Centro de inovação do Facebook abre inscrições para negócios sociais

Estão credenciados a se inscrever empreendedores de todo o Brasil que tenham o propósito de gerar impacto por meio de uma solução tecnológica que faça uso intensivo de dados

FacebookFacebook - Foto: AFP

O programa de aceleração da Estação Hack, o primeiro para apoio à inovação do Facebook, localizado em São Paulo, recebe inscrições de empreendedores sociais até domingo (25). A proposta de potencializar negócios que suam dados para o desenvolvimento social irá selecionar dez startups para um processo intensivo de seis meses, com acesso a diversos conteúdos e ferramentas inovadoras com mentoria da Artemisia e do Facebook.

Leia também:
Zuckerberg reconhece 'responsabilidade' do Facebook e admite erros
Como o Facebook ajudou Trump a encontrar seus eleitores

Estão credenciados a se inscrever empreendedores de todo o Brasil que tenham o propósito de gerar impacto por meio de uma solução tecnológica que faça uso intensivo de dados. A busca será por negócios de todos os setores.

As startups devem ter, ao menos, protótipo ou produto em fase de testes no mercado. Podem se inscrever, ainda, empresas que tenham produtos lançados e que busquem rápido crescimento.

As inscrições para o programa, que ainda dá acesso a teoria e práticas desenvolvidas pela Artemisia; apoio na formatação do modelo de negócio; refinamento do impacto social das soluções; conexão com especialistas em negócios; e ingresso na Rede Artemisia, podem ser feitas pelo site http://www.artemisia.org.br/aceleradoraestacaohack/.

Veja também

Veja os números da Mega-Sena de R$ 32 milhões
Loterias

Veja os números da Mega-Sena de R$ 32 milhões

Retomada surpreende shoppings, que veem mais concorrência com comércio eletrônico
Comércio

Retomada surpreende shoppings, que veem mais concorrência com comércio eletrônico