Foram encontrados 4 resultados para "Maio 2020":

Folha finanças
Folha finançasFoto: Arte/FolhaPE

Neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Nesta semana, quem responde é Felipe Tavares, administrador e sócio da Dapes Investimentos. Mande sua pergunta também para [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141

Quero montar uma aposentadoria privada. Devo ficar atento ao quê? (Pedro Teixeira)

Existem diversas formas de montar um portfólio para aposentadoria. Você pode investir na própria previdência privada, onde é necessário observar diversos detalhes, como tipo de tributação (progressiva ou regressiva), tipo do plano (PGBL ou VGBL), e por fim, e mais importante, qual fundo de previdência investir. Além da previdência privada, para investidores mais conservadores, o Tesouro Direto possui alguns títulos que podem fazer sentido, como é o caso do Tesouro IPCA +, que corrige o valor pela inflação e ainda te remunera uma taxa extra. Nesse caso, é bom ficar atento às taxas que o título vai te remunerar e ao prazo de vencimento do título, para que coincida, mais ou menos, com a época que pretende se aposentar. E por fim, e não menos importante, é possível pensar em aposentadoria com ações, para investidores mais arrojados. Se optar por ações diretas, reinvestir os dividendos ao longo do caminho é o segredo, mas também pode-se optar fazer esse investimento via fundos (usuais ou previdenciários)

Qual o efeito dos juros compostos no meu orçamento? (Clarisse Silveira)

Dizem que Einstein falou que "os juros compostos são a oitava maravilha do mundo, quem entende, ganha com isso, quem não entende, paga". Se você possui dívidas, elas irão aumentar com os juros compostos, tomando maior parte da sua renda/patrimônio, se você possui investimentos, esses juros irão trabalhar a seu favor.

Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte/FolhaPE

Aqui nesse espaço você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Mande sua pergunta também. Nesta semana, quem responde é Felipe Tavares, sócio da Dapes Investimentos. Especialista dá dicas de como você pode investir seu dinheiro. Envie sua pergunta para [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141

Moro no aluguel e tenho 100 mil reais para iniciar um investimento. Devo comprar uma casa financiada, aplico no tesouro, ou em ações a médio prazo e continuo no aluguel? Qual seria a melhor alternativa? (Carla Brito)

Essa é uma pergunta muito pessoal, e que muito deve ser levado em conta. Quanto é o aluguel hoje? Qual a taxa de juros do seu financiamento? Você está satisfeito morando de aluguel, ou realmente quer uma casa própria? Muitas vezes é possível fazer uma carteira para gerar renda mensal, ajudando no pagamento (parcial) do aluguel, e o que sobrar por mês reinvestir, para acumular patrimônio, e no futuro dar uma entrada até maior no financiamento.

Pretendo comprar um imóvel. Qual o percentual de financiamento que os bancos costumam conceder? (Mariana Silveira)

Com a queda da taxa de juros e do IPCA as taxas dos financiamentos baixaram. É possível encontrar financiamentos imobiliários a partir de 6,50% ao ano, com prazos de até 35 anos para pagamento.

Folha Finanças esclarece sobre como investir seu dinheiro
Folha Finanças esclarece sobre como investir seu dinheiroFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Aqui nesse espaço você encontra esclarecimentos de especialistas sobre
como investir o seu dinheiro. Mande sua pergunta também. Nesta semana, quem responde é Felipe Tavares, administrador e sócio da Dapes Investimentos. Mande sua pergunta também para o e-mail [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141.

Tenho um financiamento de um veículo que vem consumindo muito dinheiro. Principalmente durante esta época de quarentena, será que vale a pena ir atrás de um investimento para ajudar a quitar essa dívida? (Júlio Carvalheira)
Nenhum investimento conservador terá uma taxa de juros maior que a do
seu financiamento. O ideal, caso possível, seria quitar a dívida, caso esse dinheiro que você dispõe para investir seja o suficiente. Caso contrário, observar se é possível uma renegociação do financiamento, e em último caso, buscar outro tipo de empréstimo
pessoal com um juros mais baixos que o do seu financiamento, de preferência com alguma carência para você começar a pagar as parcelas.

Tesouro direto: é um bom investimento? Teria alguma opção mais vantajosa? (Pedro Ferreira)
Existem diversos tipos de tesouro direto. O mais conservador de todos
é o Tesouro SELIC, que, como o nome já diz, rende a Taxa SELIC, hoje em 3% ao ano. Apesar da taxa mais baixa da história, o título ainda rende acima do esperado para inflação, por volta de 2% esse ano. Porém existem outros títulos do tesouro, como o IPCA +, para quem pensa na aposentadoria ou no longuíssimo prazo, pode ser interessante, um título que vai remunerar a inflação e ainda uma taxa "extra". É importante lembrar que a saída antecipada do título do tesouro IPCA pode acarretar perdas.

Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Esta semana quem responde é Bruno Moura, economista, mestre em administração e professor e consultor de finanças filiado à Unibra. Mande sua pergunta também para o e-mail [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141.

Queda no preço do petróleo impacta a bolsa brasileira fortemente? De que forma?(Elayne Dias)

Depende do tipo do petróleo. Se você está se referindo ao que aconteceu nos EUA, quando o preço do barril chegou ao patamar negativo (US$ -32,00), está tratando do tipo WTI. Esse tipo é o que é produzido pelos EUA para consumo próprio e não tem impacto direto no preço aplicado aqui no Brasil, que está atrelado ao tipo Brent (Britânico). Contudo, como as economias globais estão interligadas e, por exemplo, a Petrobrás tem uma parte de seus dividendos comercializados em bolsas estrangeiras, acaba que afeta. Um fato interessante é que esse susto no preço do petróleo WTI aconteceu no dia 21 de Abril, feriado de Tiradentes, logo a nossa Bolsa de Valores escapou de uma especulação negativa que assolou às bolsas de valores do mundo todo.

Investimento ou poupança, a quem devo recorrer durante a quarentena? Não quero guardar meu dinheiro em casa. (Jonas Damasceno)

Depende da sua propensão a utilizar esse dinheiro. A boa verdade é que a maioria dos investimentos estão com uma rentabilidade baixíssima, visto que a taxa de juros SELIC contínua a despencar. Por consequência, a poupança que só rende uma fração da taxa SELIC está ainda mais baixa, apresentando, ao fim do ano, um rendimento real negativo. Se você tem disponibilidade para não precisar desse dinheiro nos próximos meses/ até o fim do ano, a melhor opção é investir. Se existe alguma chance de você precisar desse dinheiro no decorrer desse período complicado, melhor deixar na poupança que apresente liquidez imediata.

comece o dia bem informado: