovados, os candidatos serão submetidos às etapas complementares: Verificação de Dados Biográficos (VDB), Verificação Documental (VD), Inspeção de Saúde (IS), Teste de Aptidão Física (TAF) - (natação e corrida) e Prova de Títulos (PT).

Os candidatos aprovados no Processo Seletivo serão convocados para cumprir a Instrução Militar-Naval e o Estágio de Qualificação de Prática Militar-Naval. Ao longo destas duas etapas, também serão avaliados mediante aplicação de testes estabelecidos em currículo disciplinar e técnico profissional.

O Aviso de Convocação e mais informações sobre o processo seletivo podem ser acessados em https://www.marinha.mil.br/com3dn/smv-med-resumo. As áreas ofertadas na área de jurisdição do Com3oDN estão distribuídas nas cidades de:

Natal-RN: Enfermagem (19), Radiologia Médica (6), Nutrição e Dietética (3), Patrologia Clínica (3), Motorista de Viaturas Administrativas (2), Eletrônica (2), Telecomunicações (2), Prótese Dentária (1), Higiene Dental (1), Edificações (1) e Estruturas Navais (1).

Recife-PE: Enfermagem (16), Higiene Dental (5), Radiologia Médica (2), Protese Dentária (1), Patologia Clínica (1) e Nutrição e Dietética (1).

Fortaleza-CE: Enfermagem (4), Higiene Dental (2), Patologia Clínica (1) e Barbeiro (1).

Maceió-AL: Enfermagem (1) e Higiene Dental (1).

João Pessoa-PB: Higiene Dental (1).

[1250] Emprego
[1250] EmpregoFoto: Jose Britto/Folha de Pernambuco

O portal Conecta Oportunidades, da secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Caruaru, está divulgando 300 vagas de emprego em diversas áreas de atuação para empresas instaladas na cidade. No Portal, empresas que precisem de preenchimento do quadro também podem realizar o cadastro e contar com a divulgação diretamente para pessoas que tenham o currículo que combine com a vaga. 

As vagas ofertadas podem ser para emprego, estágio e até jovem aprendiz. Para saber mais sobre as vagas e como preenchê-las, é só acessar o site:  conectaoportunidades.caruaru.pe.gov.br e cadastrar o currículo.

Carteira de trabalho
Carteira de trabalhoFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Confira o quadro de vagas das Agências Estaduais do Trabalho referente a esta quinta-feira (12). As oportunidades foram divulgadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq).

O quadro apresenta as oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais.

Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq.

Leia também:
‘Vagas de emprego’ foi tema mais buscado pelos pernambucanos em 2019


O projeto visa conceder maior autonomia para deficientes PCDs
O projeto visa conceder maior autonomia para deficientes PCDsFoto: Reprodução

A MV está com inscrições abertas para o Introdução a Testes de Software, curso com duração de 20 dias que tem como objetivo qualificar mão de obra para trabalhar no processo de testes de software, na área de tecnologia da informação.

O curso é gratuito e voltado para pessoas com deficiência (PCDs). As inscrições estão abertas através do link https://bit.ly/2E3frC5 e não há pré-requisitos.

As aulas estão previstas para começar no dia 06 de janeiro na sede da empresa, localizada no bairro da Imbiribeira.

De acordo com Luciana Leão, diretora de Gente e Gestão da MV, a área de tecnologia está bem consolidada, mas ainda existe uma carência de mão de obra qualificada. “O curso visa suprir essa demanda, além de também ser uma oportunidade de inserção de PCDs no mercado de trabalho, mais especificamente em empresas de tecnologia em geral”. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pela internet até o dia 13 de dezembro.

Serviço – Curso “Introdução a Testes de Software”
Data: a partir de 06/01
Local: Av. Presidente Dutra, nº 298 – Imbiribeira
Inscrições gratuitas: https://bit.ly/2E3frC5

Alguns cursos de empreendedorismo, por exemplo, ensinam a começar um negócio a partir de uma ideia ou a fazer um plano de negócios, diz especialistas
Alguns cursos de empreendedorismo, por exemplo, ensinam a começar um negócio a partir de uma ideia ou a fazer um plano de negócios, diz especialistasFoto: Divulgação

Por: Sergio Agudo*, diretor de negócios da Udemy para a América Latina

Para acompanhar os desafios do dia a dia, os empreendedores necessitam de foco, disciplina e determinação para vencer. Conhecer processos, saber se planejar a curto, médio e longo prazo e ter conhecimento sobre as diferentes áreas da sua empresa são apenas algumas das habilidades que um empreendedor deve possuir - independentemente do seu setor de atuação.

