Cade aprova compra de parte da Latam pela Qatar Airways

Em julho de 2015, a Qatar anunciou sua entrada no mercado latino-americano com a compra de até 10% de Latam

Governador Paulo CâmaraGovernador Paulo Câmara - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A companhia chileno-brasileira Latam anunciou nesta quarta-feira (16) que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou que a asiática Qatar Airlines compre parte de suas ações.

A Latam - surgida da fusão da companhia aérea LAN e da brasileira TAM -, informou em Santiago que a autoridade brasileira de livre concorrência "aprovou a entrada da Qatar Airways na propriedade da companhia".

A Latam também informou sobre a reprogramação de um anunciado aumento de capital destinado a concretizar a operação, por uma quantia total de 613 milhões de dólares.

"A data limite para o direito dos acionistas a exercer a oferta de opção preferencial é 18 de novembro de 2016", enquanto o "prazo para exercer a opção preferencial se estenderá de 24 de novembro de 2016 até 23 de dezembro de 2016", informou a companhia em comunicado.

Em julho do ano passado, a Qatar Airways anunciou sua entrada no mercado latino-americano com a compra de até 10% de Latam, a maior companhia da região, nascida após a fusão de 2012.

A Qatar Airways tem um importante pacote de ações, de 15%, na holding IAG que agrupa as companhias espanholas Iberia e Vueling, a britânica British Airways e a irlandesa Aer Lingus.

O acordo com o Qatar supõe uma injeção significativa de recursos para a Latam, que fechou 2015 com perdas que alcançaram os 219 milhões de dólares após uma queda de receitas de 18,8% em relação a 2014, arrastada pela crise econômica e política que atinge a Brasil, seu principal mercado.

A Latam tem filiais na Argentina, no Brasil, no Chile, na Colômbia, no Equador, no Paraguai e no Peru. Voa para mais de 140 destinos em 24 países, com uma frota de 318 aviões e mais de 53.000 funcionários.

Veja também

Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março
FGTS

Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março

Mercado financeiro projeta queda de 6,1% na economia neste ano
Economia

Mercado financeiro projeta queda de 6,1% na economia neste ano