Carteira de trabalho
Carteira de trabalhoFoto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Confira o quadro de vagas de empregos nas Agências Estaduais do Trabalho referente a esta segunda-feira (30). As oportunidades foram divulgadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Há 173 oportunidades, das quais 20 são exclusivas para pessoas com deficiência.

O quadro apresenta as oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais.

Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq.

Leia também:
‘Vagas de emprego’ foi tema mais buscado pelos pernambucanos em 2019

Confira as oportunidades: 

A virada na carreira profissional
A virada na carreira profissionalFoto: Greg Vieira / Arte FolhaPE

Não dá para negar que dificuldades fazem parte do dia a dia da vida. Contudo, as formas de enfrentar as reviravoltas do mundo profissional com relação às posições que ocupamos e o trabalho realizado colocam o profissional entre três escolhas: se valorizar, mudar de área ou permanecer no mesmo lugar? A resposta se encontra no nível de satisfação em que a pessoa se encontra. Reconstruir uma relação saudável com o trabalho é uma das formas de dar a volta por cima e se mostrar um novo profissional em 2020.

Quando uma pessoa se encontra indisposta com uma atividade que já realiza há algum tempo pode ser um sinal de mudança pessoal. “A gente muda e o trabalho também passa pelo nosso desenvolvimento, que é para sempre”, esclareceu a doutora em psicologia, Daniele Rabelo. Ela esclareceu que o trabalho é extremamente importante para o bem-estar do ser humano. “O trabalho é uma das dimensões bem importantes estudadas na psicologia, por que é uma das dimensões da vida. Envolve nosso tempo, porque a maior parte do tempo que a gente passa na vida passa trabalhando”. Além disto, a falta de agrado em um ponto de tamanha importância na vida pode desencadear um adoecimento psíquico. “Quando a pessoa está fazendo algo que ela não tá satisfeita, a gente pode entender como uma forma de prisão. Você vai todo dia para um lugar que você não quer, você tá fazendo algo que não se identifica mais”, exemplificou a doutora.



Formada em jornalismo, Thayuana Araújo, mudou de carreira após 2 anos de experiência na área. Ela cursou Direito e se encontrou profissionalmente. “Não descarto o que eu passei antes, saí por ver que o povo trocava muito fácil o profissional de jornalismo. Mas o que eu sou hoje é resultado do que eu precisei passar antes, em jornalismo”, contou Thayuana.

Consultor e facilitador de treinamentos para empresas, Edson Xavier Junior convida as pessoas para analisar os últimos 5 anos de carreira profissional. “A pessoa precisa fazer uma análise dos últimos cinco anos. Ela está evoluindo nos últimos cinco anos? Ela cresceu? Está estabilizada? Se perceber que em cinco anos não mudou nada, provavelmente a pessoa entrou na zona de conforto”, explicou.

Algumas pessoas não precisam mudar de área para ir de encontro à satisfação. Para a doutora Daniele Rabelo, uma mudança no horário ou na forma de planejar o cotidiano no trabalho já pode resolver o incômodo pessoal. “O acompanhamento de um profissional ajuda muito a direcionar essa pessoa, um psicólogo auxilia essa pessoa a encontrar a verdadeira fonte do problema, que pode não ser uma mudança de área”, contou.

Ingridy Dias, dona de uma empresa do ramo da estética, começou a carreira como design de sobrancelhas. Impulsionada pelo desejo de aprender sobre maquiagem, cílios e sobrancelha para si mesma, ela nunca pensou que mudaria o percurso da vida com o trabalho que ela fazia como complementar de orçamento. “Tudo que eu fiz, até hoje, sempre foi pra mim. Nunca pensei que eu ia empreender nesse negócio”, contou. Incontáveis cursos de especialização, uma graduação em estética e cursando biomedicina depois, ela agora tem planos de expandir suas unidades e dar ainda mais cursos de formação. “Eu nunca parei por que eu acho importante você estar completamente inserida no mercado de trabalho, entendendo de saúde. Por que estética não é só estética, estética é saúde”, complementou.