Outras habilidades, como saber se adaptar às mudanças e ter mentalidade inovadora, ajudam a enfrentar a concorrência - já que há mais de 50 milhões de empreendedores no Brasil, de acordo com a pesquisa GEM 2018. Já outras ajudam a liderar e se relacionar melhor com os funcionários. Por isso, para trilhar o caminho do sucesso, os empreendedores precisam estudar constantemente e sempre buscar novas habilidades (e encontrar oportunidades de colocá-las em prática).

Plataformas de cursos online são uma solução eficiente para a capacitação dos empreendedores. A Udemy é um exemplo: ela tem, entre os seus mais de 130.000 cursos online, aulas de empreendedorismo, produtividade, liderança, motivação, marketing, e-commerce, desenvolvimento web, finanças, vendas, recursos humanos… Tudo o que um empreendedor precisa saber, dos conhecimentos mais específicos às soft skills.

Alguns cursos de empreendedorismo, por exemplo, ensinam a começar um negócio a partir de uma ideia ou a fazer um plano de negócios. Outros, para empreendedores em estágios mais avançados, ensinam sobre negócios online e fusões e aquisições de empresas, por exemplo.

Além disso, o treinamento online aumenta o desejo de continuar aprendendo. E o empreendedor que aprende constantemente pela Udemy motiva os seus colaboradores e parceiros a fazerem o mesmo. Assim, ele cria e fortalece uma cultura do aprendizado no ambiente da sua empresa - o que ajuda, inclusive, a melhorar os resultados do negócio.



*Sergio Agudo é diretor de negócios da Udemy para a América Latina. A Udemy é o maior marketplace global de ensino, com mais de 130.000 cursos ministrados em mais de 60 idiomas e 50.000 instrutores. Sergio e a sua equipe são responsáveis por trazer uma experiência única para estudantes e instrutores de língua portuguesa. Ele desenvolve o mercado brasileiro na Udemy desde 2015 - primeiro na sede, em San Francisco, e, desde 2018, no escritório em São Paulo. Antes disso, trabalhou na Visa, na American Express e em startups nos Estados Unidos. Ele é formado em Administração de Empresas pela FGV-SP e tem MBA pela americana Thunderbird School of Global Management.

Sobre a Udemy:

Com a missão de melhorar vidas por meio da aprendizagem, a Udemy é o destino para aprendizado online que ajuda estudantes, empresas e governos a adquirirem as habilidades necessárias para competirem na economia atual. Mais de 40 milhões de estudantes estão dominando novas habilidades com a ajuda de instrutores especializados, que ensinam mais de 130.000 cursos online em assuntos que vão desde Javascript e Ciência de Dados até Photoshop e Python. Para as empresas, a Udemy for Business oferece uma plataforma de treinamento e desenvolvimento dos funcionários com acesso a mais de 3.500 cursos, avaliação do aprendizado dos funcionários e a possibilidade de hospedar e distribuir conteúdos das próprias empresas. A Udemy for Government foi desenvolvida para capacitar os trabalhadores e prepará-los para os empregos do futuro. A Udemy é uma empresa privada e está sediada em San Francisco, Califórnia, com escritórios em Denver, Brasil, Índia, Irlanda e Turquia.

Vagas de emprego
Vagas de empregoFoto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Feira da Empregabilidade, evento realizado pela Faculdade Pitágoras no próximo sábado (14), pode ser útil para quem busca oportunidades de emprego na Região Metropolitana do Recife (RMR). O evento tem a participação de empregadores oferecendo cerca de cem oportunidades de trabalho. A feira, que inscrições gratuitas, começa às 9h e vai até as 15h na sede da própria faculdade, localizada no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, na RMR.

Leia também:
‘Vagas de emprego’ foi tema mais buscado pelos pernambucanos em 2019
Pernambuco tem a 3ª maior taxa de desemprego do Brasil
Unimed vai gerar mil novos empregos

O evento também conta com uma palestra com a professora e consultora do Sebrae Michele Sobral, que deve orientar os inscritos sobre como desenvolver um currículo. As inscrições podem ser realizadas através do site do evento. Segundo a organização, os inscritos devem levar cópias impressas do currículo.

“A habilidade que vai garantir o futuro não é apenas executar bem, é gerenciar o improvável”, diz Luciano Salamacha, professor da FGV
“A habilidade que vai garantir o futuro não é apenas executar bem, é gerenciar o improvável”, diz Luciano Salamacha, professor da FGVFoto: Divulgação

Luciano Salamacha, professor de MBA da FGV e da Esic Internacional, foi convidado pela Folha de Pernambuco para falar sobre um tema relevante para qualquer carreira profissional: a tomada de decisão. Além das 10 dicas do professor para desenvolver essa importante habilidade, publicadas na matéria do último final de semana do caderno Concursos & Empregos do caderno Folha Mais, apresentamos aos nossos leitores uma entrevista exclusiva que o professor concedeu ao Blog. 

Leia também:
A arte de decidir


Folha PE - Qual a importância da tomada de decisão para uma carreira profissional?

Luciano Salamacha - Se você pegar a evolução das profissões, via de regra, lá no início da era industrial e do século passado até a metade desse período, as pessoas buscavam profissões ou habilitações técnicas. Então, você tinha que ser ferreiro, carpinteiro, marceneiro ou qualquer coisa assim. A partir das décadas de 60, 70 e 80, começaram a virar as profissões, que passaram a ser fruto de bases de conhecimento estruturado. Então, proliferam as faculdades e universidades. O curso de administração, por exemplo, nasce a partir da década de 60 e começa a estruturar, replicar e habilitar as pessoas a utilizar esse conhecimento.

Depois, o mercado profissional também começou a ser invadido - além dos certificados das formações, que têm sua validade - por algum tipo de 'ondas de valorização'. Na década de 80, da inflação em alta, quem era valorizado? Os executivos financeiros. O que permeia toda essa evolução e continua sendo o mesmo requisito do começo ao fim? A capacidade das pessoas de tomar decisões baseadas nas variáveis que têm à sua frente. A nossa tomada de decisão está presente tanto nas decisões mais triviais que sequer temos consciência, até as mais sofisticadas. Tudo é tomada de decisão e no momento em que você tem um avaliação sobre toda a base profissional das pessoas, o que sobra ao profissional para garantir estar preparado para um cenário que ele não conhece ainda é ele se sentir confortável e habilitado para a tomada de decisão. Esse é o processo mais importante hoje para que o profissional continue sendo válido e tendo empregabilidade e destaque no mercado.

FolhaPE - Quais as principais barreiras para uma boa tomada de decisão?

LS - Basicamente, há influências ambientais, psicológicas, emocionais e a grande sacada da tomada de decisão que pouca gente percebe é o quanto se é capaz de fazer o autodiagnóstico numa percepção sobre como está a sua vida. A gente tem exemplos interessantíssimos sobre como em uma mesma decisão, com as mesmas variáveis, apenas influenciadas por um estado de espírito diferente, podem ser completamente diversas. O que a gente precisa entender é que a decisão se constrói de dentro para fora e não de fora para dentro. Os estímulos externos poderão ser mais ou menos absorvidos e impactantes na medida em que eu tenho um equilíbrio emocional e ciência do que estou fazendo.

Quanto mais relevante é uma a decisão, maior é exigida do profssional a capacidade de se isentar e tentar se descontaminar do processo. Mas isso não quer dizer esfriar e se tornar alguém mecânico e insensível. A sensibilidade faz parte da decisão. É por isso que um pai, mesmo percebendo que o filho está errado, às vezes decide que não é dia de repreender o filho, pois ele já teve uma lição importante. O próprio judiciário diz que algumas penas nem precisam se impostas pois um pai que bebeu dirigindo e provocou a morte de sua mulher e do seu filho já recebeu a pena imposta pela natureza.

FolhaPE - Há decisões para serem tomadas em todas as áreas da vida, por exemplo, na política, quando votamos e escolhemos nossos representantes. Como podemos usar nossas escolhas de forma mais inteligente?

LS - Toda decisão envolve quatro variáveis. A primeira variável de qualquer decisão pode parecer óbvia, mas é mais que isso. É a futuridade. Significa que se eu estou tomando uma decisão para o futuro eu não posso querer a perfeição e a garantia absoluta de que minha decisão não terá qualquer tipo de falha. A segunda característica é o risco. Risco porque posso planejar, prospectar, fazer o que for, mas toda decisão envolve risco e profissionais que querem se isentar do risco, automaticamente não desenvolvem a capacidade de decisão. Decisão exige a assunção de risco.

A terceira variável é a repercutividade, ou seja, a minha decisão, por mais simples e isolada que seja, poderá repercutir muito além doque se imagina. A quarta característica de uma decisão é a subjetividade. A interpretação de cada fato depende, como eu disse antes, de variáveis psicológicas, ambientais e emociais. A grosso modo, todo fundamento de uma decisãopássa por variáveis inconcientes, em que a pessoa é envolvida por uma reação química e hormonal no cérebro que é muito mais forte do que ela consegue controlar.

O requisito maior é a capacidade de fazer uma autoleitura. Eu posso estar equilibrado mas fazer uma leitura equivocada sobre o meu equilíbrio e, ao não fazer uma leitura correta, automaticamente a minha decisão estar fortemente comprometida. Talvez eu não perceba que, no fundo, essa minha indiferença também está provocando um problema na minha decisão. Por exemplo, se eu estou numa equipe de vendas e todos estão empolgados mas eu estou extremamente racional, sem perceber, estou destruindo todo o ânimo dos outros, o que vai influenciar na suas decisões.

FolhaPE - A tomada de decisão, então, é uma habilidade que precisa ser trabalhada para uma carreira de sucesso?

LS - Talvez essa seja a grande competência que vai se exigir dos profissionais daqui para frente. Já que eu não sei para onde vou e que tipo de habilidade técnica vou precisar, saber decidir é muito relevante. Por exemplo, eu estou num conselho de administração e tenho dois profissionais para serem promovidos. Um profissional "A" que está há 20 anos na empresa e conhece profundamente o processo da atividade que está envolvido. Já o profissional "B" também tem 20 anos de empresa mas não conhece tanto daquela atividade. Eu preciso contratar um dos dois para uma certa área.E m tese, o candidato "A" é perfeito, porém, quando eu vou olhar mais amiúde, percebo que o "A" é ótimo para obedecer e seguir ordens, enquanto o "B", tem uma capcaidade analítica de entender as variáveis e manter um processo de autoconhecimento para identificar como processar aquela decisão e o mais relevante: ele consegue, mesmo entendendo pouco, tomar as decisões mais corretas. Adivinhe quem é promovido? O profissional B.

Do ponto de vista etimológico, decisão vem do latim "des", que significa afastar + "caedere", que significa cortar, jogar fora. Decidir nada mais é do que escolher e eliminar as demais alternativas. Então, basicamente, cortar e jogar fora é a capacidade de tomar decisões. Quando eu entendo que esse é meu papel, vou entender que não sou perfeito, que sou sujeito a erros, que toda situação requer um timming, entendo que a habilidade que vai garantir o futuro não é executar bem . É sim gerenciar o improvável, o não previsto. É aí que a pessoa cresce e mostra a que veio.

Upinha do Alto do Pascoal
Upinha do Alto do PascoalFoto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco

Foi iniciada nesta segunda (9) e segue até o dia 13 de janeiro as inscrições para o preenchimento de 695 vagas de níveis médio, técnico e superior para cargos efetivos da Secretaria de Saúde do Recife (Sesau). Os salários variam de R$ 833,60 a R$ 13.585,50.

As inscrições do concurso público variam de R$ 50 a R$ 100 e poderão ser feitas no site do Instituto AOCP, responsável pela realização do certame. O edital completo poder ser conferido no portal da Prefeitura do Recife

Leia também:
Abertas vagas para capacitação profissional em Pernambuco
Concurso do IFPE tem abstenção de quase 40%
C&A inscreve para vagas temporárias até dia 16


Os cargos disponíveis são para médicos de diversas especialidades, enfermeiro e técnico de enfermagem, além de cirurgião dentista, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, profissional de educação física, auxiliar e técnico de saúde bucal, farmacêutico, fonoaudiólogo, biólogo, químico, sanitarista, Agente de Saúde Ambiental e Controle de Endemias (Asace), entre outros.

Para a maioria das vagas, o processo seletivo da Sesau Recife será realizado em duas etapas (provas objetivas e de títulos). Já para alguns cargos de níveis médio e técnico, a seleção será feita em etapa única. No caso do Asace, será exigida a realização de um curso introdutório. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

As provas objetivas acontecerão no dia 1º de março. O gabarito preliminar e o caderno de questões da prova objetiva serão divulgados um dia após a aplicação da prova, no site do Instituto AOCP. Os candidatos aprovados nesta fase realizam prova de títulos no dia 25 do mesmo mês.

Dez por cento das vagas destinadas a cada cargo serão reservadas para pessoas com deficiência. A convocação dos aprovados será feita de acordo com as necessidades da Secretaria de Saúde do Recife.

Os candidatos que não forem aprovados dentro do número de vagas ficarão no cadastro de reserva e poderão ser convocados de acordo com a necessidade da administração municipal, na ordem de classificação.

comece o dia bem informado: