Cesta de compras para famílias de renda mais baixa custa menos 0,23%

É o menor resultado para um mês de abril desde o início do Plano Real, em 1994

SupermercadoSupermercado - Foto: EBC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a variação da cesta de compras de famílias com renda até cinco salários mínimos, teve deflação (queda de preços) de 0,23% em abril. É o menor resultado para um mês de abril desde o início do Plano Real, em 1994.

Em março, o INPC havia registrado inflação de 0,18%. De acordo com dados divulgados nesta sexta (8), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o INPC acumula taxas de inflação de 0,31% no ano e de 2,46% em 12 meses.

Leia também:
Cesta básica sofre um aumento de 8,33% em maio na RMR
Alimentos da cesta básica têm diferença elevada, diz Procon
Governo quer acabar com isenção da cesta básica e pagar R$ 24 a mais no Bolsa Família


O INPC registrou taxas acima do IPCA, que teve deflação de 0,31% em abril e inflações acumuladas de 0,22% no ano e de 2,40% em 12 meses.

Em abril, os produtos alimentícios, segundo o INPC, tiveram inflação de 1,91%. Já os não alimentícios, tiveram deflação de 0,84%.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Brasil perde chance de combater sonegação via paraísos fiscais, diz secretária da OCDE
SONEGAÇÃO

Brasil perde chance de combater sonegação via paraísos fiscais, diz secretária da OCDE

Consumidor pode pagar mais R$ 3,6 bi na conta de energia para evitar apagão
CONTA DE LUZ

Consumidor pode pagar mais R$ 3,6 bi na conta de energia para evitar apagão