Ingridy Dias se atualiza sempre com novas especialidades

Ingridy Dias se atualiza sempre com novas especialidades - Crédito: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

Prefeitura de Caruaru fará novo processo de seleção simplificada
Prefeitura de Caruaru fará novo processo de seleção simplificadaFoto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Caruaru está com vagas abertas em mais uma seleção pública simplificada. Dessa vez, as vagas estão disponibilizadas para o Centro de Referência da Mulher, com seis vagas de nível superior; 88 vagas para professores ETI nas escolas de tempo integral; seis vagas para coveiros, com nível fundamental incompleto; e mais de 200 vagas para nível fundamental na Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

As inscrições vão até o dia 6 de janeiro. Todas as informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital, no site https://selecoes.caruaru.pe.gov.br.


Seleção simplificada

Seleção simplificada - Crédito: Reprodução/Pixabay

Carteira de trabalho
Carteira de trabalhoFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Confira o quadro de vagas de empregos nas Agências Estaduais do Trabalho referente a esta sexta-feira (27). As oportunidades foram divulgadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Há 262 oportunidades, das quais 29 são exclusivas para pessoas com deficiência.

O quadro apresenta as oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais.

Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq.

Leia também:
‘Vagas de emprego’ foi tema mais buscado pelos pernambucanos em 2019

Confira as oportunidades: 

Carteira de Trabalho
Carteira de TrabalhoFoto: Agência Brasil

Confira o quadro de vagas de empregos nas Agências Estaduais do Trabalho referente a esta quinta-feira (26). As oportunidades foram divulgadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Há 251 oportunidades, das quais 27 são exclusivas para pessoas com deficiência.

O quadro apresenta as oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais.

Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq.

Leia também:
‘Vagas de emprego’ foi tema mais buscado pelos pernambucanos em 2019

Confira as oportunidades: 

Confira a lista atualizada dos principais editais abertos de concursos e seleções
Confira a lista atualizada dos principais editais abertos de concursos e seleçõesFoto: Arte FolhaPE

Pernambuco
Sesau Recife - Secretaria de Saúde do Recife
Vagas: 695 vagas
Remuneração: De R$ 833,60 até R$ 13.585,50
Nível: Médio, técnico e superior
Prazo: Até o dia 13 de janeiro
Valor da inscrição: De R$ 50,00 até R$ 100,00
Inscrições: As inscrições podem ser feitas pelo site www.institutoaocp.org.br
___________________________________________________
Prefeitura de Goiana
Vagas: 41 (procurador, guarda municipal e diversas áreas)
Remuneração: R$ 998,00 a R$ 5.988,00
Prazo: até o dia 29 de dezembro.
Nível: fundamental, médio e superior
Taxa: R$ 65 a R$ 95,00
Inscrições:
Procurador Municipal:
Guarda Municipal:
Outras áreas:
___________________________________________________
Prefeitura de Timbaúba
Vagas: 685 vagas
Remuneração: De R$ 998 a R$ 8.800
Nível: Fundamental, médio e superior
Prazo: Até o dia 17 de janeiro
Valor da inscrição:R$ 32 (nível fundamental);R$ 40 (médio);R$ 60 (superior)
Inscrições: As inscrições podem ser feitas pelo pelo site www.institutodarwin.org
__________________________________________________
Prefeitura de Toritama
Vagas: 166 (professor, agente de trânsito, agente comunitário, guarda municipal)
Remuneração: R$ 1030,00 a R$ 2557,74
Nível: médio e superior
Prazo: até 27 de dezembro
Valor da inscrição: R$ 125,00 (médio) e R$ 130,00 (superior)
Inscrições: presenciais, na rua Dorival José Pereira, 1370, Parque das Feiras.
___________________________________________________
Norte/ Nordeste
Prefeitura de Sapé-PB
Vagas: 218 vagas
Remuneração: De R$ 998 até R$ 2.853,47
Nível: Fundamental, médio, técnico e superior
Prazo: Até o dia 19 de janeiro
Valor: R$ 65 (nível fundamental);R$ 85 (médio);R$ 105 (superior)
Inscrições: Inscrições podem ser efetuadas pelo site www.cpcon.uepb.edu.br
___________________________________________________
Ministério Público do Ceará 
(Promotor)
Vagas:44
Remuneração: Até R$ 30.404,42
Nível: Superior
Prazo: Até 3 de janeiro
Valor da inscrição: R$ 280,00
___________________________________________________
Prefeitura de Mataraca - PB

Vagas: 57
Remuneração: de R$ 998,00 até R$ 11.000,00
Nível: Todos
Prazo: Até 4 de fevereiro
Valor da inscrição: R$ 50 (médio), R$ 70 (técnico) e R$ 100 (superior)
Inscrições: www.contemaxconsultoria.com.br/site/

___________________________________________________
Prefeitura Municipal de Boqueirão - PI

Vagas:64
Remuneração: De R$ 998,00 a R$ 4.500,00
Nível: Todos
Prazo: Até 20 de janeiro de 2020
Valor da inscrição: De R$ 73,60 a R$ 110,00
___________________________________________________
Prefeitura de Aquiraz (CE)

Vagas: 320 (advogado, educador e orientador)
Remuneração: R$ 1.010,00 a R$ 2.256,00
Nível: fundamental, médio e superior
Prazo: até 24 de dezembro
Valor: R$ 62,00 a R$ 88,00
___________________________________________________
Prefeitura São Gonçalo do Amarante-RN

Vagas: 583 vagas
Remuneração: De R$ 998,00 Até R$ 3002,03
Nível: Fundamental, médio, técnico e superior
Prazo: Até o dia 6 de janeiro
Valor da inscrição: De R$ 45,00 até R$ 70,00
Inscrições: As inscrições podem ser realizadas pelo site www.ibfc.org.br
___________________________________________________
Prefeitura de Cristinápolis (SE)

Vagas: 220 (professor, guarda municipal e motorista)
Remuneração: R$ 980,00 a R$ 5.000,00
Nível: fundamental, médio, técnico e superior
Prazo: Até 29 de dezembro
Valor: R$ 50,00 a R$ 100,00
_________________________________________________
Prefeitura de João Costa - PI

Vagas: 61
Remuneração: De R$ 998,00 a R$ 1.250,00
Nível: Médio e superior
Prazo: Até 27 de dezembro
Valor da inscrição: De R$ 70,00 até R$ 110,00
_________________________________________________
Outras regiões
Ministério Público do Trabalho

Com chances na Paraíba, Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal, o concurso MPT (Ministério Público do Trabalho) abriu inscrições.
Vagas: 04 (procurador do trabalho)
Remuneração: R$ 28.947,55
Prazo: até 26 de dezembro
Valor: R$ 220,00
__________________________________________________
Crefono 5 - Conselho Regional de Fonoaudiologia da 5ª Região (GO-DF)
Vagas:165
Remuneração: De R$ 1.461,58 até R$ 3.816,00
Nível: Médio e superior
Prazo: Até 7 de janeiro
Valor da inscrição: De R$ 50,00 até R$ 60,00
__________________________________________________

Prefeitura de Vila Velha-ES
Vagas: 1.423 (saúde, educação, administrativo, além do Instituto de Previdência de Vila Velha)
Remuneração: entre R$ 998 e R$ 4.762,82
Nível: médio e superior
Prazo: até 19 de janeiro
Valor: R$ 30 (nível médio);
R$ 40 (superior)
Inscrições:www.ibade.org.br
__________________________________________________
CFO - Conselho Federal de Odontologia (Brasília-DF)

 

Vagas: 125
Remuneração: De R$ 3.180,00 até R$ 8.680,00
Nível: Médio, técnico e superior
Prazo: Até 7 de janeiro
Valor da inscrição: De R$ 65,00 até R$ 85,00

__________________________________________________
 Concursos previstos:

Vários órgãos já solicitaram abertura de concurso ao Governo Federal e aguardam aprovação, entre eles:
- Reciprev
- Polícia Federal
- Polícia Rodoviária Federal
- INSS
- Banco Central
- Banco do Brasil
- Caixa Econômica Federal
- Conselho Nacional do MP
- Defensoria Pública da União
-Marinha do Brasil

Carteira de trabalho
Carteira de trabalhoFoto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Confira o quadro de vagas de empregos nas Agências Estaduais do Trabalho referente a esta segunda-feira (23). As oportunidades foram divulgadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). Há 133 oportunidades, das quais 21 são exclusivas para pessoas com deficiência e duas, temporárias.

O quadro apresenta as oportunidades em duas partes: em vermelho, as vagas para Pessoa Com Deficiência (PCD) e em preto aos demais.

Confira os endereços e telefones das Agências do Trabalho no site da Seteq.

Leia também:
‘Vagas de emprego’ foi tema mais buscado pelos pernambucanos em 2019

Confira as oportunidades: 

Em 2020, os concurseiros buscam a aprovação para conquistarem a estabilidade financeira
Em 2020, os concurseiros buscam a aprovação para conquistarem a estabilidade financeiraFoto: Arte FolhaPE

O sonho da estabilidade financeira por muitas vezes vai ao encontro da palavra “concurso”. A participação na administração pública do seu município, estado e país é uma garantia presente desde 1948 na Declaração Geral dos Direitos Humanos. O concurso garante que o princípio de igualdade de competição na forma de ingresso seja respeitada, apresentando uma mesma prova para os candidatos que concorrem a um mesmo cargo específico. Em Pernambuco, alguns concursos foram confirmados para o novo ano, mas será que ainda dá para investir em concursos em 2020? O curto tempo de estudo com relação ao edital publicado e a prova propriamente dita é um percalço para alguns estudantes. Porém, o estudo direcionado faz a diferença ainda antes do lançamento dos certames.

Experiente na instrução de estudantes para concursos, Geneide Ferreira estuda as bancas organizadoras antes de dar aulas. “A cada edital lançado, a gente se prepara para dar aulas específicas sobre o que cada banca pede na prova”, contou a professora e dona de cursinho preparatório. Para ela, uma pessoa decidida a prestar concurso precisa estudar antes mesmo da oportunidade aparecer. “ O problema é que os concurseiros querem deixar tudo para última hora”, reclamou.



A professora salientou que mesmo com a dificuldade de encontrar tempo livre, pouco tempo de estudo já faz a diferença. “Não é o tempo que você estuda, mas a qualidade com que você estuda”, explicou. Vídeoaulas e questões práticas são alternativas para quem precisa aproveitar melhor o tempo. Renata Nunes, aluna de Geneide, presta concursos públicos há mais de seis anos, mas só começou a estudar de uma forma direcionada, com aulas, no último ano. “Da última vez que fiz uma prova já estava mais confiante, por me sentir mais preparada mesmo”, contou. Com a aproximação das festas e reuniões de fim de ano, as comparações e cobranças de familiares com a prima que passou no concurso e o tio concurseiro são inevitáveis. Renata, por exemplo, começou a prestar provas para cargos públicos por inspiração em pessoas da família. "Eu tenho um espelho, que são algumas pessoas da minha família que fizeram concurso e estão bem na vida", explicou.

Renata Nunes se prepara para concursos públicos

Renata Nunes se prepara para concursos públicos - Crédito: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco


Gustavo Dias, recém formado em medicina, escolheu fazer concurso pela estabilidade financeira. “É muito difícil encontrar um hospital que te contrate sem ser como prestador de serviço”, contou sobre sua área. Para ele, a garantia de direitos trabalhistas como férias remuneradas, vínculo e afastamento remunerado em caso de doença é de suma importância. A flexibilização dos contratos de trabalho, impulsionada no Brasil desde 2017 e fomentada pelo fim do Ministério do Trabalho, em alguns casos, torna o profissional facilmente substituível, pondo em risco planejamentos a longo prazo. “Para quem tem família é meio complicado esse jogo de azar, de você não saber seu futuro. O que o concurso já te dá, o salário geralmente não atrasa, você tem um vínculo profissional, direito à previdência”, explicou Gustavo.

Com a abertura do concurso público para a área de saúde da Prefeitura do Recife, diversos profissionais decidiram se dedicar aos estudos para tentar uma vaga. Márcio Nogueira, cirurgião-dentista clínico geral, é um dos candidatos para o concurso. Ele aposta na vaga pública pela maior remuneração e segurança. “O país está em crise e a situação está complicada, principalmente para a minha área. Como tem muito dentista e o plano de saúde não valoriza o profissional, busquei o concurso”, esclareceu. Para ele, o receio de diminuição dos concursos públicos nos últimos anos o fez focar mais nas seleções. "Nos próximos anos o que se espera é não abrir mais concurso, aí a gente tem que se segurar agora", concluiu.


Geneide Ferreira, professora de preparatório para concurso e dona de cursinho

Geneide Ferreira, professora de preparatório para concurso e dona de cursinho - Crédito: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

Instalação de novo frigorífico, no município de Canhotinho, vai desenvolver a pecuária de corte na região
Instalação de novo frigorífico, no município de Canhotinho, vai desenvolver a pecuária de corte na regiãoFoto: Heudis Régis/ SEI

O governador Paulo Câmara recebeu o presidente da Masterboi, Nelson Bezerra, no Palácio do Campo das Princesas, para anunciar mais um investimento para o Estado: a instalação de um frigorífico industrial no município de Canhotinho, no Agreste Meridional. A empresa utilizará uma área de 110 hectares, com investimento de R$ 112 milhões e a perspectiva de geração de cerca de 800 empregos diretos. As obras estão previstas para começar no primeiro semestre de 2020, e as atividades, em meados de 2022.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, pontuou que o investimento é importante para a economia do Estado e para o desenvolvimento do Agreste Meridional. “É um frigorífico que vai desenvolver toda a questão da pecuária de corte. Uma indústria como essa vai estabelecer toda uma cadeia, ali no Agreste Meridional, atingindo também a Mata Sul. É um olhar para uma área que precisava ter um desenvolvimento dentro da sua vocação”, explicou o secretário.

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Carlos Porto, elogiou a iniciativa do governador e de sua equipe em levar mais esse investimento ao interior do Estado. “É fundamental, e quero deixar registrado o empenho pessoal que teve o governador Paulo Câmara e sua equipe para que essa indústria fosse instalada no Agreste Meridional, que é uma região eminentemente dedicada à pecuária”, afirmou Carlos Porto.

Para o conselheiro, o Agreste Meridional viverá um novo momento após a instalação da Masterboi. “Será um novo espaço, um novo período e uma fase de muito desenvolvimento. Além dos empregos gerados, teremos também a economia, o recolhimento dos impostos, o movimento do comércio. Vai se criar uma nova cultura no sentido da criação do gado, aumentar os rebanhos e, consequentemente, gerar empregos e riqueza para o Estado”, finalizou.

O presidente da Masterboi, Nelson Bezerra, acredita que será mais um grande passo da empresa no Estado de Pernambuco. “Agradecemos bastante o apoio do governador Paulo Câmara e de todos que se empenharam para esse feito. Na instalação, teremos a capacidade de abater cerca de 500 cabeças de gado e também de caprinos por dia. Essa vai ser mais uma conquista para o grupo Masterboi, com a tendência de atender a todo o mercado do Norte e Nordeste e até a exportação”, comemorou o empresário.

Estiveram presentes ainda os secretários Décio Padilha (Fazenda) e José Neto (Casa Civil), além de Miguel Zaidan, diretor administrativo da Masterboi, Roberto Abreu e Lima, presidente da Ad Diper, e o deputado estadual Antônio Moraes.

SOBRE A MASTERBOI - A empresa é pernambucana, com matriz no Recife, e há 19 anos atua no mercado nacional de processamento e distribuição de alimentos. A Masterboi produz cortes especiais e, além dos produtos de marca própria, também atua com distribuição, exportação e importação. Seu mix de produtos é composto por mais de 700 itens, entre carnes bovinas, espetinhos, carne de sol, charqueados, aves, suínos, embutidos, laticínios, ovinos, pescados, crustáceos e vegetais.

A empresa possui atualmente cinco unidades em Pernambuco, sendo um centro de distribuição e processamento e quatro lojas de atacarejo. Além disso, opera um centro de distribuição na Paraíba e duas plantas frigoríficas industriais em Tocantins e no Pará, com capacidade de abate de 1,7 mil bois por dia. Todas as unidades frigoríficas tem certificação do SIF (Serviço de Inspeção Federal) e são habilitadas a exportar para mais de 45 países. Ao todo, possui 2,7 mil funcionários distribuídos nas suas unidades do distribuídos nas suas unidades do Recife, São Geraldo do Araguaia (PA) e Nova Olinda (TO). A empresa deve fechar o ano com cerca de R$ 1,5 bilhão em receitas. 

Estudantes
EstudantesFoto: divulgação

Na manhã desta quinta-feira (19), o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco homologou acordo judicial com a empresa Lear do Brasil Indústria e Comércio de Interiores Automotivos Limitada (Ltda), que não vinha destinando o mínimo de 5% das vagas de formação profissional para jovens aprendizes. Além de passar a oferecer 17 novos postos de trabalho na modalidade aprendizagem profissional, completando os 55 que, na empresa, correspondem ao percentual mínimo legal, o empreendimento concordou em destinar a quantia de cinco mil reais para a confecção de camisas com mensagem contra o trabalho infantil, como reparação por danos morais coletivos. As peças serão usadas em atos de conscientização da Coordenadoria Regional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), do MPT.

No acordo, assinado pelo juiz do Trabalho Guilherme Morais de Mendonça no âmbito da ação de autoria da procuradora do MPT Maria Roberta Komuro, a Lear do Brasil também concordou em pagar multa de cem mil reais, em caso de descumprimento do número de contratações acordado. A empresa se compromete, ainda, em pagar mais cinco mil reais por cada posto de aprendizagem profissional deixado vago de maneira irregular.

Pela Lei de Aprendizagem, o contratado nesse regime deve frequentar curso profissionalizante na área em que, no contraturno, estará trabalhando. A formação em Eletricidade Predial e Manutenção Industrial que será a parte teórica dos novos contratos de aprendizagem da Lear, terá carga horária de 480 horas e será ministrada pela Inspetoria Salesiana do Nordeste do Brasil, da Escola Dom Bosco. A Lear, que atua no município de Goiana, celebrou convênio específico com o instituto, para o cumprimento da obrigação com a sociedade. A empresa tem até o dia 3 de fevereiro de 2020, data de início do curso, para apresentar ao MPT os documentos comprobatórios da inserção dos jovens no programa de aprendizagem.


A procuradora Maria Roberta Komuro expressou satisfação pela solução pacífica representada pelo acordo firmado com a empresa. “Mais do que o pagamento da multa, o principal é a regularização da conduta, com a oferta das novas vagas de aprendizagem, que representa o cumprimento da função social da propriedade privada e a qualificação de novos profissionais experientes em um setor que é altamente importante para o desenvolvimento da indústria da região”, afirmou.

Aprendizagem

A Lei 10.097/2000, conhecida como Lei de Aprendizagem, determina que toda empresa com ao menos sete funcionários em cargos que demandam formação profissional é obrigada a reservar a aprendizes de 5% a 15% dessas vagas. A exceção, expressa pelo Decreto nº 9.579/2018, são as micro e pequenas empresas e as organizações sem fins lucrativos. De acordo com o decreto, essas organizações ficam dispensadas da obrigação de contratar aprendizes.

É considerado aprendiz o jovem entre 14 e 24 anos inscrito em programa de aprendizagem de entidade habilitada, que desenvolve atividades teóricas e práticas. A norma ainda determina que o aprendiz não trabalhe em locais prejudiciais ao desenvolvimento, nem em horários que dificultem a frequência à escola.

A relação de aprendizagem é estabelecida por contrato específico, ajustado por prazo determinado de até dois anos. Caso o aprendiz seja pessoa com deficiência, não haverá limite máximo de idade para a contratação. Embora a Lei de Aprendizagem não se estenda aos órgãos públicos, o MPT tem estimulado a prática, por meio de procedimentos promocionais.

comece o dia bem informado: