Foram encontrados 23 resultados para "Abril 2019":

TCE
TCEFoto: Divulgação

O Tribunal de Contas de Pernambuco publicou nesta terça-feira (30) no Diário Oficial a nomeação de 41 novos servidores aprovados no concurso homologado em dezembro de 2017 para o provimento de diversos cargos. A nomeação, assinada pelo presidente Marcos Loreto, está alinhada com a diretriz de combate à corrupção da atual gestão, bem como com a necessidade do preenchimento de vagas em decorrência de pedidos de aposentadoria.

A posse dos servidores está prevista para o próximo dia 27/05 e até lá deverão providenciar a documentação necessária para o início de suas atividades no órgão.

No geral foram nomeados vinte e dois Auditores de Controle Externo (Área de Auditoria de Contas Públicas), um servidor para o cargo de Auditor de Controle Externo (Área de Auditoria de Obras Públicas), um Analista de Gestão (Área de Julgamento), cinco Analistas de Gestão (Área de Administração), além de doze Analistas de Controle Externo (Área de Auditoria de Contas Públicas).

O TCE está entrando em contato com os novos servidores por e-mail e os interessados também podem falar com a Gerência de Cadastro pelo telefone (81) 3181 7659, para tirar eventuais dúvidas.

Clique aqui e confira os nomes dos servidores nomeados.

Carteira de Trabalho
Carteira de TrabalhoFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) está com 30 vagas abertas para monitor em um parque de Ecoturismo e Turismo de Aventura. As oportunidades são para preencher o quadro de pessoal de um empreendimento que será erguido em Gravatá, no Agreste do Estado. Um dos pré-requisitos é morar do município ou no entorno e ter afinidade com a práticas de atividades de aventura e esporte na natureza.

“É uma excelente oportunidade para se inserir no mercado de trabalho. Como são trinta vagas, as chances de conquistar um emprego também são maiores. Se você se interessou, se prepare, mande seu currículo e participe das seletivas”, explicou Juliana Nogueira, gestora do IEL-PE. Os interessados devem mandar currículo para selecao@ielpe.org.br.

A formação em educação física ou turismo e identificação com esportes de aventura será um diferencial na seleção. A atividade do profissional focará na condução das normas e orientações aos visitantes em atividades de aventura (tirolesa, rapel, trilha, paintball e escalada), em expedientes de quarta a domingo, das 8h às 17h e das 8h às 18h, respectivamente. A remuneração é de R$ 1,3 mil, mais auxílio transporte.

Um dos prédios do IBGE, no Rio de Janeiro (RJ)
Um dos prédios do IBGE, no Rio de Janeiro (RJ)Foto: Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias

O IBGE 2019 (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) já definiu o nome da banca organizadora do seu novo concurso público para provimento de 209 vagas temporárias, autorizadas em 25 de março. A escolhida é o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade). Com isto, cresce a expectativa de que o edital de abertura de inscrições seja publicado já no decorrer dos próximos dias, embora o prazo oficial para liberação do documento seja de seis meses, até setembro. De acordo com o órgão, a liberação está prevista para a primeira quinzena de maio.

As 209 oportunidades autorizadas são para os cargos de agente censitário municipal (4 postos), agente censitário supervisor (25) e recenseador (180).

Os contratados atuarão no Censo Experimental, uma prévia para o Censo Demográfico 2020, que deverá abrir cerca de 250 mil oportunidades (leia mais sobre a previsão de novas vagas abaixo).

Para concorrer ao cargo de recenseador é necessário apenas possuir ensino fundamental, com remuneração mínima de R$ 1.100. Para agente censitário e supervisor, a necessidade é de ensino médio, com iniciais, respectivamente, R$ 2.400 e R$ 2.000.

Até o dia 5 de maio a Ambev recebe inscrições para estágio
Até o dia 5 de maio a Ambev recebe inscrições para estágioFoto: Divulgação

Os interessados em uma vaga na Ambev têm até o próximo domingo (5) para se inscrever no programa de estágio da cervejaria. O cadastro pode ser feito pelo site www.estagioambev.com.br. As vagas são voltadas para universitários que estão no penúltimo ou último ano de faculdade, em várias áreas de atuação e de qualquer região do país. Não é preciso ter experiência prévia.
  
O programa oferece bolsa-auxílio, refeição, vale-transporte e possibilidade de efetivação. O número de vagas não é fechado: varia ano a ano de acordo com as necessidades das diferentes unidades da companhia.

O processo seletivo tem quatro etapas. Após a inscrição online, os currículos são avaliados e os candidatos pré-selecionados são encaminhados para testes de lógica e inglês no próprio site. Depois dessa etapa, os aprovados passam por entrevistas em vídeo e podem ser chamados para participar de um dia com os líderes da companhia, com bastante desenvolvimento, resolução de um case e entrevista. Ao longo deste processo, os futuros estagiários são direcionados à área de atuação que for mais compatível com seu perfil e/ou interesse.

O programa da Ambev começa em agosto e tem duração de dois anos

O programa da Ambev começa em agosto e tem duração de dois anos - Crédito: Divulgação

“Queremos proporcionar as melhores experiências de desenvolvimento para que os estudantes vivenciem os desafios da Cervejaria Ambev. Além de termos a oportunidade de conhecer profissionais jovens e qualificados, também contribuímos para a formação dos participantes ao agregarmos conhecimento nas suas respectivas áreas de interesse. Com isso, todos saem ganhando”, comenta Renato Biava, diretor de Gente e Gestão da Ambev.

O programa começa em agosto e tem duração de dois anos.

Concurso
ConcursoFoto: Pixabay

Sespa

A Secretaria de Saúde Pública do Estado do Pará (Sespa) abriu 106 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há chances para agente administrativo, agente de artes práticas, assistente social, enfermeiro, farmacêutico, psicólogo, técnico de enfermagem, médico, entre outros. As remunerações vão de R$ 998,00 a R$ 1.858,41, para 30 horas de trabalho semanal. Quem se interessar deve se inscrever pelo site www.sipros.pa.gov.br, de forma gratuita até o dia 1º de maio.

Marinha

São 40 vagas para ingresso no curso de formação de sargentos músicos do Corpo de Fuzileiros Navais, com exercício em 2020. As inscrições estarão abertas domente até esta segunda-feira (29/4) e custam R$ 74. Para participar, o candidato precisa ter nível médio completo, idade entre 18 e 25 anos completos e altura mínima de 1,54m e máxima de 2m. As vagas são para músicos com habilidades em contra baixo acústico, flauta transversal, eufônio Bb, tuba em Bb, saxofone alto, saxofone tenor, trompete em Bb, trompa, trombone tenor, percussão, fagote, oboé, violoncelo, clarinete baixo Bb – clarone e clarinete em Bb.

CREF-11
O Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região (CREF-11), no Mato Grosso do Sul, prorrogou o prazo de inscrições até 2 de maio. O último dia para pagamento das taxas de inscrição (R$ 37 para nível médio e R$ 52 para superior) é 3 de maio. O concurso oferta 70 vagas para formação de cadastro reserva nas áreas de assistente administrativo (nível médio) e agente de orientação e fiscalização (nível superior). As jornadas de trabalho serão de 40 horas semanais para os aprovados receberem remunerações variando entre R$ 1.925 e R$ 4.016, além dos acréscimos de benefícios.

Celesc

Estão abertas as inscrições do novo concurso público para cargos de nível médio e superior das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc Distribuição S.A). O certame oferece 17 vagas imediatas, além da formação de cadastro reserva. Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais para remunerações que variam de R$ 2.285,51 a R$ 4.820,46. Os candidatos com nível médio podem optar entre os cargos de assistente administrativo ou técnico industrial em telecomunicações. Já para nível superior, há oportunidades para os cargos de analista de sistemas, contador, economista, engenheiro de produção elétrica e engenheiro eletricista. As inscrições devem ser realizadas até 3 de maio. As taxas de inscrição vão de R$ 100 a R$ 130.

CREF-4

O Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região (CREF-4), com sede em São Paulo, divulgou novo edital de concurso público que visa contrato de profissionais de nível médio e superior. Estão sendo ofertadas 21 vagas e as remuneração vão de R$ 2.255,72 a R$ 6.552,34. Os interessados devem se inscrever até 2 de maio. A taxa é de R$ 48 para nível médio e R$ 57 para nível superior.

Juazeiro do Norte-CE
Juazeiro do Norte-CEFoto: Divulgação

Foram prorrogadas até o dia 3 de maio as inscrições do concurso da Prefeitura de Juazeiro do Norte, no Ceará. O certame ainda sofreu uma retificação, sendo suspensos os cargos de procurador e procurador autárquico. Confira os comunicados no site da banca organizadora, que é o Cetrede.

A seleção visa o preenchimento de 7.288 vagas, sendo 1.811 para preenchimento imediato e 5.477 para formar cadastro reserva de pessoal. As oportunidades são para diversos cargos, de todos os níveis escolares, com remunerações iniciais que partem de R$ 998 e chegam a R$ 7.000.

Confira abaixo a distribuição de vagas por nível de escolaridade:

Ensino Fundamental

Quem possui ensino fundamental incompleto poderá concorrer aos cargos de auxiliar de serviços fúnebres, merendeira, motorista - CNH “A e B” e motorista - CNH B. Já para fundamental completo, as chances são para cozinheiro, motorista de veículos escolares e operador de máquina pesadas.

• CURSO DIVERSOS CARGOS
• APOSTILAS DIVERSOS CARGOS

Ensino Médio

As oportunidades são para os seguintes empregos: agente administrativo, agente municipal de trânsito, auxiliar de apoio educacional, brailista, cuidadores, educador social, fiscal de obras, fiscal de serviços públicos, fotografo, guarda civil metropolitana, guia de turismo, inspetor sanitário, instrutor de libras, interprete de libras, monitor de atividades esportivas, monitor de atividades infantis, monitor de oficinas, motorista - CNH D, orientador social, secetário escolar, técnico audiovisual (cinema), técnico de farmácia, técnico de luz e som (teatro), técnico em agricultura, técnico em edificações, técnico em enfermagem, técnico em gesso, técnico em radiologia, técnico em saúde bucal, técnico em segurança do trabalho e topógrafo.

Nível Superior

Por fim, para nível superior: analista ambiental, analista de gestão pública, antropólogo, arquiteto e urbanista, arquivista, assistente social, assistente social NASF, assistente social SAD, auditor fiscal, bibliotecário, contador, economista,dducador de trânsito, educador físico, educador físico CAPS I, educador físico NASF, enfermeiro, enfermeiro (com especialização em saúde pública), enfermeiro dermatologia, enfermeiro ESF, enfermeiro infectologista, enfermeiro plantonista, enfermeiro plantonista CAPS AD, enfermeiro saúde do trabalhador, enfermeiro saúde mental, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental e sanitarista, engenheiro civil, engenheiro elétrico, engenheiro florestal,farmacêutico, farmacêutico NASF, fisioterapeuta,fonoaudiólogo, geografo, geólogo, historiador, jornalista, médico - clínico geral, médico auditor, médico cardiologista, médico cardiologista infantil, médico cirurgião cabeça e pescoço, médico cirurgião pediatra, médico dermatologista, médico endoscopista, médico ESF, médico infectologista, médico neurocirurgião, médico neuropediatra, médico ortopedista/traumatologista, médico otorrino, médico perito, médico plantonista, médico pneumologista, médico proctologista, médico psiquiatra, médico psiquiatra infantil, médico reumatologista, médico ultrassonografia, médico urologista, médico veterinário, museólogo, nutricionista, odontólogo, odontólogo buco maxilo – CEO, odontólogo protesista, odontopediatra, psicólogo, sociólogo, tecnólogo de alimentos, tecnólogo de edificações, tecnólogo de irrigação, tecnólogo em recursos humanos, terapeuta ocupacional, turismólogo. orientador educacional, pedagogo, professor – arte, professor – ciências, professor – educação física, professor - ensino fundamental (1º ao 5º), professor - ensino religioso, professor – geografia, professor – história, professor - língua inglesa, professor – língua portuguesa, professor – matemática, professor de educação infantil, professor PEB II – libras, psicopedagogo.


Como se inscrever para o concurso
As inscrições devem ser realizadas no site da banca organizadora, que será o Centro de Treinamento e Desevolvimento - Cetrede (www.cetrede.com.br).

• CURSO PARA DIVERSOS CARGOS

Será cobrada uma taxa de participação, nos valores de R$ 65 para ensino fundamental, R$ 85 para nível médio e R$ 125 para formação superior.

Trabalhador dos Correios
Trabalhador dos CorreiosFoto: Arquivo/Agência Brasi

Após confirmar redução do seu quadro de pessoal, em março, governo já havia confirmado intenção de privatização dos Correios, agora reforçada pelo presidente Jair Bolsonaro

Após informação integrante da equipe econômica do governo confirmar que já está em pauta a privatização dos Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), agora foi a vez do próprio presidente Jair Bolsonaro, que anunciou, via Twitter, nesta sexta-feira, 26 de abril, que está autorizando o início dos estudos para privatização da estatal. "Demos OK para estudo da privatização dos Correios. Temos que rememorar para a população o seu fundo de pensão. A empresa foi o início do foco de corrupção com o mensalão, deflagrando o governo mais corrupto da história. Com o Foro de SP destruíram tudo nome da Pátria Bolivariana", escreveu o presidente.

Segundo o grupo responsável pelo processo de avaliação do processo, a intenção é dar maior liberadade para que a empresa se modernize a acompanhe as mudanças de mercado promovidas pelo comercio eletrônico sem a União como controladora.

Em março, ao completar 50 anos, a instituição já havia confirmado a possibilidade de uma redução de aproximadamente 20% do seu quadro de pessoal. A informação foi dada pelo presidente da estatal, general Juares Aparecido de Paula Cunha que, em declaração para o jornal Folha de São Paulo, disse que o número ideal de servidores é de 85 mil empregados. Atualmente, o total é de 105 mil, o que equivale a uma redução de aproximadamente 20 mil pessoas, dentro de um processo de reestruturação da empresa, já em andamento.

De acordo com a publicação, as entregas de cartas, telegramas e outras mensagens, que correspondem aos setores nos quais a empresa conta com monopólio, caíram de 8,9 bilhões em 2012 para 5,7 bilhões em 2018.

Dentro do processo de reestruturação está prevista a redução da quantidade de unidades, sendo fechadas aquelas que contarem com outras próximas. Em um segundo passo, aproximadamente 6 mil servidores deverão ser deligados, dentro de um processo com quatro etapas.

Na primeira será feita a realocação dos servidores que trabalham nas agências que serão extintas. No segundo haverá a possibilidade de cessão de pessoal para outros órgãos. Quem continuar em condição indefinida poderão participar de uma nova etapa de um plano de demissão incentivada. Por fim, poderá ser considerada a extinção de cargos. “Não estamos muito preocupados com essa redução por enquanto. O mais importante agora é ver quantos elementos são necessários para a atual estrutura e colocar esses elementos no lugar certo”, disse Cunha.

Devido a planos de demissão voluntária, o quadro de pessoal, que era de 126 mil em 2013, já teve um corte de 20 mil servidores.

Maragogi
MaragogiFoto: Divulgação

Saiu o edital do concurso de Maragogi, no litoral de Alagoas, destinado a preencher 217 vagas imediatas na prefeitura, com salários entre R$ 954 e R$ 3.150. As inscrições começam às 8h desta quarta-feira (1).

As funções de auxiliar de serviços educacionais (20 postos) e auxiliar de serviços gerais (20) são opções para candidatos que estudaram até o quinto ano do nível fundamental. Já profissionais que concluíram esse ciclo escolar podem disputar os cargos de auxiliar de obras e serviços públicos (5), coveiro (2), eletricista (1), marceneiro (1), motorista (2), pedreiro (2), pintor (2) e tratorista operador de máquinas (2).

Há oportunidades com exigência de ensino médio e, em alguns casos, formação técnica para agente da Guarda Municipal (30), agente de fiscalização de trânsito (5), assistente administrativo (20), assistente administrativo educacional (5), fiscal ambiental (1), fiscal de postura (2), técnico em agroecologia (2), técnico em enfermagem (2) e técnico em turismo (2).

• APOSTILAS DIVERSOS CARGOS E NÍVEIS
• CURSO DIVERSOS CARGOS E NÍVEIS

As vagas de nível superior estão distribuídas entre as seguintes carreiras: advogado (1), analista de sistemas (1), arquiteto e urbanista (1), assistente social (1), auditor de controle interno (1), auditor fiscal (2), biblioteconomista (1), biomédico (1), cirurgião dentista (1), contador (1), enfermeiro (2), engenheiro agrimensor (1), engenheiro agrônomo (1), engenheiro ambiental (1), engenheiro sanitarista (1), farmacêutico (1), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (1), jornalista (1), médico generalista (1), cardiologista (1), pediatra (1), psiquiatra (1), reumatologista (1), nutricionista (2), procurador (1), psicólogo (1), publicitário (1), terapeuta ocupacional (1), turismólogo (1) e professor nas áreas de 1º ao 5º ano (30), ciências (1), educação física (2), educação infantil (10), geografia (3), história (3), informática (1), inglês (2), matemática (3) e português (3).

Como se inscrever

O concurso de Maragogi é organizado pelo Instituto de Desenvolvimento Humano e Tecnológico (IDHTEC). O cadastro deverá ser efetuado pelo site www.idhtec.org.br.

