Bolsa de São Paulo cai mais de 8% após demissão de Moro

Sergio Moro pediu demissão na manhã desta sexta-feira (24)

DinheiroDinheiro - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

A Bolsa de Valores de São Paulo afundava mais de 8% nesta sexta-feira (24) e o real caía para recordes históricos em relação ao dólar, após a renúncia do ministro da Justiça Sergio Moro, que denunciou a "interferência política" do presidente Jair Bolsonaro.

Leia também:
Senado aprova linha de crédito de R$ 15,9 bi para micro e pequenas empresas
Diante do coronavírus, mães se unem e pagam contas umas das outras


Às 12h05, o Ibovespa perdia 8,36%, a 73.008 pontos, enquanto o dólar era negociado a 5,678 reais, comparado a 5,52 reais no fechamento do dia anterior.

Veja também

Vazamento pode ter exposto na internet 220 milhões de dados pessoais de brasileiros
Internet

Vazamento pode ter exposto 220 milhões de dados de brasileiros

Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano
Selic

Copom mantém juros básicos da economia em 2% ao ano