Caixa reduz juro para financiamento da casa própria

Objetivo é alavancar as vendas de imóveis novos que estão no estoque das construtoras e atrair novos clientes

Antônio Campos contesta relatório final sobre acidente que vitimizou Eduardo Campos e outros cinco passageirosAntônio Campos contesta relatório final sobre acidente que vitimizou Eduardo Campos e outros cinco passageiros - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A Caixa Econômica Federal anunciou, nesta terça-feira, a redução da taxa de juros do financiamento imobiliário. A medida repassa ao consumidor a queda de 0,25 ponto percentual da Selic (taxa básica de juros da economia) em todas as linhas oferecidas pelo banco público.

Agora, o custo do financiamento imobiliário na instituição passa a variar de 9,75% a 11% nas concessões dentro do SFH (Sistema Financeiro Habitacional, que utiliza recursos da poupança) e de 10,75% a 12,25% nas linhas com recursos livres.

Para quem comprar um imóvel novo ou na planta, cuja construção tenha sido financiada pela Caixa, a taxa será de 9,75%, a mesma cobrada de servidores públicos. Para conseguir o juro menor, o mutuário precisará receber o salário pela Caixa.

Em nota, o banco afirmou que o objetivo é alavancar as vendas de imóveis novos que estão no estoque das construtoras e atrair novos clientes para a instituição, com condições especiais no crédito imobiliário.

A Caixa tem 66,9% do mercado de crédito imobiliário, por isso a redução na taxa costuma ser seguida pelos demais bancos. A instituição ainda tem R$ 26,8 bilhões de um orçamento de R$ 93 bilhões para emprestar neste ano.

Veja também

Abraham Weintraub é reeleito diretor executivo no Banco Mundial por mais dois anos
Brasil

Abraham Weintraub é reeleito diretor executivo no Banco Mundial por mais dois anos

Receita Federal estima que metade dos fundos imobiliários sonegam impostos
receita federal

Receita Federal estima que metade dos fundos imobiliários sonegam impostos