Cartórios

Cartórios apresentam aumento de 70% em assinatura de união estável e inventários

Procurações em nome de idosos e pessoas do grupo de risco tiveram aumento de 40% neste período

Cartórios apresentam aumento em assinatura de união estável e inventáriosCartórios apresentam aumento em assinatura de união estável e inventários - Foto: Arquivo/Agência Brasil

A pandemia causada pelo Covid-19 está apresentando um novo cenário para os cartórios quanto à procura de determinados serviços. Os números aumentaram, principalmente, quanto aos inventários, uniões estáveis e procurações, em comparação ao mesmo período no ano anterior: 90%, 70% e 40% respectivamente. “A pandemia trouxe a necessidade de novas demandas, a exemplo dos inventários e regularização de união estável”, afirma a tabeliã substituta e gestora jurídica do Cartório Andrade Lima, Alessandra Cândido.  

Esses dados foram levantados pelo Cartório Andrade de Lima, que aponta que o aumento dessas demandas é decorrente da crise na saúde pública e assegura o acesso ao plano de saúde, por exemplo. “A justificativa dos casais que optam por regularizar a união estável é a eminente inclusão do companheiro no plano de saúde. Já para as procurações, a busca é maior para a utilização em bancos”, comenta.

O Cartório Andrade Lima já disponibiliza a prática de serviços notariais por meio eletrônico. “Com a edição do Provimento 100 pelo Conselho Nacional de Justiça, foi criado o e-Notariado, plataforma digital que permite que diversos atos notariais sejam assinados eletronicamente, por meio de recursos tecnológicos, proporcionando aos clientes praticidade, rapidez, eficiência, padronização de procedimento em âmbito nacional, sem abrir mão da segurança jurídica”, afirma Alessandra Cândido.

A plataforma utilizada é o e-Notariado, que integra diversificadas funcionalidades para possibilitar a prática dos atos notariais eletronicamente não havendo diferença dos presenciais. Para praticar um ato notarial de forma digital é necessário realizar uma videoconferência para registrar o consentimento das partes com relação aos termos do instrumento jurídico, seguindo-se com a assinatura eletrônica por meio de certificado digital.

Veja também

Fala de fundadora do Nubank sobre negros mostra incompreensão, dizem especialistas
economia

Fala de fundadora do Nubank sobre negros mostra incompreensão, dizem especialistas

STF inicia julgamento sobre ICMS de gás importado da Bolívia
economia

STF inicia julgamento sobre ICMS de gás importado da Bolívia