Coaf inicia a moagem nesta quarta-feira

Cerimônia conta com a participação do governador de Pernambuco, Paulo Câmara

produção de etanolprodução de etanol - Foto: Nathália Bormann/Arquivo Folha

Com previsão de esmagar 780 mil toneladas de cana-de-açúcar, 153 mil toneladas a mais que na safra passada, começa hoje, com a presença do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, a temporada de moagem da usina Coaf. Localizada na cidade de Timbaúba, na Mata Norte do Estado, a usina deve destinar grande parte de sua colheita para a produção de etanol e estima produzir 60 milhões de litros do combustível.

Segundo dados da direção da Coaf, na safra 2018/2019, a unidade produziu 51,6 milhões de litros de etanol hidratado e 6,2 milhões de litros de aguardente. A previsão para esta nova safra é fabricar 60 milhões de litros de etanol hidratado e 10 milhões de litros de aguardente. “Com recurso próprio, um aporte de R$ 11,5 milhões, a Coaf apostou na modernização de todo o parque industrial da unidade e a nossa produção de etanol passou a ser toda automatizada”, antecipa o presidente da Coaf e da Associação dos Fornecedores de Cana de PE, Alexandre Andrade Lima.

Leia também:
Produção de etanol em Pernambuco será de 420 milhões de litros
Brasil deve produzir 31,6 bilhões de litros de etanol este ano

O início da colheita na Mata Norte continua a representar um impacto importante na geração de emprego no Estado. Segundo a direção da Coaf, o período de moagem, que deve seguir até março de 2020, vai empregar 3,8 mil trabalhadores no parque fabril da usina e nos engenhos dos 450 fornecedores de cana cooperados.

“Com a nova safra, Pernambuco passa a ter um papel de destaque nos níveis de empregabilidade do País, que começa com a usina Coaf. A Mata Norte inicia a moagem mais cedo que a Mata Sul”, diz o presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool do Estado de Pernambuco (Sindaçúcar-PE), Renato Cunha.

Em Pernambuco, segundo estimativa do Sindaçúcar-PE, das 12,5 milhões de toneladas previstas para a safra 2019/2020, serão produzidos 430 milhões de litros de etanol e 800 mil toneladas de açúcar. “Assim como aponta a tendência dos últimos três anos, a safra terá um perfil mais alcooleiro, fruto da perspectiva de melhor competitividade do etanol com a gasolina”, revela Renato Cunha.

Cerimônia

Antes do começo da moagem, será realizada uma missa. Segundo Alexandre Lima, ficará a cargo de Paulo Câmara ligar simbolicamente os motores da usina para o início da quarta safra seguida da Coaf, antiga Cruangi.

Veja também

Violência contra a mulher também é um problema econômico, diz presidente da Avon
Avon

Violência contra a mulher também é problema econômico, diz presidente

1 em 4 servidores do Executivo Federal receberá até 2021 adicional por promoção
servidores

1 em 4 servidores do Executivo Federal receberá até 2021 adicional por promoção