As inscrições ficarão abertas até as 23h59 de 31 de maio. As taxas de participação custam R$ 50 (vagas de nível fundamental), R$ 70 (médio) e R$ 90 (superior).

Em caso de dúvidas, os candidatos podem contatar a banca pelo telefone (81) 3621-0603, além do e-mail idhtec@outlook.com.

Provas

Marcada para 7 de julho, a avaliação objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha abordando conteúdos sobre língua portuguesa e conhecimentos específicos.

A seleção inclui, ainda, análise de títulos para os concorrentes aos cargos de nível superior, com entrega dos documentos comprobatórios à organizadora entre 7 e 9 de agosto.

O concurso de Maragogi terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério da prefeitura, conforme estabelece o edital.


Saiba o que estudar para a disciplina de língua portuguesa

A prova do concurso de Maragogi 2019 abordará os seguintes temas:

Nível fundamental incompleto - 1. Ortografia. 2. Acentuação gráfica. 3. Adjetivo 4. Número e Numeral. 5. Pronome. 6. verbo. 7.Substantivo. 8. Artigo. 9. Advérbio. 10. Adjunto adnominal. 11. Concordância verbal e nominal. 12. Pontuação. 13. Interpretação de textos.

Ensino fundamental completo - 1. Interpretação de texto. 2. Sinônimos e Antônimos. 3. Sentido próprio e figurado das palavras. 4. Ortografia oficial. 5. Acentuação. 6. Substantivo e adjetivo: flexão de gênero, número e grau. 7. Verbos: regulares, irregulares e auxiliares. 8. Emprego de pronomes. 9. Preposições e conjunções. 10. Concordância verbal e nominal. 11. Crase. 12. Regência.
Nível médio - 1. Ortografia oficial. 2. Acentuação gráfica. 3. Pontuação. 4. Compreensão, interpretação e reescrita de textos e de fragmentos de textos, com domínio das relações morfossintáticas, semânticas, discursivas e argumentativas. 5. Tipologia Textual. 6. Coesão e coerência. 7. Formação, classe e emprego de palavras. 8. Significação de palavras. 9. Coordenação e Subordinação. 10. Concordância nominal e verbal. 11. Emprego do sinal indicativo de crase. 12. Regência Nominal e Verbal.

Ensino superior - 1. LÍNGUA E LINGUAGEM 1.1. Norma culta e variedades linguísticas. 1.2 Semântica e interação. 1.3 Significação das palavras. 1.4. Denotação e conotação. 1.5. Funções da Linguagem. 1.6. Textualidade (coesão, coerência e contexto discursivo). 2. MORFOSSINTAXE 2.1 Estudo dos verbos e sua relação com as formas pronominais. 2.2 Sintaxe do período e da oração e seus dois eixos: coordenação e subordinação. 2.2.1 Sintaxe de Concordância. 2.2.2. Sintaxe de Colocação. 2.2.3. Sintaxe de Regência. 2.3. Análise Sintática 2.4. Estudo das classes gramaticais (incluindo classificação e flexão): Artigo, Adjetivo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Conjunção, Preposição, Interjeição, Conectivos, Formas variantes. 2.5. Emprego das palavras. 3. ORTOGRAFIA E ACENTUAÇÃO 4. ESTUDO DE TEXTOS 4.1 Interpretação de textos. 4.2. Tópico frasal e sua relação com ideias secundárias. 4.3. Elementos relacionadores. 4.4 Pontuação. 4.5. Conteúdo, ideias e tipos de texto. 4.6. O texto literário: tema, foco narrativo, personagens, tempo.

professores Bruno Trigueiro e Renato Saraiva falaram sobre novos concursos no governo Bolsonaro.
professores Bruno Trigueiro e Renato Saraiva falaram sobre novos concursos no governo Bolsonaro.Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A regra para os interessados em participar da nova era dos concursos públicos no Governo Bolsonaro é simples: não parar de estudar. Desde o decreto 9.739, de 28 de março de 2019, do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que estabelece medidas para a administração pública federal direta, autárquica e fundacional com normas mais rigorosas para concursos públicos, às declarações recentes do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a “travar” a realização de novos certames, o início do novo governo gerou um clima de incerteza entre os concurseiros. Para esclarecer melhor o assunto, a Folha de Pernambuco consultou especialistas e procurou orientações para quem está na jornada de estudos rumo à aprovação em concursos.

