Agronegócio

Caixa anuncia ampliação do crédito agrícola e nova agência em Petrolina

A nova unidade do banco será voltada para o segmento agrícola e será uma das três abertas no Nordeste

Caixa amplia o crédito para o agronegócioCaixa amplia o crédito para o agronegócio - Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta segunda-feira (22), a ampliação do crédito rural para os agricultores de todo o país. O valor total disponibilizado, que antes era de R$ 6,5 bilhões, passará a ser de R$ 12 bilhões. Também foi anunciada a abertura de 21 novas agências exclusivas para o setor do agronegócio, sendo uma em Petrolina. A divulgação foi realizada pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, de maneira virtual e contou com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina.

O crédito é destinado à safra 2021/2022 e teve sua liberação antecipada para dezembro. De acordo com Pedro Guimarães, dos R$ 12 bilhões ofertados, já foram antecipados R$ 8 bilhões e a expectativa é de que até abril 100% do valor já tenha sido emprestado aos agricultores. O foco será nos pequenos produtores agrícolas. “O foco será no Pronaf, que é para o pequeno produtor. A Caixa nunca teve, recentemente, um foco no pequeno e essa gestão acha inaceitável. Certamente o pequeno, no Pronaf, será o foco, mas nós faremos em todos os segmentos”, explicou o presidente da Caixa.

Do valor total disponibilizado, R$ 8 bilhões serão destinados ao custeio, comercialização e industrialização da produção agrícola. Os R$ 4 bilhões restantes serão destinados para as linhas de investimento. “A gente fica muito feliz com o foco dado pela Caixa para o agronegócio e nós queremos mais gente participando do agro. Ele é brasileiro e cresceu muito, então precisamos de mais bancos chegando”, comentou a ministra Tereza Cristina.

Também foi anunciada a abertura de 21 novos bancos que serão voltados para o agronegócio. Desses, apenas três estão localizados no Nordeste, com um deles estando em Petrolina. A depender da demanda, porém, novas agências poderão ser abertas no Brasil.

A escolha das 21 localidades foi feita através de análise por parte de especialistas da Caixa Econômica. “As escolhas vieram da área de produtos da Caixa, que toca a demanda do segmento agrícola e alinhada com a área da rede. Levantamos essa questão de onde haveria a demanda do segmento agrícola. Então foi uma escolha matemática e que faz muito sentido”, explicou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães. 

Veja também

Sesi-PE oferece 200 vagas gratuitas para cursos a distância
Blog dos Concursos

Sesi-PE oferece 200 vagas gratuitas para cursos a distância

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias
Economia

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias