BNDES terá a a responsabilidade pela venda da Lotex

O Ministério da Fazenda será o responsável pela coordenação e pelo monitoramento dos procedimentos e das etapas do processo de desestatização.

Nova diretoria, que toma posse dia 3, visitou presidente do Grupo?EQM, Eduardo Monteiro	Nova diretoria, que toma posse dia 3, visitou presidente do Grupo?EQM, Eduardo Monteiro  - Foto: Arthur de Souza

O governo federal repassou nesta quinta-feira (13) ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a responsabilidade pela venda à iniciativa privada do serviço público de Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), uma espécie de raspadinha virtual.

Conforme decreto publicado no Diário Oficial da União, o BNDES será responsável pela execução e pelo acompanhamento do processo de desestatização dos serviços. Anteriormente, a atribuição era do Banco do Brasil.

Ainda segundo o decreto presidencial, caberá ao banco de fomento “divulgar e prestar as informações concernentes exclusivamente ao processo de desestatização, inclusive para atendimento de solicitações do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República e demais poderes competentes”.

O Ministério da Fazenda será o responsável pela coordenação e pelo monitoramento dos procedimentos e das etapas do processo de desestatização.

Veja também

Receita Federal estima que metade dos fundos imobiliários sonegam impostos
receita federal

Receita Federal estima que metade dos fundos imobiliários sonegam impostos

INSS prorroga antecipação de R$ 1.045 do auxílio-doença e do BPC
inss

INSS prorroga antecipação de R$ 1.045 do auxílio-doença e do BPC