Trabalhar com criatividade
Trabalhar com criatividadeFoto: Divulgação

*Por Andie Linhares

Gosto de pensar que a criatividade move o mundo. É o que nos leva a buscar mais, questionar mais, pensar mais - e evoluir muito mais. Mas a criatividade não surge espontaneamente e também não é ensinada nas escolas, nem pelos nossos pais. Então, qual é o segredo? Se quisermos ser bons em algo, precisamos estudar, observar e treinar. Com a criatividade não é diferente. Pensando nisso preparei algumas dicas para manifestar seu lado criativo.

Leia e escreva mais – A leitura é um dos principais combustíveis para a criatividade. Enquanto lemos, nosso cérebro imagina as situações, cenários e falas, isso já é pura criatividade! O ideal é ler pelo menos um livro por mês. Escrever também é uma ótima ferramenta para incentivar pensamentos criativos. Uma boa dica para a escrita é iniciar aos poucos, podendo até ser em um diário. É um ótimo exercício para sair da zona de conforto e criar. Quando escrevemos nossas ideias, o cérebro começa a assimilar o fato de buscar todo tipo de solução criativa.

Assista filmes e escute música - Perceber os detalhes que compõe um filme é um ótimo exercício. A iluminação, a fotografia, o enquadramento, a trilha sonora, tudo é válido para treinar o olhar e o cérebro para observar coisas novas. Mesma coisa com a música. Coloque um bom álbum para tocar e perceba a harmonia nos instrumentos, as técnicas vocais do cantor, letras e rimas. Às vezes, quando analisamos com calma algo que sempre vemos e ouvimos, começamos a perceber coisas que nunca havíamos notado antes.

Seja pró-ativo e aja em busca de uma solução - A pró-atividade é gatilho para a criatividade. Quando tomamos uma atitude para solucionar um problema, geralmente percebemos que não havia motivos para ficarmos tão nervosos. Afinal, a maioria das vezes sua preocupação não torna-se um problema, pois há resolução. Quando buscar uma solução criativa, faça. Mesmo que seja pequeno, o fato de agir fará com que sua mente comece a se abrir para novas possibilidades. Pensar e agir sempre devem andar juntos. Do que adianta ser criativo e não colocar em prática?

Durma bem e aproveite os momentos de ócio - Por mais que tenha um grande volume de trabalhos a serem concluídos, evite criar o hábito de passar noites em claro. Em 2012, um estudo da Universidade de Georgetown descobriu que as regiões do cérebro relacionadas à criatividade aumenta seu ritmo de atividade durante o sono. A mente precisa descansar para ser mais produtiva. Assim também funciona para aqueles dias de muita pressão. Costumo dizer que deadlines são sempre assassinas da criatividade. Dar um tempo é fundamental. Quando bater aquele branco, procure uma distração. Saia para espairecer um pouco. Leia um livro, medite, observe a natureza e as pessoas - bem provável que um insight criativo aconteça no meio de alguma observação. Também indico por uma musiquinha baixa e simplesmente encarar o nada. É incrível o quanto de ideias podem surgir nessas situações.

Seja curioso - Todas as dicas de sobrevivência para ser mais criativo se resumem em uma principal: ser curioso. Curiosidade é porta para a criatividade, pois aumenta o conhecimento e incentiva o cérebro a buscar uma solução imediata para os desafios.

Quando viajamos e conhecemos outras culturas, várias ideias criativas vêm com a gente na mala. Mas se uma viagem não for possível no momento, busque informações através de livros, sites, blogs, documentários; tenha uma boa conversa com alguém bacana, seja no bar ou no portão de casa; observe os detalhes das construções e as características das pessoas em sua volta; estude outro idioma. Analise as situações. Não tenha medo de colocar seu senso crítico para funcionar. Buscando conhecimento, consequentemente a sua criatividade passa a se desenvolver e se manifestar de forma natural.