Apesar da LDO proposta pelo Governo Federal para o primeiro ano de gestão não prever a realização de concursos públicos federais em 2020, Bruno Trigueiro, analista judiciário e professor de Direito Processual Penal no Espaço Jurídico, considera compreensível em transições de governo que novos concursos sejam suspensos até a gestão conhecer as reais necessidades da máquina pública do país, fazendo os ajustes necessários. “No governo Dilma, por exemplo, ela travou o orçamento para contratação. Principalmente um governo novo como o de Bolsonaro, que ainda está se habituando e entendendo as contas públicas, é natural, em todo início de governo, diminuir os gastos. E isso consiste, obviamente, em não contratar mais num primeiro momento”, explica.

concurso

“Eu acredito que tem áreas do Governo Federal que não tenha como não se abrir concurso, como a Polícia Federal, que tem um déficit anunciado pelo próprio órgão de mais de cinco mil servidores, além de concurso para a Polícia Rodoviária federal e carreiras da Segurança Pública, que é uma área que o governo pretende atuar de forma mais prioritária”, afirma Trigueiro. 



Mesmo o decreto, que causou apreensão quando foi anunciado, segundo o presidente da Associação de Apoio aos Concursos Públicos (ACONEXA) e do Grupo CERS, Renato Saraiva, pode ser considerado positivo para os próximos editais. “Em verdade, o decreto não impactou tanto o concurseiro, ao contrário, ele trouxe aspectos positivos como a regulação entre o prazo que sai o edital e a efetiva realização do concurso público”, avalia.

Contudo, para o presidente da ACONEXA, é preciso que o candidato tenha em mente que o Executivo não é o único poder da administração federal a ofertar vagas. “Em relação ao poder Legislativo e principalmente ao poder Judiciário Federal, os concursos vão continuar a ser realizados, pois são poderes independentes e com autonomia administrativa”, destaca.

O ideal é que o concurseiro visualize esse momento como uma oportunidade de se diferenciar dos outros candidatos. “Estudar para concurso público é uma preparação de médio a longo prazo. A gente tem que deixar essas notícias de lado e não perder o foco. Com essas notícias sobre o governo, pode acontecer de muita gente não querer estudar e a concorrência, de certa maneira, diminuir”, diz Bruno Trigueiro.

Oportunidade que também pode vir por conta da repercussão da reforma da Previdência, como lembra Renato Saraiva. “Com a iminência da reforma, milhares de servidores estão requerendo aposentadoria perante o INSS com medo de ocorrerem mudanças que afetem a sua própria situação. O que vai acontecer? Vão surgir milhares de vagas”, prevê.

Funase
FunaseFoto: Aluisio Moreira/SEI


A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), convocou 52 novos agentes socioeducativos para atuar nas três unidades da instituição localizadas em Caruaru, no Agreste do Estado. O chamamento foi publicado nesta quarta-feira (24), no Diário Oficial do Estado. Os selecionados têm até a próxima terça (30) para entregar a documentação exigida no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru, situado na Estrada Carroçável, Sítio Lagoa dos Porcos, Boa Vista II, na zona rural. A expectativa é de que os novos funcionários comecem a trabalhar em maio.

Os convocados participaram da seleção pública simplificada realizada para o município em 2017. Esse certame ainda tem vigência válida e já viabilizou convocações anteriores. Na Funase, os novos agentes vão ter entre suas atribuições o acompanhamento de socioeducandos em atividades pedagógicas dentro e fora dos espaços de cumprimento da medida socioeducativa ou da internação provisória, o zelo pela disciplina e pela integridade física, além da custódia em atendimentos médicos, audiências e visitas familiares.

O chamamento tem o objetivo de assegurar a manutenção de um número de agentes compatível com o de socioeducandos, o que atende às diretrizes do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). Além do Case Caruaru, também serão contemplados pela chegada dos novos profissionais o Centro de Internação Provisória (Cenip) Caruaru e a Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru. As contratações são temporárias, com validade de um ano e possibilidade de prorrogação por igual período até o máximo de seis anos. Os selecionados podem obter mais informações por meio dos telefones (81) 3719.9433 e 3719.9432.

A convocação desse novo grupo de aprovados marca o esforço da Funase em preencher quadros funcionais de maneira regionalizada. Em julho de 2018, a instituição lançou um certame com 496 vagas para agentes socioeducativos em unidades situadas no Grande Recife. Os selecionados já estão trabalhando. Já a seleção simplificada mais recente, realizada no fim do ano passado, ofertou 12 vagas para agentes socioeducativos no Case Timbaúba. O resultado já foi divulgado e está em processo de homologação.

comece o dia bem informado: