Foram encontrados 4 resultados para "Abril 2020":

Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Mande sua pergunta também através do e-mail [email protected] ou para o ou para o WhatsApp (81) 9479-6141. Esta semana, quem responde é Bruno Moura, economista, mestre em administração e professor e consultor de finanças filiado à Unibra.

Como anda o mercado? Qual a aposta da semana?

O mercado tem apresentado uma maior estabilidade nas últimas semanas. Finalmente a IBovespa voltou a flutuar na casa dos 80mil pontos, o que representa 70% do índice que estávamos antes da pandemia do Covid-19 atingir a economia da China e, posteriormente, mundial. Contudo, apesar desta recente estabilização, os contínuos alertas da Organização Mundial de Saúde (OMS) quanto ao efeito da pandemia na América Latina e o retorno negativo da economia estadunidense podem causar efeitos atípicos na economia brasileira. Para mais informações, acesse uma corretora de investimentos ou seu gerente bancário.

O que fazer quando as restrições na economia começarem a diminuir? Devo esperar um retorno rápido do mercado financeiro?

O fim das restrições financeiras vai coincidir com um aumento da taxa de juros. O retorno às atividades, significa retorno ao consumo e surto inflacionário no curtíssimo prazo. De modo a impedir tal fenômeno e, tentando restabelecer o padrão da economia, a taxa de juros deve aumentar, mas não muito. Depende do tipo de investimento aplicado. Se você investir em commodities que estão com preço baixo na bolsa de valores, pode ter um retorno rápido e acima da média.

Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Nesta semana, quem responde é o sócio da Dapes Investimentos, Felipe Tavares. Envie sua pergunta para [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141

Tenho R$ 15 mil e gostaria de investir a longo prazo. Qual a melhor solução em meio a essa crise? - José Carlos.

José Carlos, a chave sempre é a diversificação, não colocar todos os ovos numa mesma cesta. Na alocação de qualquer valor, deve ser levado em conta o seu perfil de investidor. Pessoas com perfil mais conservador devem alocar mais em renda fixa, e pessoas com perfil mais arrojado devem alocar mais em renda variável. Durante a crise aparecem ótimas oportunidades, caso você tenha o perfil para ações, você pode se expor pensando o longo prazo, com um período de 5 anos ou mais. Inclusive pode fazer isso via fundos de ações, caso não saiba escolher suas ações sozinho.

Qual a melhor opção de investimento pra retorno rápido atualmente? - Marina Dias.

Retornos rápidos necessariamente requerem um risco mais elevado. Existem muitas oportunidades para operações de curto prazo no mercado de opções, no mercado de ações e no de crédito privado. Porém, todos esses ativos, principalmente para o curto prazo, sendo ainda mais agravado devido as incertezas sobre a crise da Covid-19, trazem um risco alto ao investidor, que precisa saber bem o que está fazendo antes de realizar quaisquer dessas operações. Se possível, contar com a ajuda de um profissional, como um assessor ou consultor em investimentos.

Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte / Folha de Pernambuco

Aqui, neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Nesta semana, quem responde é o professor do Cedepe Business School Arthur Lemos. Mande sua pergunta também para [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141.

Com o dólar caindo um pouco, seria vantajoso comprar neste momento como investimento? - André Diniz.

Para construção de uma carteira de investimentos eficiente, é recomendado que o investidor diversifique em várias classes de ativos. Assim sendo, é saudável ter ativos de proteção, como dólar e ouro, além de produtos de renda fixa. Ou seja, o dólar pode fazer sentido para a composição de uma carteira de investimentos, mas não por conta da queda recente, e sim pela estratégia. Afinal de contas, a única certeza que temos quando tentamos prever a trajetória do dólar é que nós não iremos acertar, uma vez que o futuro é impenetrável. Não se pode prever nada no mercado financeiro.

O ouro pode ser uma alternativa em relação à Bolsa? - Mariana Karla.

Do ponto de vista da construção de um portfólio, o ouro pode compor uma carteira. Não se trata de uma alternativa à bolsa, já que são coisas diferentes. O investidor precisa entender qual a sua estratégia. Se você quer ter um pouco de proteção, você encontrará ativos, como por exemplo o ouro, que trarão essa proteção para a sua carteira. Se por outro lado você quer obter retornos maiores ao longo do tempo, investir em ativos de renda variável (notadamente ações de empresas negociadas na bolsa de valores) pode ser uma excelente alternativa também. São coisas diferentes, e ambas podem fazer sentido em uma carteira diversificada.

Investir no tesouro direto por ser uma solução em meio à instabilidade do mercado da Bolsa? - João Paulo.


Quando o investidor opta por investir em títulos públicos através do tesouro direto, ele está buscando, regra geral, segurança e liquidez. Ao investir na bolsa de valores, a maior motivação para a maioria dos investidores é o potencial retorno que eles podem obter. São coisas diferentes e ambas podem fazer sentido para o investidor.

Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Aqui, neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Nesta semana, quem responde é o analista de investimentos da Finacap Alexandre Brito. Envie sua pergunta para [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141.

O investimento no ouro pode ser uma boa saída durante esta crise? - Jurandir Diniz


A grande vantagem do ouro, dentre as opções de investimento conservadoras, é que ele é o único ativo que não detém risco de contraparte. Ou seja, você não tem o risco de receber seu dinheiro de volta. O ouro é conhecidamente um ativo de proteção, especialmente em momentos de turbulência. Porém, vale a pena ressaltar que mesmo o ouro, teve períodos neste último mês atípico de apresentar desvalorização. No momento atual, acredito que não faz tanto sentido investir em ouro por conta da grande valorização que ele já vinha apresentando.

Esse seria um momento para usar algumas reservas e arriscar novos investimentos? - Karla Couto

A principal questão que todos os investidores devem se preocupar, seja tanto em momentos adversos quanto de bonança, é a diversificação da sua carteira de investimentos. Caso seja aderente ao seu perfil de investidora e você tenha apetite a risco, é um momento de oportunidade para investimento em ativos de risco, especialmente em renda variável. Enxergamos o mercado de ações hoje com muitas empresas negociando a preços interessantes. Entretanto, vale salientar, novamente, a importância da diversificação e ser amparada por profissionais na sua tomada de decisão.

Tenho uma quantia de Dólar que comprei cinco anos atrás e penso em vender. Seria uma vantagem aplicar em alguma poupança? - Julia Reis

Caso você não tenha a pretensão de utilizar a moeda em alguma viagem que venha a programar quando a situação de se normalizar, pode ser uma alternativa. Recomendo considerar investir em aplicações mais interessantes em termos de risco x retorno, do que a poupança. Mesmo investimentos tão conservadores quanto, é possível encontrar melhores alternativas.

comece o dia bem informado: