Economia

Bolsa de São Paulo cai mais de 8% após demissão de Moro

Sergio Moro pediu demissão na manhã desta sexta-feira (24)

DinheiroDinheiro - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Bolsa de Valores de São Paulo afundava mais de 8% nesta sexta-feira (24) e o real caía para recordes históricos em relação ao dólar, após a renúncia do ministro da Justiça Sergio Moro, que denunciou a "interferência política" do presidente Jair Bolsonaro.

Leia também:
Senado aprova linha de crédito de R$ 15,9 bi para micro e pequenas empresas
Diante do coronavírus, mães se unem e pagam contas umas das outras


Às 12h05, o Ibovespa perdia 8,36%, a 73.008 pontos, enquanto o dólar era negociado a 5,678 reais, comparado a 5,52 reais no fechamento do dia anterior.

Veja também

Etarismo, velhofobia e a mudança geracional do mercado de trabalho brasileiro
Mercado de trabalho

Etarismo, velhofobia e a mudança geracional do mercado de trabalho brasileiro

Programa Chapéu de Palha tem retorno presencial de cadastramento dos trabalhadores da cana-de-açúcar
Agronegócio

Programa Chapéu de Palha tem retorno presencial de cadastramento dos trabalhadores da cana-de-açúcar