Caixa libera neste sábado saque do auxílio de R$ 600 para nascidos em setembro e outubro

Agências da Caixa estarão abertas no Brasil inteiro, com atendimento das 8h às 14h

Filas em agências da Caixa no RecifeFilas em agências da Caixa no Recife - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A Caixa Econômica Federal vai liberar, neste sábado (2), o saque em dinheiro do auxílio emergencial de R$ 600 para os trabalhadores informais nascidos em setembro e outubro e que têm direito ao benefício. O saque da grana nas agências e lotéricas começou na segunda-feira (27) e segue calendário conforme o nascimento do trabalhador.

Para que os beneficiários tenham acesso ao valor no sábado (2), 800 agências da Caixa estarão abertas no Brasil inteiro, com atendimento das 8h às 14h, segundo informou Paulo Ângelo, vice-presidente da estatal em entrevista no programa Brasil Urgente.

Segundo ele, um em cada três brasileiros acima de 18 anos teve o benefício liberado no país. "Em 20 dias, estamos pagando 50 milhões de brasileiros", disse.

Leia também:
Fila do auxílio emergencial da Caixa leva da frustração à surpresa com saque de R$ 1.200
Caixa paga auxílio emergencial de R$ 600 para 1,7 milhão de informais nesta quinta


Nesta sexta-feira (1º) não haverá atendimento bancário. Os beneficiários poderão sacar os valores por meio dos caixas eletrônicos, que estarão funcionando em todas as agências da Caixa, segundo Ângelo.

O atendimento deste sábado será exclusivo para a poupança digital, que envolve os trabalhadores que vão receber o dinheiro do auxílio por meio de conta online aberta pela Caixa. A conta pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem, onde é possível fazer transferências e pagar contas.

Para sacar a grana, o beneficiário deve gerar uma senha. A liberação desta senha só ocorre para quem já fez aniversário entre os meses de janeiro e outubro. Quem nasceu em novembro e dezembro só poderá fazer o saque na semana que vem.

Nesta semana, os trabalhadores que foram fazer o saque do auxílio em dinheiro enfrentaram longas filas na capital paulista, cuja espera passava de cinco horas em algumas regiões da cidade. Houve casos em que o cidadão esperou até oito horas e teve resposta negativa, sem direito ao auxílio.

Para evitar as filas, Ângelo pede que os clientes da Caixa que não precisam usar o banco imediatamente fiquem em casa. "Quem não precisa, quem vai fazer outros serviços, não procura a gente agora não. Deixa só as pessoas que são mais simples para que a gente reduza as filas", afirmou o vice-presidente.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Guedes defende fala sobre excesso de comida e lamenta 'ironia' da imprensa
Economia

Guedes defende fala sobre excesso de comida e lamenta 'ironia' da imprensa

Senai oferece cursos gratuitos de capacitação profissional
Oportunidade

Senai oferece cursos gratuitos de capacitação profissional