Economia

Bolsonaro reafirma compromisso com teto e descarta que medidas anticrise se tornem permanentes

Declaração ocorre em meio à pressão pela renovação do auxílio emergencial

Presidente Jair BolsonaroPresidente Jair Bolsonaro - Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (26) que o governo tem compromisso com o teto de gastos e descartou que medidas anticrise se tornem permanentes.
 
As fala do mandatário ocorre em meio à pressão pela renovação do auxílio emergencial, benefício criado para reduzir os impactos da crise da Covid-19 na população que perdeu renda na pandemia.
 
"No âmbito fiscal manteremos firme o compromisso com a regra do teto de despesas como âncora da sustentabilidade e credibilidade econômica", disse o presidente, em uma videoconferência promovida pelo banco Credit Suisse.


"Não vamos deixar que medidas temporárias relacionadas com a crise se tornem compromissos permanente de despesas".

 

Veja também

BC queima US$ 2 bi para conter alta do dólar após aumento de tributo de banco
Economia

BC queima US$ 2 bi para conter alta do dólar após aumento de tributo de banco

Guedes admite 'efeito ruim' da ação de Bolsonaro na Petrobras, mas diz que tem que respeitar
Economia

Guedes admite 'efeito ruim' da ação de Bolsonaro na Petrobras, mas diz que tem que respeitar