Caixa pagou mais de R$ 10 bi a clientes que optaram por saque do FGTS

Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa

CaixaCaixa - Foto: Divulgação/Caixa

A Caixa Econômica Federal já creditou mais de R$ 10 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para 24,3 milhões de clientes com poupança ou conta corrente no banco. Os pagamentos do Saque Imediato de até R$ 500 seguem um calendário.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebeu primeiro, com a liberação no dia 13 de setembro. Em seguida, no dia 27, foi liberado o saque para os nascidos em maio, junho, julho e agosto. Em seguida, no dia 9 de outubro, recebem os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.



Leia também:
Trabalhadores já podem optar pelo Saque-Aniversário do FGTS
Saque do FGTS deve passar a ser isento de tarifa de transferência bancária


Os trabalhadores que não são clientes da Caixa começam a receber no próximo dia 18, no caso dos nascidos em janeiro. Os nascidos em fevereiro terão o saque liberado no dia 25 de outubro. O terceiro grupo será dos nascidos em março, no dia 8 de novembro.

Veja também

Paraísos fiscais estão entre países que mais recebem recursos de brasileiros
Paraísos fiscais

Paraísos fiscais estão entre países que mais recebem recursos de brasileiros

Bolsonaro exonera Novaes do cargo de presidente do BB
banco

Bolsonaro exonera Novaes do cargo de presidente do BB