*Andie Linhares é estrategista marketing digital, especialista em branding e professora do curso de Gestão de Mídias Sociais do Centro Europeu (www.centroeuropeu.com.br), principal escola de Economia Criativa do Brasil

criatividade no trabalho

Criatividade no trabalho - Crédito: Divulgação

Pressão no ambiente de trabalho pode afetar o bem estar mental
Pressão no ambiente de trabalho pode afetar o bem estar mentalFoto: Greg Vieira / Arte FolhaPE

A cobrança por desempenho e cumprimento de metas, já bastante elevada em um mercado cada dia mais competitivo, costuma se intensificar nos últimos meses do ano, quando os prazos se apertam, criando um clima de maior pressão sobre os funcionários nas empresas e organizações. Para ajudar a enfrentar esse ambiente adverso e prevenir as doenças da mente relacionadas ao estresse no trabalho, a Folha de Pernambuco conheceu a história de alguém que vivenciou a situação e também consultou um especialista para sugerir cuidados por uma vida profissional mais saudável.


“Muitas vezes o empregado precisa entregar suas atividades com urgência, por excesso de cobrança ou falta de organização nas empresas onde trabalham. Mas, para se manter no emprego, o profissional se vê obrigado a aguentar a pressão, ter resiliência, criatividade e excelência com as suas entregas. O problema é que, sem perceber, pode estar prejudicando sua saúde mental”, explica o professor Allan Zeek, especialista em comportamento humano. “A verdade é que, cada vez mais, vivemos como máquinas, trabalhando sob pressão e com prazos apertados. Isso afeta o nosso sistema imunológico, nosso cérebro e pode, a longo prazo, causar distúrbios neuropsiquiátricos - como ansiedade, depressão e síndrome de Burnout, depressão em decorrência do trabalho”, alerta Allan.

E a cobrança muitas vezes parte do próprio funcionário. “Acabamos ficando com medo de sermos julgados como incompetentes e vergonha de não chegar ao tão desejado sucesso profissional”, aponta o especialista. 


Allan Zeek, professor e especialista em comportamento humano.

Allan Zeek, professor e especialista em comportamento humano. - Crédito: Leo Malafaia / Folha de Pernambuco



Foi essa realidade que viveu o gaúcho Ibanez Saueressig. Ele atuava como advogado em um escritório, em Porto Alegre, onde recebia um volume excessivo de trabalho. “Chegávamos a cumprir mais de 60 prazos por dia . O prazo para um advogado é a diferença entre ter êxito numa ação ou não. Perdeu o prazo já era! Portanto, a pressão, mesmo que não exercida por algum superior ou algo assim, é muito grande pois está em jo­go a demanda do cliente e o sucesso do escritório”, lembra.

Depois de atuar cinco anos nesse ambiente, Ibanez resolveu abandonar a carreira de advogado e recomeçar a vida aos 30 anos de idade. “O que me surgiu à época foi o mercado de vendas. Atuei como vendedor de uma multinacional de telecomunicações. Nesse tipo de corporação você praticamente nem existe como indivíduo e sim como um número a ser controlado nas planilhas dos superiores. Sofríamos pressão por resul­tados desde a primeira hora de trabalho da segunda-feira até o último minuto do último dia do mês”, relata. 

Por conta do sobrecarga de estresse gerada no trabalho, por duas vezes ele teve que se submeter a tratamento psicoterápico e uso de medicação antidepressiva para regular o humor. “Com a ajuda da terapia percebi que eu estava ‘correndo’ para o lado errado da minha vida, querendo agradar a tudo e a todos, menos a mim. Resolvi então correr atrás do que realmente acreditava como verdade para o resto da minha vida. Sempre fui apaixonado por cinema, fotografia e artes visuais. Busquei montar uma estratégia de como eu poderia a partir daquele momento realizar essa transição de vida”, conta Ibanez. Hoje, trabalha como produtor audiovisual no Recife. 


