Mercado Financeiro

Bolsa sobe 0,59% com noticiário positivo para a atividade econômica

Ibovespa fechou nos 130.207 pontos e o dólar fechou em queda de 0,97%, cotado em R$ 5,0710

IbovespaIbovespa - Foto: Nelson Almeida/AFP

A Bolsa de Valores brasileira encerrou a sessão, desta segunda-feira (14), em alta de 0,59%, aos 130.207 pontos, com os investidores mais otimistas diante do noticiário positivo para a recuperação da atividade econômica.

O índice chegou a tocar nos 131 mil pontos no melhor momento do pregão. O volume negociado no dia foi de R$ 28,365 bilhões.

O movimento de alta veio desde a manhã desta segunda, quando o Banco Central divulgou o IBC-Br (índice de atividade econômica calculado pela autarquia), que voltou a subir em abril -ainda que abaixo do esperado. O indicador registrou alta de 0,44% no mês em relação a março.

A notícia beneficiou papéis de empresas que se beneficiam com a reabertura da economia, como Cogna, B2W e BR Malls, por exemplo, que subiram 9,45%, 5,1% e 4,26%, respectivamente.

No exterior, Wall Street fechou com o S&P 500 e o Nasdaq nas máximas, com o mercado em clima de expectativa para o desfecho da reunião do Federal Reserve (banco central americano) na próxima quarta-feira (16), particularmente suas percepções sobre a dinâmica atual da inflação. Os índices subiram 0,18% e 0,74%, respectivamente. O Dow Jones caiu 0,25%.

O dólar, por sua vez, fechou em queda de 0,97%, cotado em R$ 5,0710, em sessão direcionada principalmente por fluxos, com todas as atenções do mercado voltadas às reuniões de política monetária do Fed e do BC, que se encerram na quarta-feira.

No pacote de moedas emergentes, o real foi a divisa que mais se valorizou em relação ao dólar.

Veja também

Guedes aproveita reforma ministerial para fazer mudanças em 6 secretarias da Economia
Reforma

Guedes aproveita reforma ministerial para fazer mudanças em 6 secretarias da Economia

Bolsa cai com preocupações com variante delta e China
Economia

Bolsa cai com preocupações com variante delta e China