O gaúcho Ibanez Saueressig, advogado e produtor audivisual, compartilhou sua histtória

O gaúcho Ibanez Saueressig, advogado e produtor audiovisual, compartilhou sua história - Crédito: Leo Malafaia / Folha de Pernambuco

Vagas de emprego
Vagas de empregoFoto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

ASecretaria do Emprego, Trabalho e Qualificação divulgou o quadro de vagas das Agências Estaduais do Trabalho para a próxima segunda-feira, 23 de setembro de 2019. Há oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais. Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq. Telefone da Agência da Boa Vista: 3183.7065.


Confira o quadro de vagas ou veja nas imagens abaixo:


Profissionais chamados devem se apresentar até a próxima quarta-feira, com documentos necessários para a contratação
Profissionais chamados devem se apresentar até a próxima quarta-feira, com documentos necessários para a contrataçãoFoto: Divulgação / Funase

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) está convocando mais 22 agentes socioeducativos para as unidades da instituição situadas no Grande Recife e em Caruaru, no Agreste do Estado. A lista dos profissionais chamados está disponível no site www.funase.pe.gov.br e no Diário Oficial do Estado. A apresentação presencial, com a entrega dos documentos necessários para a contratação, segue até a próxima quarta-feira (25), das 8h às 15h, em locais que variam conforme a região de convocação.

Para o Grande Recife, estão sendo convocados seis aprovados na seleção simplificada realizada em 2018. Eles devem se apresentar na sede da Funase, que fica na Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 773, no bairro dos Aflitos, no Recife. Já para Caruaru, estão sendo chamados 16 candidatos da seleção simplificada realizada para o município. Esse grupo deve comparecer ao Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru, que fica na Estrada Carroçável, Sítio Lagoa dos Porcos, Boa Vista II, na zona rural.

Em ambos os casos, o não comparecimento será considerado desistência. A lista de documentos necessários para a contratação está disponível no site da Funase. Após essa fase, os novos agentes socioeducativos passarão por um processo de capacitação introdutória e, então, poderão começar a atuar nas unidades socioeducativas. No Grande Recife, informações podem ser esclarecidas por meio do telefone (81) 3184.5465. Já em Caruaru, estão disponíveis os telefones (81) 3719.9433 e 3719.9432.

Prefeitura do Recife
Prefeitura do RecifeFoto: Reprodução/Google Street View

A Prefeitura do Recife abriu seleção simplificada para contratar sete médicos psiquiatras. O edital que autoriza o processo seletivo foi publicado no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (19). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o próximo dia 28. O edital está disponível no site da Prefeitura.

A seleção da Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife será realizada em etapa única, através de avaliação curricular, com avaliação de títulos e experiência profissional comprovados. O salário é de R$ 5.911,99, mais gratificações, para psiquiatras diaristas com carga horária de 20 horas semanais. O contrato será de um ano, podendo ser renovado por mais um, assim como também pode ser rescindido, a qualquer momento, de acordo com as necessidades da Prefeitura do Recife ou preenchimento das vagas por candidatos aprovados em concurso público.

Serão destinadas cinco vagas para psiquiatras, uma para psiquiatra especialista em infância e adolescência, além de uma vaga para especialista em perícia médica. Uma vaga é reservada para pessoa com deficiência. Os novos profissionais atuarão nas unidades da Rede de Atenção Psicossocial da Secretaria de Saúde do Recife e na área de Perícia Médica e Saúde do Trabalhador.

Os interessados em participar da seleção da Secretaria de Saúde do Recife devem preencher o formulário de inscrição e o caderno de apresentação de documentos disponíveis no site da Prefeitura e enviá-los, junto com a cópia da documentação, para a Diretoria Executiva de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, situada na Rua Alfredo de Medeiros, n° 71, Espinheiro. O resultado preliminar da avaliação curricular será divulgado no dia 19 de outubro, no Diário Oficial.



Vagas de emprego
Vagas de empregoFoto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

ASecretaria do Emprego, Trabalho e Qualificação divulgou o quadro de vagas das Agências Estaduais do Trabalho para esta quinta-feira, 19 de setembro de 2019. Há oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais. Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq. Telefone da Agência da Boa Vista: 3183.7065.


Confira o quadro de vagas ou veja nas imagens abaixo:

Oito agentes socioeducativos devem se apresentar no Recife, desta quinta até o próximo dia 25, para a contratação
Oito agentes socioeducativos devem se apresentar no Recife, desta quinta até o próximo dia 25, para a contrataçãoFoto: Divulgação / Funase

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) está convocando oito novos agentes socioeducativos para atuar no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco. A lista dos profissionais chamados está disponível no site www.funase.pe.gov.br e na edição desta quarta (18) do Diário Oficial do Estado. Os novos agentes devem ficar atentos, já que a apresentação presencial, com a entrega dos documentos necessários para a contratação, começa nesta quinta (19) e segue até o dia 25, das 8h às 15h, na sede da Funase, que fica na Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 773, no bairro dos Aflitos, no Recife.

Esses são os primeiros convocados da seleção simplificada realizada especificamente para o Case Timbaúba no fim de 2018. O não comparecimento de algum dos profissionais chamados será considerado desistência da vaga. A relação dos documentos necessários para a contratação está disponível no site da Funase. Após essa fase, os novos agentes passarão por um período de capacitação introdutória e, só então, começarão a trabalhar. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (81) 3184.5465.

Contratações – O Governo de Pernambuco tem investido na recomposição do quadro de agentes socioeducativos da Funase. Entre 2015 e 2018, 1.698 profissionais foram contratados, boa parte deles, por meio de uma seleção simplificada que ofertou 496 vagas na Região Metropolitana do Recife. Em 2019, já foram feitas várias convocações dessa e de outras seleções simplificadas, também atendendo unidades socioeducativas em municípios como Vitória de Santo Antão, Caruaru e Garanhuns.

Fábrica Ambev
Fábrica AmbevFoto: Clemilson Campos/Arquivo/Folha de Pernambuco

A cervejaria Ambev está com inscrições abertas para o seu programa de estágio. Estudantes universitários no penúltimo ou último ano do curso podem participar da seleção. As inscrições seguem até o dia 6 de outubro, no site www.estagioambev.com.br.

As oportunidades estão distribuídas em diversas áreas de atuação e em unidades de todo o País. O programa começa em janeiro de 2020. O processo seletivo consiste em testes online de inglês e lógica, vídeo online e etapa presencial Day Challenge (talks com líderes da companhia, terão uma roda de entrevistas e receberão o desafio de solucionar um case).

“O formato de seleção em único dia permite ao candidato uma experiência enriquecedora, pois vai além de apenas uma entrevista. Oferece conteúdo que gera conhecimento durante todo o processo”, conta Renato Biava, diretor de Gente e Gestão da Cervejaria Ambev.

Os aprovados passarão por um período de treinamento antes de ingressarem em suas respectivas funções, possibilitando uma visão macro do negócio, além do desenvolvimento profissional.

Sobre a Cervejaria Ambev

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, conta com mais de 32 mil funcionários que dividem a mesma paixão por produzir cerveja. A Ambev é uma cervejaria inovadora e tem o consumidor no centro das decisões e iniciativas. No portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.

Somente nos últimos cinco anos, a cervejaria investiu R$ 17,5 bilhões no país e deixou um legado além dos investimentos com ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois a empresa acredita que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

Serviço

Estágio Ambev
Inscrições:  www.estagioambev.com.br / Até 06 de outubro
Quem pode participar? Estudantes universitários de todo o Brasil que estão no penúltimo ou último ano do curso.
Contratação: Janeiro de 2020

Estudantes secundaristas
Estudantes secundaristasFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) divulgou nesta segunda-feira (16) uma seleção de estágio para alunos que estejam cursando o ensino médio para ocupar uma vaga em Caruaru. É necessário ter conhecimentos sobre o pacote Office e disponibilidade de trabalhar quatro horas por dia, das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira. A remuneração oferecida é de R$ 400 + auxílio transporte no valor de R$ 100. Os interessados devem enviar o currículo para o e-mail [email protected] especificando a série e o turno.

[910] App 99
[910] App 99Foto: Gustavo Glória / Folha de Pernambuco

A 99, empresa de tecnologia em mobilidade urbana, e o Nexo Jornal se unem em uma parceria inédita e criam o Lab 99 + Nexo de Jornalismo Digital.

Com o tema “A cidade como pauta: desafios e soluções de mobilidade urbana”, a oficina acontecerá em São Paulo, nos dias 12 e 13 de outubro, e contará com exposições, palestras e atividades ministradas por especialistas em mobilidade urbana e novos formatos do jornalismo digital, como podcasts e infográficos.

“Falar sobre mobilidade urbana é bastante complexo e requer um entendimento profundo sobre as diversas questões que impactam a maneira como nos relacionamos com as cidades. Nesse sentido, queremos apoiar o aperfeiçoamento de jovens jornalistas de todo o país, para que estejam cada vez mais preparados para cobrir os desafios das cidades, aprofundar as discussões e se conectar a seus leitores para promover transformações reais”, explica Pâmela Vaiano, Diretora de Comunicação da 99.

COMO SE INSCREVER

O Lab 99 + Nexo de Jornalismo Digital é gratuito e voltado para recém-formados (a partir de dezembro de 2017) e estudantes de graduação do último ano de Jornalismo ou Comunicação Social, com ênfase em Jornalismo.

Para se inscrever, é preciso preencher um formulário e submeter uma pauta relacionada ao tema. Serão 30 selecionados para participar do Lab. No processo de seleção, será considerada a representatividade de participantes de todas as regiões brasileiras, além de observada a diversidade de gênero e de raça/cor do grupo. A organização custeará os gastos de viagem e hospedagem dos participantes de fora da cidade de São Paulo.

“Todos os dias temos o desafio de trazer para os leitores histórias inspiradoras e relevantes para pensar o Brasil e o mundo. Novos formatos narrativos junto a outras possibilidades do jornalismo digital permitem fazer isso de maneira cada vez mais criativa. Contribuir para a formação de jovens profissionais a partir dos aprendizados que o Nexo acumula desde a sua fundação faz parte da visão do jornal sobre o que é fazer um jornalismo realmente transformador”, explica Paula Miraglia, CEO e fundadora do Nexo Jornal.

Ao final do curso, os participantes produzirão conteúdos para uma série especial sobre mobilidade urbana, que será publicada no Nexo Jornal. Além disso, os autores dos melhores conteúdos serão premiados na categoria Jovens Jornalistas do Prêmio 99 de Jornalismo 2019. Serão R$ 5 mil para o primeiro lugar, R$ 3 mil para o segundo e R$ 2 mil, para o terceiro.

As inscrições podem ser feitas até as 23h59 do dia 22 de setembro, pelo site http://www.premio99dejornalismo.com.br/#processoseletivo

Sobre a 99

A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil.

Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Compartilha, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo Horizonte MG); e o 99Comfort, que reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS).

Sobre o Nexo

Jornal digital, lançado em novembro de 2015, com o objetivo de trazer contexto às notícias e ampliar o acesso a dados e estatísticas. Sempre de forma inovadora e a partir de conteúdos amplos e instigantes, sua produção editorial privilegia o rigor e a qualidade da informação. Desde a sua fundação, o Nexo tem como principal motivação produzir um jornalismo que contribua para um debate público qualificado e plural, e que seja capaz de fortalecer a democracia brasileira.

Iniciativa independente, financiada com recursos próprios, e tem três cofundadores: Paula Miraglia, Renata Rizzi e Conrado Corsalette. Com sede em São Paulo, sua equipe é constituída por pessoas com diferentes formações e habilidades, incluindo jornalismo, ciências sociais, estatística, ciência de dados, design, tecnologia, marketing e negócios.

comece o dia bem informado: